quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Resumindo

Estou aprovada como cabeleireira ;-)

A Rafaela desta vez não chorou porque nem lhe dei oportunidade para ela perceber que aqui a mamã tinha agarrado na tesoura! POIS, não lhe ia dizer uma coisa dessas não fosse ela um dia ter a mesma iniciativa e depois com que cara eu ralharia com ela!!! Uma mãe tem que dar sempre o (bom) exemplo ;-)

Fui buscá-la à escola, cheia de casacos e cachecóis e ele nem reparou nos meus 4 cm a menos. Entrámos no carro, prendi o cabelo com uma mola e nem lhe deu o cheiro ;-)

Para além disso, a piolha vinha mas é preocupada com a sua vida!!! estava triste porque a colega Madalena lhe desmanchou as trancinhas e a educadora ficou com os elásticos para não haver elásticos dentro da sopa à hora de almoço. Enfim, lá vinha ela a lamentar-se como se aquilo fosse um grande drama humano...

Mas ficou feliz da vida quando lhe disse que íamos até à D. Antónia para a mamã cortar as pontinhas do cabelo. "Eu também quero cortar as pontinhas do meu mamã! Mas só as pontinhas para ele estar sempre bonito e comprido. Também não pode ficar como o da Rapunzel senão tropeço e caio!"

E assim foi. A D. Antónia deu-me os parabéns porque mal se notava o desnível atrás!! Sou uma artista!! eh eh eh! mas também me perguntou o que raio me passou pela cabeça.... "não me diga que está a querer substituir-me ???"

Não, claro que não! Mas acordei com vontade de meter mãos à obra e pronto! Se eu conseguisse cortar o meu cabelo na perfeição seria excelente, sem dúvida! Na verdade, sou o tipo de cliente que qualquer cabeleireira dispensa. Corto apenas as pontas de dois em dois meses e só dou uma secagem rápida com o secador. E no verão nem isso! brushings e afins nem pensar! O meu cabelo é lavar e secar ao ar! Mais nada! Com um bom champô de frequência e condicionador porque o lavo todos os dias. É liso, está sempre igual a si próprio quer chova ou faça sol. 

Mas os 36 anos aproximam-se e eu começo a vislumbrar uns cabelos brancos aqui à frente. MALDITOS!!!!!!!!!!!! Por enquanto mal se notam, é a vantagem de ser loira. Mas a D. Antónia já me fez um relatório completo sobre colorações, madeixas e nuances. Tudo aquilo que eu quero evitar até conseguir! Adoro o meu cabelo, deve ser uma das partes de mim que mais gosto... e a minha filha tem o cabelo igual ao meu... o dia em que eu o tiver que pintar será uma tristeza :-( Vou passar a estar condenada às  colorações e vou perder um pouco da minha identidade :-(( acho que não vou conseguir encontrar uma coloração que seja igualzinha ao meu loiro natural... vou passar a ser uma loira pintada :-( ainda por cima EU, que não tenho pachorra nenhuma para andar metida em cabeleireiras, esteticistas e afins.

Gosto de estar impecável mas gosto de ser eu a tratar de mim. Invisto em bons produtos e em bons equipamentos e é aqui em casa sossegada que faço as minhas depilações e manicures. Ao meu ritmo e de acordo com a minha disponibilidade. Assim poupo tempo e muito dinheiro ;-)

Mas, voltando à conversa inicial...

A D. Antónia acertou o meu pequeno desnível e cortou as pontas do cabelo da Rafaela que adora estar ali sentada na poltrona a tagarelar sem fim e a mexer-se que nem uma doida. Só os seus 38 anos de experiência profissional lhe permitem cortar de forma impecável as pontas de uma cabelo liso a uma piolha elétrica e conversadora como a minha!! :-DDD

E é assim. Agora estamos ambas com o cabelo três dedos abaixo dos ombros. É uma boa altura ;-)

Desta vez o papá reparou porque os cortes foram mais notórios! Reparou e aprovou o novo look das suas meninas ;-))

Sem comentários:

Enviar um comentário