sexta-feira, 21 de outubro de 2011

O que ando a ler

Há meses que ando a tentar chegar à última página deste maravilhoso livro da autoria de Richard Templar... mas não consigo chegar.... não é por falta de interesse porque o livro é 5 estrelas mas por falta de tempo. Pois é.... porque os dias passam a voar,  porque há mil e uma coisas para fazer e porque quando se tem o tempo contado tem que se optar pelo que é prioritário. Por isso mesmo, nos escassos momentos que tenho só para mim, opto por fazer aquilo que realmente me dá prazer: Ler, escrever e ir ao ginásio.
Não perco tempo a ver televisão, nem a consumir lixo comunicacional... há gostos para tudo, pois claro, nem critico quem o faça pois cada um sabe de si... mas eu tenho uma visão bastante utilitária dos meus escassos tempos de lazer... faço sempre algo que contribua para me enriquecer, para me trazer conhecimento.

E este livro é fantástico. É escrito com uma leveza impressionante. A leveza de um homem pois claro! porque nestas coisas da educação os homens são muito mais leves, mais ligeiros, menos preocupados. Sabem levar a vida com uma tranquilidade que, a nós mulheres, nos faz imensa confusão!!! :-))

Aqui fica a sinopse:

"Não existe tarefa mais importante que a de criar um filho. Consulte este guia essencial para pais!
Alguns pais conseguem ter uma excelente relação com os filhos e fazem da paternidade uma tarefa aparentemente fácil. Como é isso possível? Que conhecimentos misteriosos os separam dos comuns dos pais? Um conjunto de princípios e comportamentos de ouro, que poderão orientar qualquer pai através dos desafios da educação e que esta obra lhe faculta com clareza e muito humor.".

E quando o acabar de ler (talvez lá para o final do ano!) já tenho este em lista de espera: Alimentação Vegetariana para bebés e crianças, da jornalista Gabriela Oliveira, minha amiga e ex-colega da faculdade.

Em Junho fomos os três ao seu workshop sobre cozinha vegetariana e ficámos rendidos às suas deliciosas receitas ;-) O papá e a Rafaela deram uma ajuda, puseram as mãos na massa enquanto eu fiquei na plateia a fotografar!

A piolha herdou o gosto do papá pela cozinha! SIM, porque eu fujo da cozinha como o diabo da cruz! Detesto cozinhar... faço tudo o resto (lavar, passar, arrumar, organizar, aspirar, limpar, ir às compras, pintar paredes, bricolage, etc etc etc) mas cozinhar.... bufff... só mesmo quando o papá não pode!

Sei cozinhar bem e faço coisas deliciosas mas DETESTO.... lá está, não há mulheres perfeitas! :-)))


Sem comentários:

Enviar um comentário