terça-feira, 6 de julho de 2010

A primeira ida à PISCINA!!!

Confesso que não sou muito de piscinas... dão-me um certo nojo!...mas o que é que eu não faço pela minha filha!!! ADORO ver a felicidade estampada naquela carinha fofinha. Ontem, quando a levei para a escola, percebi que os colegas iam todos para algum lado. Perguntei logo à Benvida se havia alguma coisa que me estava a transcender. Havia sim. Na semana que estivémos de férias em Junho correu uma circular para os pais inscreverem os filhotes para irem à piscina. Eu não sabia e não inscrevi a piolha...e mesmo que soubesse não o faria pois tenho muito receio que algo lhe aconteça. Sei que ela é uma criança super enérgica e aventureira, não tem medo de nada e isso na idade dela é motivo mais que suficiente para eu e o papá termos receio.
Perguntei onde era a dita piscina pois estava com vontade de ir dar uma espreitadela.

Hoje de manhã fui lá e gostei. Vi as instalações e percebi onde posso deixar o carro e aceder à piscina para não ter qualquer tipo de stress ou dúvidas quando for lá com a minha menina.
E assim foi. Pensei para com os meus botões: "Hoje quando ela acordar da sesta vamos as duas à piscina!!!"
E assim foi. Quando ela acordou perguntei-lhe: "Vamos à piscina?"
Ela respondeu eufórica: "VAMOS!!!"

E lá fomos. Só lá estivémos uma hora mas deu para nos divertirmos a valer.
Como eu previa ela não teve medo de nada. Queria nadar sózinha, dar mergulhos sózinha, fazer tudo e mais alguma coisa! Coloquei-lhe uma bóia e andei agarrada a ela dentro de água. E até deu vários "mergulhos" da borda da piscina sempre com a preciosa ajuda da mamãzinha!! Depois começámos a ter frio e tivémos que sair da água.

E ali ficámos, as duas sentadas na mesma cadeira, a comer um gelado (super-maxi), o meu braço em redor dos ombros dela, ela disse "pata mamã", ou seja pediu-me para eu a tapar com a toalha. E assim ficámos, sentadas, a saborear o nosso gelado, tapadas com a toalha a saborear aquele fim de tarde escaldante, a água serena da piscina, eu a dar-lhe uns beijinhos naquela carinha fofinha... foi um daqueles momentos mágicos da vida em que nos sentimos verdadeiramente e profundamente felizes.

Sem comentários:

Enviar um comentário