segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A primeira sessão de cinema da Rafaela

Quando se tem filhos é com enorme satisfação que vivemos as suas primeiras experiências. As coisas mais simples da vida passam a ter um sabor único, uma magia deliciosa que gera no nosso coração um nervoso miudinho porque estamos desejosos de saber quais vão ser as suas reacções. Hoje foi assim! foi um dia importante! eu andei esvoaçante a borbulhar de entusiasmo desejosa que chegasse a hora de estarmos os três perante o grande ecrã. Seria a primeira ida ao cinema da Rafaela e o recordar dos velhos tempos em que as idas ao cinema eram programa obrigatório para mim e para o papá. Mas ela agora já está uma "senhora" e já podemos voltar a esta antiga paixão. Fantástico ;-)

Já há algum tempo que andávamos a pensar neste programa a três mas temos adiado por causa da moda dos 3D. Eu recuso-me a ver filmes em 3D. Acho horrível estar ali no meio daquilo, fico agoniada, mal disposta e enervada. Para além disso, qualquer pessoa minimamente informada sabe que os neurologistas defendem que as crianças não devem assistir a este tipo de cinema devido à forte estimulação sensorial. E se uma criança de 8 ou 9 anos não deve ver, muitos menos uma criança da idade da Rafaela. Mas quando as coisas viram moda é uma chatice porque se torna quase impossível encontrar algo normal. Mas depois de várias tentativas lá encontrámos o "Gato das Botas" em versão digital 2D, exibido durante a semana. Um luxo, sim, porque a maior parte dos filmes em versão digital só têm direito a uma ou duas sessões por semana (geralmente nos fins de semana de manhã).

Mas foi desta. Fomos à sessão das 18h30. A Bonequinha estava super bem disposta, fez uma bela sesta e quando soube que ia ao cinema começou o delírio e uma mão cheia de perguntas. Quando chegou à sala  exclamou "AHHHH, parece a sala do teatro!". Ela adorou ir ao teatro com a educadora e com os colegas da escola e nunca mais se esqueceu da sala e das cadeiras poltrona. Achou que esta sala tinha algo em comum com a outra. E lá fomos os três para os nossos lugares. Ela ficou sentada no meio, num banquinho azul para ficar mais alta e não perder pitada.

"As luzes também se vão apagar como no teatro??, "E esta televisão gigante só dá o Gato das Botas? Não dá outros filmes?" "E depois deste filme podemos ver outro?" e blá, blá, blá!!!

Quando os trailers começaram tapou os ouvidos porque não estava à espera que o som fosse assim tão alto. "Isto é uma barulheira!", exclamava incomodada. Mas aos poucos foi-se habituando e o som deixou de lhe fazer confusão. E ali ficou radiante entre nós. Ora dava um beijinho a um, ora dava um beijinho ao outro. O pior foi estar calada pois as perguntas eram mais que muitas! logo ela que gosta de saber tudo e que não se cala enquanto não vê as suas dúvidas esclarecidas. Mas correu lindamente. Aliás, nunca pensei que se portasse assim tão bem. 

Quando deu o intervalo, a sua voz ouviu-se pela sala "Ohhhhh já acabou??? Não vai dar mais nada??". As pessoas da fila da frente riam das suas inocentes observações e meteram conversa com ela. Eu levantei-me para esticar as pernas e disse-lhe para ela fazer o mesmo pois temia que não aguentasse sentada durante a segunda parte. ENGANEI-ME redondamente! eu é que tive que ir esticar as pernas e eu é que tive que ir à casa de banho. Ela não se mostrou minimamente interessada em deixar a sua poltrona. Ainda veio ter comigo mas disse-me "Eu vou para a sala com o papá, vamos ver o filme!!"

E foi assim, uma maravilha. Aguentou sentada até ao fim, portou-se lindamente e nós ficámos todos babados. Era vê-la a levar a mãozinha à boca em jeito de susto quando viu a Kitty Patas Fofas a cair para a água ou quando o Gato da Botas conseguiu salvar o ganso bebé dos ovos de ouro. No fim, quando o filme acabou, perguntou "Mas agora não vai dar outro? podemos ir ver outras coisas? ainda não me apetece ir para casa!" e resolveu meter conversa com as senhoras da frente que lhe ofereceram umas pipocas. Foi uma experiência memorável. Podemos repetir, yupiiiiii!


Sem comentários:

Enviar um comentário