quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Violência? Homicídio?.... um drama!



NÃO, a Barbie não foi vítima de violência doméstica.
A imagem é chocante mas aqui não houve qualquer espécie de homicídio. A culpa foi da idade. SIM, da idade, essa maldita que com o passar dos anos trás reumático e osteoporose :-((

Esta vítima maravilhosa é a Barbie Coração e tem 25 anos! 25 ANOS! Foi a minha primeira e única Barbie. Há 25 anos (tinha eu 10 anitos) ter uma Barbie era um verdadeiro luxo. Tive que esperar longos e longos meses para ter uma. A Barbie era a boneca sensação do momento.

Mas era cara pois era! Por isso esta veio de Badajoz porque em Espanha era mais barata. E quando entrou na minha casa foi o delírio total!! EU tinha uma Barbie!!! Foi o culminar de meses de espera!... hoje em dia a maior parte das crianças nem sabe o que isso é!... pedir, esperar, esperar, pedir... e explodir de alegria quando finalmente se tem o brinquedo com que tanto se sonhou!!!

Eram outros tempos. Estou a falar de 25 anos, não estou a falar de 50 ou 60!!... mas a verdade é que me parece uma eternidade. Tanta coisa mudou desde então.

Mas eu era e sou super estimada. Nas minhas mãos as coisas duram anos e anos, sempre impecáveis. Sou muito estimada mesmo. E felizmente a minha filha também o é. Por isso mesmo, porque é uma menina estimada e cuidadosa, tem herdado todas as minhas relíquias ;-)

Barbie, Nancy, Barriguitas, Pinypons e uma série de bonequinhas maravilhosas que eram da mamã, pertencem agora à Rafaela :-)) 

E a sensação é maravilhosa! ali estamos as duas sentadas no tapete do quarto da piolha a construir diálogos, a brincar às casinhas com muitas das bonecas que já foram minhas. Uma espécie de déjà vu... parece que o tempo volta para trás... recordo as tardes de brincadeira com o meu irmão, as tardes que passávamos a construir grandes cidades, grandes reinos onde a Barbie, os Playmobis, o He-Man, o Skeletor, os Pinypons, as Barriguitas conviviam em harmonia.

25 anos depois aqui estou eu a fazer algo semelhante, mas desta vez na companhia da minha filha. É bom... muito bom mesmo! A herança, o legado, o sangue que nos corre nas veias, em suma, a nossa descendência. Uma parte de nós que renasce e volta a ser criança... sentimentos maravilhosos... uma certa nostalgia... mas é bom, muito bom mesmo!

Mas 25 anos são 25 anos e apesar da excelente forma física, a Sra. D. Barbie já apresentava uma certa dificuldade em manter a cabeça direita devido à fragilidade do seu pescoço.

Quando vou buscar a Rafaela à escola levo sempre um boneco. Todos os dias de manhã ela escolhe um boneco para a ir buscar à escola. Rotinas, as crianças adoram rotinas!! "Hoje é a Barbie que me vai buscar mamã!". 

E assim foi. Às 14h00 lá fui eu a caminho da escola na companhia da Barbie. Mas o regresso foi dramático!!! Um grito rasgou o silêncio da tarde!!!!!!!!!!!!!!!!! A cabeça da Barbie saltou do frágil pescoço e a Rafaela ficou aterrorizada a olhar!!!

"Mamã olha!!!! Coitadinha da Barbie!! Agora nunca mais posso brincar com ela.... tu arranjas mamã?? tu colas mamã?? ohhh, coitadinha, ela era tão bonita! E tu gostavas tanto dela mamã! Era tua quando eras pequenina! Ohhhhhhhh, coitadinha da Barbie.... Ohhhh mamã, não fiques triste!.... ohhhh mas eu gostava tanto dela!!... e agora vou ter que vestir o vestido dela à outra Barbie que o papá me deu! mas agora fico sem esta!"

Enfim, foi uma choradeira do mais alto nível. 

Assim que chegámos a casa fomos para a sala de operações mas a cola não serviu de nada. Os olhos da piolha brilhavam esperançosos mas a cirurgia correu mal. 

"Coitadinha, agora vai para o lixo??? eu não quero que ela vá  para o lixo mamã! coitadinha!"

Enfim, um drama... um drama de perder a cabeça porque a Rafaela ficou histérica de desgosto.

E eu, como é óbvio, jamais iria deitar a minha primeira e única Barbie para o lixo! nem que estivesse cortada às fatias!!! 

Em suma, a Barbie Coração doou os acessórios e o vestido à outra Barbie da Rafaela. E em seguida, foi para a caixinha das recordações porque mesmo decapitada não deixa de ser uma relíquia ;-)

Sem comentários:

Enviar um comentário