quarta-feira, 2 de novembro de 2011

No mundo dos sonhos

Quando a minha filha era bebé eu olhava para ela e pensava: "O que será que vai na sua cabeça? Deve ser um vazio total!" Realmente gostava de saber o que vai na cabeça de um bebé com três ou quatro meses... será mesmo um vazio? não sei... só sei que a minha filha sempre foi muito cusca e em bebé já olhava para tudo com uma atenção fantástica. Nunca mais me esqueço das palavras da minha querida amiga Vanda quando nos veio visitar. A Rafaela tinha um mês ou dois mas fitou-a durante quase toda a visita! A Vanda fartou-se de rir ao ver aquele ser tão pequenino a olhar para ela com tanta atenção. Aqueles olhos enormes e pestanudos já revelavam uma curiosidade impressionante. "Até parece que ela está a pensar alguma coisa sobre mim! parece que está a fazer algum juízo de valor!, exclamava a Vanda toda derretida. Sempre foi uma bebé agitada (muuuuito!!) e curiosa. Ainda me lembro que quando ia às vacinas torcia-se toda deitada na maca, inclinava a cabeça para trás para conseguir olhar para tudo... enquanto isso, outros bebés da sua idade permaneciam sossegados nas macas, muitos deles quase a dormir. Já nessa altura eu falava com ela como gente grande! ainda me lembro de passar tardes inteiras sentada ao seu lado a contar-lhe histórias ou a falar sobre o que estava a fazer (agora estou a preparar o teu biberão, agora estou a fazer a tua sopinha, isto é uma cenoura e tem muitas vitaminas, e blá blá blá).... e a pensar como seria fantástico quando ela já soubesse falar, quando ela já me soubesse responder, quando ela já soubesse dizer mamã! e o papá olhava para mim e achava que eu era doida porque estava para ali a falar daquela maneira com uma bebé de poucos meses!! E ela, deitadinha na sua espreguiçadeira, não tirava os olhos de mim e se me perdia de vista desatava logo a chorar.

Mas será que nessa altura ela já pensava alguma coisa? será que existia alguma coisa para além da mamã, fome, sono e colo?... para mim aquela cabeça devia ser um vazio total... não sei!... mas se nessa altura estava vazia, agora está a ficar cada vez mais cheia! dentro dela já existe um imenso universo de fantasia, um sem número de aprendizagens e conhecimentos. Aliás, antes de ser mãe não fazia a mínima ideia que uma criança de 3 anos já soubesse tanta coisa e que tivesse tanta manha para dar volta às questões de forma a atingir o que pretende! e que falasse pelos cotovelos! a evolução do ser humano é deslumbrante e fazer parte dela é uma bênção. Agora aquela cabecinha não pára, nem a dormir! até a dormir fala! hoje de manhã virou-se na cama e exclamou de repente "Eu não te faço mal! Chamo-me capuchinho vermelho". E continuou a dormir tranquila. Tadinha, estava a sonhar com a bonecada 

Sem comentários:

Enviar um comentário