sábado, 31 de dezembro de 2011

BOM ANO!

E porque hoje é o último dia do ano, aqui fica um brinde à vida e a tudo o que ela tem de bom!

BOM ANO! BOAS ENTRADAS ;-)


sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Pés felizes ;-)

Ora as botas novas já cá cantam! Já não me arrisco a ficar com os pés de fora :-)))
Mas ainda vou continuar a calçar as minhas queridas botas pretas que tantos quilómetros fizeram nestes últimos cinco anos! Quando as comprei achei-as estupidamente caras mas hoje percebo que foi uma excelente compra. E nestas coisas do calçado o barato sai geralmente caro e os meus pés merecem uma coisa como deve ser porque aqui a menina gosta de andar, sempre que posso faço os meus trajectos a pé e evito o carro. Para além disso, a partir das 14h00 passo o resto do dia com a minha filha e não posso andar de peep toes e pés doridos!!! NEM PENSAR! aliás, tenho por hábito comprar sempre um número acima para as minhas patinhas andarem à larga e confortáveis. 

Quando era mais nova, o meu pai tinha um desgosto profundo porque eu andava sempre de ténis. O homem passava-se comigo! Ainda me lembro quando apareci em casa com uns Reebok Pump pretos maravilhosos!!... o meu pai ia tendo uma coisa má e disse-me que aqueles eram os últimos ténis que me comprava na vida! Custaram um balúrdio, duraram longos anos e os meus pés foram tão felizes sempre um número acima!! Os ténis seguintes já os comprei com o fruto do meu trabalho ;-))
Mas ainda hoje, passados 20 anos, afirmo que não há nada melhor que andar de ténis! Há para todos os gostos, bolsas e ocasiões.... mas agora já não sou tão fundamentalista nesta questão e os meus pés já aprenderam a conviver com botas e sapatos.

E hoje encontrei umas substitutas para as minhas queridas botas pretas que já apresentam buracos nas solas. Felizmente não tive que me enervar, felizmente não tive que andar de loja em loja porque encontrei rapidamente o que queria. Umas botas elegantes, práticas e muito cómodas para as minhas rodagens ;-)... e multifacetadas porque ficam bem com leggings e vestidos, saias, bermudas ou calças. Perfeitas!!!! porque, ao contrário da maior parte das mulheres, eu detesto comprar calçado. Quando os meus pés encontram uma casinha que lhes assente bem, só tenho vontade de comprar dois pares iguais para quando se estragarem ter logo os substitutos ali à mão, sem me enervar com o calça e descalça.

E depois ainda me queixo de ter uma filha esquisita! Com uma mamã assim, não seria de esperar outra coisa!... mas do tornozelo para baixo sou particularmente complicada. O ideal era ter o Christian Louboutin a criar algo de especial aqui para as minhas patinhas. Algo absolutamente cómodo, elegante, fashion e sem saltos exagerados... pode ser? ;-)))

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

E a festa continua...

De facto não me posso queixar de tédio porque este último mês tem sido uma festança que só visto!... já me queixo é do contrário pois começo a ansiar por uma certa tranquilidade. 

Hoje lá fomos festejar o quarto aniversário da priminha Catarina que é da mesma fornada da Rafaela. Têm apenas 3 dias de diferença :-)

E foi uma alegria pois claro, e se os adultos já andam saturados de festas, o mesmo não se pode dizer da criançada!! para elas quanto mais rebuliço melhor :-)

E o ponto alto foi quando a Catarina abriu uma das prendas e vislumbrou um estojo de maquilhagem da Barbie. Pronto, foi a desgraça! Enquanto eles andavam ao monte com os Gormitis, carros, dinossauros, montros, bolas e beyblades, elas permaneciam no mundo das fadas e princesas a maquilharem-se umas às outras!!! E vá de baton, e vá de sombras, e vá de blush, e vá de verniz, e quanto mais cor de rosa e brilhante melhor!! 

E é ver as piolhas a pintar as unhas umas às outras e a enfiarem os dedos pequenitos nas caixinhas das sombras e vá de esfregarem aquilo por todo o lado!! E quanto mais melhor, pois claro!

E ali andam a mostrar-se umas às outras e a ver-se ao espelho! 
"Estou bonita mamã? Gostas papá??"... quem é que lhe explicava que o melhor era parar??... aquela cara linda parecia que tinha levado um enxerto de pancada!! Esborratou a boca de cor de rosa, os olhos de rosa, lilás e brilhantes e achou que a sombra roxa dava um bom blush!!! mais parecia a namorada do Frankenstein!! :-))

E nem queria comer, nem beber, nem dar beijinhos para não estragar a maquilhagem! E ainda se zangou com a prima porque ela não lhe queria emprestar as asas de fada!!!! Enfim, ser mulher é tudo isto e muito mais!! :-DDD

Ao chegarmos a casa toca de gastar meio saco dos meus discos desmaquilhantes e do meu querido desmaquilhante da Clinique para peles ultra sensíveis (como a minha), que me custa um dinheirão e que ultimamente tem sido mais usado por ela do que por mim que sou cada vez mais adepta do less is more. Faço questão de ter uma pele bem tratada, aliás, prefiro gastar dinheiro em cremes, antioxidantes, ginásio e uma boa alimentação do que em roupa, sapatos e maquilhagem. Adoro cuidar de mim de dentro para fora porque é isso que realmente resulta. A maquilhagem é apenas isso, apenas maquilhagem. O que interessa é o que está por baixo ;-)

Como diz o meu marido, vê-se a beleza (física) de uma mulher quando ela acorda de manhã. Nem mais ;-)


terça-feira, 27 de dezembro de 2011

De regresso a casa :-)

Já cá estamos. Foram três dias passados no meu Alentejo, no calor da família. Três dias que serviram para matar saudades e recarregar baterias. Venho, como se costuma dizer, de coração cheio!

A viagem correu lindamente. Não apanhámos transito nenhum. Nem para lá, nem para cá. Ter partido no sábado de manhã foi realmente uma boa opção. Nem na 25 de Abril apanhámos transito. Jóinha! E o regresso a 27 foi semelhante, sempre a andar, sem stress, sem caus. Perfeito.

A noite de Natal foi maravilhosa. Passada na casa dos meus tios, à lareira com a família. A Rafaela dormiu a sua bela sesta e à noite estava fresca que nem uma alface! Recebeu o Pai Natal com um enorme sorriso. Assim que ouviu os guizos, lá foi ela a correr até à escadaria para o ver entrar! Santa inocência!! E assim que o viu disse-lhe "Olá" e não lhe tirou os olhos de cima. Observou-o atentamente e felizmente não descobriu que o Pai Natal era o primo Jorge (como é da praxe!!).

E as crianças deliraram com tanta embrulho. Sim porque o Natal é para elas. Não há prendas para adultos, é a nossa regra.

E às 2 da manhã rumámos até à casa dos meus pais onde todos dormimos descansados. Toca de arranjar energias para mais folia!! 

No dia 25 de manhã a Rafaela acordou por volta das 8 da manhã e lá fomos abrir as prendas!! Sim, porque o Pai Natal deixou umas na casa dos tios na noite anterior e depois deixou o resto na casa dos avós para serem abertas na manhã seguinte. E foi a loucura, pois claro! Tanta bonecada, valha-me Nossa Senhora!!

À tarde rumámos ao monte dos meus pais e ficámos maravilhados. Os meus pais têm passado os últimos dois anos enfiados naquele monte a restaurar e a aprimorar tudo ao pormenor. Cheguei a zangar-me com eles porque sabia que andavam estoirados e temia que ainda arranjassem algum problema de saúde com tanto esforço, tanta carga, tanto trabalho. Mas também compreendo o amor que têm por aquele cantinho tão especial que herdaram dos meus avós paternos. Sei que todas aquelas paredes, figueiras, oliveiras, laranjeiras, tudo aquilo tem a nossa marca, tudo aquilo tem décadas e décadas de recordações. Mas nada de grandioso se consegue sem trabalho e neste aspecto os meus pais estão de parabéns porque o trabalho final está perfeito. Ainda há detalhes a limar mas são isso mesmo, detalhes. Agora têm é que usufruir de tudo aquilo porque o merecem. A vida não pode ser só trabalho, há que saber parar para contemplar e saborear os frutos do nosso empenho.

No dia 26 a festa continuou! E que festa! A nossa Bonequinha fez 4 anos. Assim que acordámos de manhã, toca de abrir mais prendas!!! Fugimos todos para longe da árvore de Natal para separar bem as coisas! O Natal é o Natal e o aniversário é o aniversário :-))
E foi um dia maravilhoso em que até o Sol brilhou para a nossa Luzinha! Aliás, o tempo também está de parabéns porque todos estes dias foram, apesar do frio, de sol e céu azul. Jóinha ;-) É para compensar os outros Natais e aniversários da piolha que passámos com chuva até mais não!!!

E ao apagar as velas deu-se uma cena gira! A piolha estava de joelhas dobrados em cima da cadeira a olhar para o bolo e a sorrir encantada para todos nós. Quando se levantou para apagar as velas, agarrou-se às pernas e exclamou "Ai, doem-me as pernas por estar tanto tempo de joelhos!!!!"

Enfim, a idade pesa!!!!! eh eh eh!! É a pieguice no seu melhor!! "Vá, apaga lá mas é as velas! Estou farta de te dizer que essa posição não é boa para as pernas, tu já sabes, por isso não te queixes!", disse-lhe eu entre sorrisos.

E a minha querida amiga Carla também partilhou connosco este momento tão especial. Adorei ver a sua doce Madalena que fez 2 aninhos no mês passado e que está uma diabinha de primeira! Por ali andou a brincar com o balão e com a Rafaela que muito zelosa cuidava da amiga mais pequenita. É maravilhoso ver as nossas descendentes uma com a outra. Talvez venham a ser grandes amigas como eu e a sua mamã.

E foi assim. Coração quente porque o melhor da vida é estar com quem amamos.

Regressámos hoje. Às 13h30 entrámos na nossa casinha. O regresso também tem o seu doce sabor porque afinal a nossa casa é sempre a nossa casa ;-)

E eu, com esta minha mania de não deixar para amanhã o que posso fazer hoje, não descansei enquanto não vi as malas desfeitas e tudo arrumadinho. Felizmente o papá também é cá dos meus. Ambos sofremos de arrumação aguda!! Toca de colocar tudo nos respectivos lugares. A excepção vai para o quarto da Rafaela que transborda de bonecada. Não se quer desfazer dos brinquedos, diz que eles não querem ir viver para outra casa porque gostam muito de viver no seu quartinho e que depois vão ter saudades da mamã (a mamã de todos os brinquedos é ela!!). Tem medo que eles possam ir parar a casa de uma menina má que os estrague e depois eles ficam muito tristes. E com esta lenga lenga não há brinquedo que se lhe possa tirar de vista. Haja imaginação para arranjar mais ideias de arrumação para o seu quartinho cor de rosa!!

Agora o papá foi ao ginásio fazer o seu treino habitual, a piolha dorme a sua sesta e eu ando aqui nas últimas arrumações enquanto a segunda máquina de roupa bomba desenfreadamente. As lidas domésticas parecem nunca ter fim! rrrrrrrhrrrrrrrrrr


segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

PARABÉNS Rafaela! ;-))


Foi há 4 ANOS!!

26 de Dezembro de 2007, às 20h04 na Cuf Descobertas, nasceu uma mãe, nasceu uma filha, nasceu um amor sem igual. Parto natural com ventosa (muuuuuuuuuuito sofrido), 3.320 Kg e 49 cm.

A felicidade suprema em estado puro. AMO-TE até ao infinito.

My love, My light, My life.


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Lista de desejos

Não lhe posso chamar lista de desejos porque uma lista pressupõe vários itens e na minha lista só consta um: SAÚDE! SAÚDE da BOA!

Pois é Sr. Pai Natal aqui na nossa casa há uma regra e a regra é para ser cumprida. Só se dá prendas às crianças e ponto final. 

Felizmente já tenho tudo o que me faz feliz. Só me falta um emprego certinho mas nos tempos que correm talvez seja mais fácil sair-me o euro milhões do que conseguir o tal emprego certinho!!!! Mas pelo menos sou dona do meu tempo e sou uma mãe hiper presente e disponível, o que para mim é fundamental.

Para além disso, o que é um emprego certinho?? Hoje em dia já não há certezas de nada! Estive 8 anos na mesma empresa e de um dia para o outro despediram metade da equipa! A crise falou mais alto.

Por isso mesmo, e porque sou muito feliz com o que tenho, só desejo SAÚDE para mim e para os meus porque com saúde temos força para levar a vida para a frente e para lutarmos por aquilo que pretendemos.

Parece pouco mas não é! Não há bem mais precioso que ela! A saúde é um verdadeiro diamante. Não há botas, nem sapatos, nem malas, nem perfumes, nem pulseiras, nem maquilhagem, nem vestidos, nem viagens que lhe cheguem aos calcanhares.

Coisa mais fofa da sua mamã!

Todos os anos, por altura do Natal, Páscoa e Carnaval, a escola da Rafaela organiza umas viagens divertidas para a malta mudar de ares e divertir-se a valer.

Ontem foi dia de regresso, ou seja, ontem chegaram do passeio de Natal, alguns dos colegas da Rafaela que partiram para três dias e duas noites de muita animação e brincadeira. 

Alguns colegas porque nem todos foram! Afinal eu não sou a única mamã galinha!! A educadora bem me tentou mas eu não fui na conversa. Tenho plena confiança na Susana, é uma educadora excepcional, mas o meu coração de mãe não me permite, por enquanto, embarcar nestas aventuras. Passar três dias e duas noites longe da minha pintainha ia ser um verdadeiro martírio para mim e para o papá. Ela nunca dormiu fora de casa, ou melhor, nunca dormiu longe de nós. Há crianças que têm os avós por perto e que passam alguns dias e noites em suas casas, há pais que dão uma escapadela ao fim de semana e deixam as crianças com os avós. Aqui não temos essas facilidades, por isso, desde que ela nasceu somos como os ciganos! Onde vai um, vão os três! E já nem nos passa pela cabeça ser doutra forma! É tudo uma questão de hábito.

Por isso mesmo, a piolha nem mostrou qualquer interesse no passeio de Natal. Nem ela quer dormir longe da sua galinha!! 

Para além disso, eu e o papá achamos que ainda é muito cedo para ela passar dias e noites longe de nós. Tem a vida toda para estar longe de nós! Quando for maiorzinha certamente já não vai desejar estar debaixo da nossa asa, por isso é de aproveitar este tempo que passa tão depressa.

Ontem de manhã viu os colegas chegar e eu perguntei-lhe "Então Rafaela, não tiveste pena de não ir ao passeio de Natal?"

Ela olhou para mim e respondeu com uma certeza e uma ternura do tamanho do mundo "Claro que não mamãzinha, eu depois ia ter muitas saudades tuas!"

E agarrou-se a mim num longo e apertado abraço. Coisa mais fofa e querida da sua mamã!


Contagem decrescente

Estamos em contagem decrescente para o Natal e para o aniversário da nossa Boneca!! Tanta emoção!
Tenho andado feita barata tonta mas felizmente tenho tudo tratado e organizado ;-) esta minha mania de não deixar para amanhã o que posso fazer hoje tem as suas vantagens, lá isso tem!

Agora só falta fazer as malas porque amanhã lá vamos nós a caminho do Alentejo. A família aguarda ansiosa pela nossa chegada. Os avós, os tios e os primos estão ansiosos por ver a Rafaela! Alguns deles já não a vêem desde o Verão por isso a saudade aperta. Vai ser a estrelinha das festas visto ser a pequenita da família :-)

Também já escolhi as nossas toilettes para a noite de Natal, dia de Natal e aniversário! Mãe e filha vão estar lindonas e quentinhas porque por terras alentejanas o sol vai continuar a brilhar mas o frio vai apertar.

Agora é a parte mais chata, fazer as malas! Detesto fazer malas... aliás, não sou pessoa de grandes viagens, viajar para mim é sempre sinónimo de stress. O meu coração fica sempre inquieto. Em tempos, ainda  a minha Rafaela não era nascida, tive um emprego que me obrigava a viajar imenso e sofri horrores. Era responsável pelas acções de comunicação e marketing de uma revista juvenil e o stress que aquele vai-vem constante me causava era demais!! Sempre de um lado para o outro, sempre a fazer e a desfazer malas... para já não falar nas longas viagens por essas estradas fora em plena madrugada... era de andar de coração nas mãos...bufff... não me deixa saudade.

E fazer-me à estrada nesta altura do ano é algo que me deixa particularmente ansiosa porque anda tudo desvairado e cheio de pressa. O meu coração só volta ao lugar quando chegamos ao destino!

Mas tem que ser assim. A distância geográfica assim o obriga. Em breve estaremos todos juntos ;-)


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Coisas giras ;-)

Quem tem uma filha tem duas tentações: a roupa e os acessórios.

Se a primeira é uma perdição, a segunda não lhe fica atrás. Há acessórios giros a valer! E o que as nossas princesas gostam destas coisinhas?!!?!! ;-) Ficam lindas, quentinhas e muuuuuuito fashion :-)

Estes são da Vertbaudet ;-)






A biblioteca vai crescendo!



Pois é, com tanta pergunta tenho que me munir de bons livros para estar à altura da curiosidade crescente da minha piolha. Confesso que ainda não consegui arranjar um manual sobre meteorologia para dar resposta à pergunta "O vento tem boca para soprar?".... mas encontrei um espectacular sobre alimentação.

Perguntas como estas, encontram aqui uma resposta simples, cientifica e adequada às cabecinhas dos nossos tesouros ;-)

- Porque é que alguns alimentos perdem as suas vitaminas?
- Porque é que o pão tem buracos?
- Porque é que o pão fica dura ao fim de dois ou três dias?
- Porque é que descascar cebolas nos faz chorar?
- Porque é que se diz que a cenoura faz os olhos bonitos?
- Porque é que as pipocas rebentam?
- Porque é que a pimenta nos faz espirrar?
- As gorduras dos alimentos são todas más?
- De onde vem a gelatina?
- Porque é que as sementes estão dentro dos frutos?
- Porque é que o açúcar tem pontos brilhantes?

Etc, etc, etc :-))))



Estreia HOJE ;-)


quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Verdades proibidas

A visão desta semana tem como tema de capa uma verdade proibida.

Acabei de ler o artigo e fiquei pensativa. Segundo Jeffrey Kluger todos os pais têm maior inclinação para um dos seus filhos, embora nunca o assumam. É tabu, é socialmente incorrecto. A maior inclinação por um dos rebentos, quase nunca assumida, está nos nossos genes e cientificamente comprovada. O autor avança ainda que há danos para os preteridos mas ser o (a) eleito (a) também não é pêra doce.

É a chamada ciência do favoritismo.

Como só tenho uma filha não sou a pessoa mais indicada para falar no assunto mas confesso que o artigo dá que pensar. Será? Será que os pais têm um filho preferido?

O amor pelos filhos não se divide, multiplica-se, mas os pais são seres humanos e como tal é natural que se identifiquem mais com determinado filho (a) por este ou por aquele motivo. Mas será que isso os leva a amar mais um do que outro? A forma como falam, a forma como agem com cada um dos filhos será reveladora dessa preferência? A rivalidade entre irmãos faz parte da história mas será um indicador desse favoritismo camuflado?

Enfim, isto dava pano para mangas!! Sem dúvida ;-)

Dar, fazer alguém feliz!


Ontem, ao final da tarde, fomos as duas até à Loja Solidária. Eu levei um saco de roupa que já não vestimos e ela levou as suas botinhas cor de rosa que já não lhe servem. Faço questão que a minha filha comece a perceber que nem todas as crianças têm um quarto cheio de roupa e brinquedos como ela, faço questão que ela cresça com a consciência de que não se deita nada fora. Aquilo que já não nos faz falta pode ser um verdadeiro achado para outra pessoa.

Por isso mesmo, agarrou no saquinho e deu à senhora dizendo "Tenho pena, as minhas botinhas são tão bonitas mas já não me servem porque eu estou a crescer. São tão lindas mas magoam-me os pés!".

É óbvio que lhe magoam! Ela cresce a olhos vistos e os pézinhos também! Um dia destes ainda as levou para a escola mas quando a fui buscar estava descalça porque lhe apertavam e não as aguentava!! Por isso mesmo, e porque estão novas, vão fazer feliz outra menina :-)

Não se esqueçam! Se tiverem roupa/calçado de adulto e criança que já não usam, façam o favor de entregar na Loja Solidária. Estas pessoas estão a fazer um excelente trabalho e quem precisa agradece.  

Os artigos são posteriormente vendidos a um preço simbólico e o dinheiro angariado servirá para comprar géneros alimentares para as famílias/indivíduos carenciados, assinalados pela Comissão Social de Freguesia. E acreditem, as famílias carenciadas são cada vez mais.

Horário de funcionamento:
3ª feiras: das 16h00 às 20h00
Sábados: das 10h00 às 13h00

Morada:
Largo do Mercado, Loja n.º 7, 2795 - 141 Linda-a-velha
Tel. 214 141 895 Fax. 214 144 304

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Pérolas: Mais perguntas

Hoje, enquanto lhe dava banho, a piolha começa com esta conversa.

Rafaela: "Mamã, a Susana também já foi bebé? Tu já foste bebé? Todas as pessoas grandes já foram bebés?

Eu: Claro! A Susana já foi bebé e eu também! Todas as pessoas grandes já foram bebés. Primeiro são bebés, depois vão crescendo e tornam-se adultas, pessoas grandes. 

Rafaela: E depois ficam velhas e morrem, não é? mas há bebés que também podem morrer, não é?

Eu: Pois, os bebés também podem morrer. As pessoas não morrem só quando são velhas. Também podem morrer quando são novas. Podem ter uma doença ou um acidente e morrem. Por isso temos que ter juízo e muito cuidado para não termos acidentes e morrermos.

Ela ficou a pensar e em seguida perguntou: "Mas ainda falta muito tempo para nós morrermos mamã?"

Eu respondi: Nós nunca sabemos quando vamos morrer.

Ela olhou para mim, encolheu os ombros e exclamou sorridente. "Ah pois, podemos morrer às 8 ou às 8 e meia!!"

Enfim... santa inocência!!! Como é óbvio ela ainda nem sabe ver as horas mas já começa a ter uma vaga noção do tempo. O tempo, esse maldito que nos foge, esse maldito que é tão precioso.

Estas perguntas acerca da morte são próprias da idade mas é o tipo de conversa que me perturba. Não gosto. Tento levar o assunto de forma ligeira mas não gosto. Preferia que ela me perguntasse como se fazem os bebés mas por enquanto ainda não se mostrou para aí virada. Anda mais curiosa com estas questões obscuras da vida e da morte... enfim...

De volta à terra :-)

A verdade é que não é preciso ter muito dinheiro para se andar bem vestido. O que é preciso é ter bom gosto! Sim, bom gosto e uma figura cuidada. De nada serve vestir Prada se depois se tem uns belos kilos a mais, ou uns dentes pavorosos ou uma pele estragada ou umas unhas mal tratadas ou um cabelo tipo ninho de ratos. Uma pessoa cuidada faz melhor figura com um modelito da Zara do que uma pessoa desmazelada com um modelito Dior :-))

Para além disso, é fundamental ter noção daquilo que nos favorece e daquilo que nem devemos experimentar! E depois há que saber vestir de acordo com as situações, pois claro.

Aqui ficam algumas sugestões para as nossas pequenas princesas receberem o Pai Natal ou o Ano Novo com elegância e glamour.

Vestidos lindos a preços simpáticos (como se pretende!). Todos da Zara ;-)














Devaneios de uma mamã vaidosa :-)

E porque estamos em plena época festiva e porque os olhos também comem, aqui ficam dois modelitos da Dior Kids.

Dois modelitos dignos de um conto de fadas ou de princesa, como diria a minha Rafaela ;-)



segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Pérolas: A morte e a velhice

Tenho por hábito tomar nota de certas coisas que a minha filha diz. Coisas que me parecem dignas de registo, coisas que ela um dia vai gostar de ler e eu de recordar.

Sim, porque eu criei este blog com esse intuito. Já lhe mostrei e já lhe expliquei que aqui escrevo sobre ela, sobre nós, e que quando for maiorzinha vai gostar de ler todas estas palavras. Já sabe que eu sou a Angel porque sou o seu anjo da guarda e ela é a Luzinha porque é uma luz na minha vida, uma flor de luz como a da Rapunzel ;-)

Hoje registei mais uma palavras. Observações de uma menina extremamente curiosa, atenta, teimosa, sensível, vaidosa, caprichosa, meiga e doce como o mel. 

Sem mais nem menos saiu-se com esta: "Mamã, ainda falta muito tempo para nós ficarmos velhas? Tenho medo que tu morras. Mas tu nunca morres não é mamã? Tu comes muitas vitaminas!"

Enfim, já lhe expliquei que não se morre só de velhice.... também se morre de acidente ou de doença... mas ela acha que eu sou eterna.... se a longevidade dependesse apenas da alimentação e do estilo de vida eu seria certamente eterna, mas infelizmente as coisas não funcionam assim. É pena. 

Bem, mas a morte não me fascina minimamente. Aliás, nem gosto de explorar este tipo de conversa porque ela começa com perguntas e mais perguntas... começa com o porquê e porquê... e há coisas que eu não consigo explicar, ou melhor, não quero explicar porque ela ainda é muito pequena.

Mudando de assunto.

Se a curiosidade da piolha não tem limites, a vaidade não lhe fica atrás. É daquelas meninas mesmo femininas! Lá vai ela à sua malinha buscar o batom cor de rosa. Toca de se pintar e de se ver ao espelho. Hoje resolveu pintar os lábios antes de lanchar.
"Rafaela, o que é que queres lanchar? Pode ser um iogurte do ursinho?"
"Sim mamã, pode ser. Ohhhh mas depois o meu batom sai :-("

Tive que me rir, pois claro. E lá lhe respondi: "Não faz mal! Depois pintas outra vez!"

Está quase! :-)


Falta uma semana!!! É mesmo! De hoje a uma semana a minha querida e adorada filha faz 4 anos!
Não há amor igual... podemos gostar de muitas pessoas mas o amor que se tem por um filho supera tudo e todos. Não tem limites, não há nada que se lhe compare! É único, é incondicional, é eterno, é o melhor da vida.

My love, My light, My life

domingo, 18 de dezembro de 2011

Estoirados de tanta festa...

Finalmente consigo sentar o rabo numa cadeira, respirar fundo e mergulhar a cabeça no silêncio.

Bolas, que este fim de semana foi cansativo!!!! Divertido mas extremamente cansativo. Na Sexta foi a festa e o jantar de Natal da escola, no Sábado de manhã fomos visitar os primos, à tarde fomos à festa de anos do amigo Tomás, depois às 18h00 fomos para casa para a Rafaela dormir uma horita para estar fresca e bem disposta para o jantar às 20h00 na casa da amiga Violeta.

Hoje, o reboliço festivo continuou. De manhã fomos visitar os avós e às 14h30 já estávamos na festa de aniversário do Francisco. Eu e ela porque o papá foi correr porque já tinha o treino marcado para hoje.

E que festa! O insuflável e a piscina de bolas fizeram as delícias da pequenada! Pularam, saltaram, correram, andaram nas bolas saltitonas, brincaram com a animadora pirata... enfim, uma folia sem limites!

Mas às 18h00 aqui a mamã atingiu o limite. Até uma pessoa enérgica como eu tem os seus limites!! "Já cantámos os parabéns Rafaela por isso vamos para casa tomar banho e descansar porque eu estou estoirada". É óbvio que a piolha não queria vir embora pois já tinha passado aquela barreira em que as crianças ficam desvairadas de excitação e já nem conseguem parar para pensar!! Por ela ficava ali aos pulos e a mergulhar na piscina de bolas até cair para o lado!!! Ela e todas as outras crianças que já apresentavam sinais de desvairanço, sono e cansaço.

Mais um beijinho ao Francisco, mais uma beijão à nossa grande amiga Ana e toca de rumar a casa.

Só nesse momento é que a Rafaela percebeu que estava de rastos. "Mamã colo!! doem-me tanto as perninhas!"........ ahhh pois! acordou cedo, não dormiu a sua bela sesta, passou três horas aos pulos, ficou ensopada em suor, imagino o cansaço daquele corpinho!!... eu não andei aos pulos e estou aqui que nem posso!

Chegar a casa. Banhoca e relax.

O papá já finalizou o jantar. Agora está sentado a ver o seu Sporting.

Entretanto a Rafaela adormeceu mal se sentou no sofá.

E agora vamos jantar e DORMIR MUITO!!... sim, porque este fim de semana foi mesmo de arromba.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A festa de Natal da escola!

Por detrás destas cortinas estavam as crianças ansiosas por mostrar as suas peças. E na plateia estavam os familiares desejosos de ver as exibições dos seus tesouros.

Eu e o papá chegámo-nos bem à frente para conseguirmos filmar e tirar um monte de fotos à nossa Bonequinha! E que linda que ela estava vestida de rena bailarina! E que bem que ela dançou! A minha filha está mesmo uma crescida, sem dúvida! Não se enganou uma única vez na coreografia e nem se distraiu quando eu toda babada lhe enviei uma série de beijinhos e adeus da plateia!!  Ela sorrio mas sem se desviar um milímetro da coreografia! 
Ficámos babados de todo! Ali estava ela, muito concentrada e senhora do seu papel. Toda profissional a executar os passos que a educadora lhe ensinou e a seguir à risca todas as suas instruções. "Se as antenas caírem, não as apanhes, continuas a dançar! não quero ver ninguém distraído!"
E as antenas nunca caíram e ela portou-se lindamente! No final fez uma calorosa vénia perante os aplausos da plateia! Foi giro, muito giro mesmo. E quando a agarrei para a encher de beijos ela disse-me logo para ter cuidado para não lhe estragar a maquilhagem!! :-)) "Tu dançaste muito bem Rafaela! Parabéns, tens muito jeito!" , diziam-lhe as pessoas. A Professora Ana pediu-lhe logo um beijinho mas a Rafaela no seu jeito doce e carinhoso disse que não podia ser para não estragar a pintura!! 

A minha filha é cuidadosa demais! é mesmo! tem que estar tudo certinho e direitinho e se alguém a despenteia ou lhe estraga a maquilhagem, valha-me nossa Senhora :-))))

Mas está de parabéns, sem dúvida! Ela, os colegas e toda a equipa que proporcionou uma festa e um jantar bastante divertido à vasta plateia presente.

E viva o NATAL! ;-))

O Pai Natal da escola vai a votos! :-)

Entre festas de natal, festas de aniversário, visitas a amigos e familiares, vamos ter que arranjar uns minutos para dar um saltinho ao C.C. Alegro para ver o Pai Natal que a Rafaela e os seus colegas do Jardim de Infância fizeram.

Quando a educadora pediu aos pais para arranjarem sacos vermelhos eu nem sonhava para que era!!! Aquele monte de sacos foi cortado em quadradinhos minúsculos que em seguida foram colados pacientemente pelas crianças e TCHAM THCAM!! Eis que vestiram o Sr. Pai Natal gigante com todos aqueles pedacinhos vermelhos! Ficou LINDO!  :-)

Agora o Pai Natal foi a concurso e desde ontem que está exposto no Alegro! Vamos lá ver se ele ganha! Por falar nisso, tenho que ir votar ;-))

É por estas e por outras que ADORO a escolinha da minha filha! Estão sempre a dar o seu valioso contributo nas mais diversas áreas, preocupam-se com questões actuais (ambientais, ecológicas, alimentares, sociais, etc etc), participam em montes de actividades e concursos e têm ganho inúmeros prémios ao longo de todos estes anos.

Vou já votar! ;-)

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Passo a palavra. Troca de Brinquedos no Bazar 24

Aqui está uma excelente ideia para nós e para os nossos filhotes. Uma espécie de três em um, ora vejam:

- Nós conseguimos ver-nos livres de alguns brinquedos que andam lá por casa
- Os pequenotes ficam todos contentes porque entregam um brinquedo usado e recebem outro em troca, também usado, mas que para eles é novidade!!
- Tudo isto a custo zero ;-)

Excelente, não é? Então não se esqueçam! No próximo Sábado, dia 17, a partir das 15h00 vamos à TROCA DE BRINQUEDOS no Bazar 24 (Rua da Esperança, 24, Santos-o-Velho, Lisboa).

Ahhhhhhhh mas falta um pormenor! Para além da troca de brinquedos, as crianças vão ter outra atração irresistível! A roda de oleiro! Vão mexer no barro e dar forma à criatividade com o talentoso ceramista Vasco Baltazar.


Estreia HOJE! ;-)

Mais uma bela oportunidade para irmos os três ao cinema! Se o Gato das Botas foi um espectáculo, este não lhe deve ficar atrás ;-)


quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Violência? Homicídio?.... um drama!



NÃO, a Barbie não foi vítima de violência doméstica.
A imagem é chocante mas aqui não houve qualquer espécie de homicídio. A culpa foi da idade. SIM, da idade, essa maldita que com o passar dos anos trás reumático e osteoporose :-((

Esta vítima maravilhosa é a Barbie Coração e tem 25 anos! 25 ANOS! Foi a minha primeira e única Barbie. Há 25 anos (tinha eu 10 anitos) ter uma Barbie era um verdadeiro luxo. Tive que esperar longos e longos meses para ter uma. A Barbie era a boneca sensação do momento.

Mas era cara pois era! Por isso esta veio de Badajoz porque em Espanha era mais barata. E quando entrou na minha casa foi o delírio total!! EU tinha uma Barbie!!! Foi o culminar de meses de espera!... hoje em dia a maior parte das crianças nem sabe o que isso é!... pedir, esperar, esperar, pedir... e explodir de alegria quando finalmente se tem o brinquedo com que tanto se sonhou!!!

Eram outros tempos. Estou a falar de 25 anos, não estou a falar de 50 ou 60!!... mas a verdade é que me parece uma eternidade. Tanta coisa mudou desde então.

Mas eu era e sou super estimada. Nas minhas mãos as coisas duram anos e anos, sempre impecáveis. Sou muito estimada mesmo. E felizmente a minha filha também o é. Por isso mesmo, porque é uma menina estimada e cuidadosa, tem herdado todas as minhas relíquias ;-)

Barbie, Nancy, Barriguitas, Pinypons e uma série de bonequinhas maravilhosas que eram da mamã, pertencem agora à Rafaela :-)) 

E a sensação é maravilhosa! ali estamos as duas sentadas no tapete do quarto da piolha a construir diálogos, a brincar às casinhas com muitas das bonecas que já foram minhas. Uma espécie de déjà vu... parece que o tempo volta para trás... recordo as tardes de brincadeira com o meu irmão, as tardes que passávamos a construir grandes cidades, grandes reinos onde a Barbie, os Playmobis, o He-Man, o Skeletor, os Pinypons, as Barriguitas conviviam em harmonia.

25 anos depois aqui estou eu a fazer algo semelhante, mas desta vez na companhia da minha filha. É bom... muito bom mesmo! A herança, o legado, o sangue que nos corre nas veias, em suma, a nossa descendência. Uma parte de nós que renasce e volta a ser criança... sentimentos maravilhosos... uma certa nostalgia... mas é bom, muito bom mesmo!

Mas 25 anos são 25 anos e apesar da excelente forma física, a Sra. D. Barbie já apresentava uma certa dificuldade em manter a cabeça direita devido à fragilidade do seu pescoço.

Quando vou buscar a Rafaela à escola levo sempre um boneco. Todos os dias de manhã ela escolhe um boneco para a ir buscar à escola. Rotinas, as crianças adoram rotinas!! "Hoje é a Barbie que me vai buscar mamã!". 

E assim foi. Às 14h00 lá fui eu a caminho da escola na companhia da Barbie. Mas o regresso foi dramático!!! Um grito rasgou o silêncio da tarde!!!!!!!!!!!!!!!!! A cabeça da Barbie saltou do frágil pescoço e a Rafaela ficou aterrorizada a olhar!!!

"Mamã olha!!!! Coitadinha da Barbie!! Agora nunca mais posso brincar com ela.... tu arranjas mamã?? tu colas mamã?? ohhh, coitadinha, ela era tão bonita! E tu gostavas tanto dela mamã! Era tua quando eras pequenina! Ohhhhhhhh, coitadinha da Barbie.... Ohhhh mamã, não fiques triste!.... ohhhh mas eu gostava tanto dela!!... e agora vou ter que vestir o vestido dela à outra Barbie que o papá me deu! mas agora fico sem esta!"

Enfim, foi uma choradeira do mais alto nível. 

Assim que chegámos a casa fomos para a sala de operações mas a cola não serviu de nada. Os olhos da piolha brilhavam esperançosos mas a cirurgia correu mal. 

"Coitadinha, agora vai para o lixo??? eu não quero que ela vá  para o lixo mamã! coitadinha!"

Enfim, um drama... um drama de perder a cabeça porque a Rafaela ficou histérica de desgosto.

E eu, como é óbvio, jamais iria deitar a minha primeira e única Barbie para o lixo! nem que estivesse cortada às fatias!!! 

Em suma, a Barbie Coração doou os acessórios e o vestido à outra Barbie da Rafaela. E em seguida, foi para a caixinha das recordações porque mesmo decapitada não deixa de ser uma relíquia ;-)

Milagre!!!

Ao passar os olhos pela Visão online, eis que me deparo com este milagre. SIM, milagre, sorte ou o que lhe quiserem chamar!!!.... o sangue até gela nas veias! felizmente tudo acabou em bem ;-)

Todas as crianças fazem birras, cada uma à sua maneira, umas mais que outras, mas todas fazem. E nós mães ficamos doidas! Odiamos estas cenas que nos fazem ferver por dentro, mas a verdade é que as birras fazem parte do longo e complexo processo de crescimento. São atitudes normais numa fase em que as crianças estão a desenvolver a sua personalidade, o seu poder de afirmação. Mas que nos levam à loucura, lá isso levam!! E que têm que ser contrariadas, lá isso têm! Muito contrariadas mesmo.

Aqui está o exemplo de uma birra que podia ter acabado em tragédia.

O ditado "ao menino e ao borracho põe Deus a mão por baixo" assenta aqui que nem uma luva!!!!

"As imagens das câmaras de video vigilância mostram duas mulheres a tentar convencer uma criança a acompanha-las pela rua. Aparentemente, a criança recusa, faz birra.
Perante isto, as adultas desistem e abandonam a criança no meio da rua. Logo de seguida, uma condutora aparentemente distraída avança com o seu SUV e atropela a criança, arrastando-a uns metros.
Felizmente, todos os que assistiram ao atropelamento fizeram questão de ajudar, levantando a viatura em peso, por forma a libertar a criança que, rezam as notícias, não sofreu qualquer ferimento grave e acabou mesmo por ter de ir à escola naquele dia".

Ler mais: http://aeiou.visao.pt/crianca-chinesa-faz-birra-e-acaba-atropelada=f638540#ixzz1gVcH7Tcy

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Canseira...

Hoje comecei o dia com a sensação "não sei para onde me virar". Toca de respirar fundo, escrever as tarefas na agenda e ir picando à medida que as vou concluindo.

Esta altura do ano é maravilhosa mas é de uma canseira imensa. Acho que não sou a única a pensar assim. Os dias voam, os fins de semana são preenchidos com festas e visitas... e no fim, o corpo e a cabeça começam a dar sinais de cansaço.

Felizmente acabei de picar a última tarefa de hoje. Tive que entrar pela madrugada dentro, mas teve que ser. Agora já posso ir dormir descansada. Esta minha mania de não deixar para amanhã o que posso fazer hoje, resulta numa azáfama constante... e ao serão, assim que a piolha adormeceu, troquei a leitura e as pesquisas pelo maldito cesto da roupa para passar a ferro que teima em estar constantemente cheio :-( Mas pronto, atirei-me a ele e já está!

É assim, uma canseira dos diabos. Mas a vida não é só festa. Estas actividades menos simpáticas também têm que se fazer por isso não vale a pena adiar. O que tem que ser feito é para se fazer e mais nada.

E por falar em festas. Em seguida atirei-me ao kit das renas que a piolha tem que levar para a escola para os ensaios da peça de Natal.

E depois tratei de embrulhar as prendas dos meninos. Sim, porque se o último fim de semana foi de festa, o próximo nem se fala!! Na Sexta é a festa da escola, no Sábado a festa de aniversário do Tomás e no Domingo a do Francisco.

Mas por hoje já chega. Vou fazer o meu óó porque amanhã também é dia... e o dia começa cedo...

Pura inocência ;-)

Hoje de manhã, a caminho da escola, a Bonequinha saiu-se com esta: "Mamã, o vento tem boca para soprar? e tem olhos?"

A minha cabeça parou... como é que eu lhe vou explicar isto???? Que o vento é isso mesmo, vento!

Vou ter que pesquisar melhor estes aspectos meteorológicos para conseguir arranjar uma explicação fácil mas cientifica porque dizer baboseiras não é comigo. Quando não sei assumo a minha ignorância e vou ler, pesquisar, aprender... ao contrário de muito boa gente que fala de boca cheia e só diz disparates... mas enfim, isso é outra conversa e cada um sabe de si!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Faltam 15 dias!


Confesso que já ando aqui a borbulhar de entusiasmo e de algum stress também!!
De hoje a 15 dias a minha Bonequinha faz 4 ANOS! Está uma crescida!

E eu ando aqui numa azáfama que só eu sei.... tenho que preparar as duas festas porque isto de se fazer anos no dia 26 de Dezembro é complicado porque é um dia em que é impossível reunir família, amigos e colegas de escola porque as pessoas ou estão de férias ou foram passar o Natal com as respectivas famílias e ainda não regressaram... e no fim de semana seguinte é a passagem de ano e muitos amigos estão fora... ai ai... não é fácil.

E no nosso caso, quando se tem a família longe, quando cada um está para o seu lado ainda é mais complicado... se é!

Mas tenho que relaxar. Tenho tudo em ordem. Tudo escrito na minha agenda para nada me escapar.

À semelhança do ano passado, vamos fazer duas festas de anos para a piolha. Uma no Alentejo, acolhedora e bastante familiar... e outra, quinze dias depois, aqui no Kids Clube. Uma verdadeira mega festa com montes de brincadeira e diversão!! E este ano ainda não consegui fechar a lista de convidados porque a piolha tem cada vez mais amiguinhos e colegas! Mas toda esta trabalheira vai valer a pena, se vai!! Aquele espaço maravilhoso vai encher-se de dezenas de crianças! Amigos, família e colegas, tudo reunido numa festa a valer! :-))

domingo, 11 de dezembro de 2011

Pinóquio no Politeama ;-)

Hoje de manhã fomos os três até ao Politeama. Fomos ver o PINÓQUIO, o mais recente musical do encenador Filipe La Féria. A peça é da autoria de Carlo Collodi e posso dizer-vos que vale mesmo a pena! São 60 minutos de puro encanto :-)
Aliás, a sala do Politeama já é mágica por natureza e quando vamos assistir a uma peça deste género a magia é a dobrar! Mas eu sou suspeita porque sou fã de tudo o que diverte as crianças. O meu coração vibra com os universos encantados, com a inocência do olhar, com as suas carinhas deslumbradas e felizes. ADORO, ADORO estar no meio da criançada!


E a minha Rafaela portou-se lindamente! Assistiu à peça sentadinha no meu colo e vez ziliões de perguntas. Perguntas próprias de uma cabecinha prestes a fazer quatro anos. Perguntas próprias de uma criança hiper curiosa que quer saber tudo e mais alguma coisa. A curiosidade dela chega a ser massacrante porque chega a um ponto em que uma pessoa já está cansada de tanta explicação... mas ela arranja sempre mais uma dúvida, mais um porquê... buff... não é fácil...

O pior foi no final porque meteu naquela cabeça teimosa que tinha que ir fazer uma festinha à Fada Azul!! Ficou deslumbrada com a actriz que fazia de Fada. Uma Fada maravilhosa, cheia de brilhos e estrelinhas. Chamou por ela durante a peça mas é óbvio que a Fada não ouvia a voz da piolha entre tanta música e diálogos :-)

Então, no final, lá fui eu pedir que deixassem a piolha entar nos bastidores para dar um beijinho à Fada :-)))... ai ai... as coisas que uma mãe faz por uma filha! as figuras que eu faço!! só eu sei!! eh eh eh!!!

A primeria resposta foi NÃO porque o público não pode entrar nos bastidores. Mas a Rafaela quando mete uma coisa naquela cabecinha, não há quem a demova!!... e a verdade é que a senhora não conseguiu resistir à sua doce inocência, às suas deliciosas perguntas sobre a Fada Azul. Agarrou-lhe na mãozinha e levou-a lá para dentro! Eu fui atrás, enquanto o papá ficou lá fora à nossa espera.

Mas a Fada já se tinha ido embora. Já se tinha despido para ir almoçar porque em breve tinha que estar pronta para entrar em palco para mais um espectáculo.

Enfim... agradecemos toda a atenção e simpatia e lá seguimos o nosso caminho.

A Rafaela veio lavada em lágrimas, até porque o sono e o cansaço já a estavam a atacar!! A piolha quando começa a ficar rabugenta é absolutamente intratável!

Mas o destino quis que a Rafaela conhecesse a Fada Azul. Quando saímos do Politeama, olhei para um dos cafés e dei de caras com uma bonita rapariga de cara pintada. Era a FADA!!!!

Fomos ter com ela! Estava na companhia da colega Raposa :-) E a Rafaela lá lhe fez a festinha que tanto desejava, e lá lhe deu um beijinho e lá a encheu de mil e uma perguntas! A tagarelice da minha filha é impressionante... se uma pessoa lhe dá trela está tramada porque ela já não despega!

"Porque é que tu não me respondeste Fada? Eu chamei tanto por ti!", dizia ela. E a Fada lá lhe explicou que no palco não se ouvia porque estava muita música.

Enfim. Valeu mesmo a pena! E quando se despediram a Fada tirou umas estrelinhas da cara e colou-as na cara e nas mãos da Rafaela que ficou maravilhada com todas aquelas purpurinas ;-)

Ser criança é MA-RA-VI-LHO-SO! Não há dúvida ;-)