segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Despedidas, alteres e negócios

Hoje de manhã foi o momento da despedida. Lá foram os meus pais a caminho do Alentejo. Posso viver os tais 100 anos mas vou viver sempre com o desgosto de ter toda a família longe de mim. Uns nos Alentejo, outros no Algarve e o meu irmão em Londres. Mas é assim. Não se pode ter tudo na vida. O importante é estarmos todos bem. Entre nós há um laço inquebrável e eterno que distância alguma consegue vencer. 

A Rafaela despediu-se tristemente mas já compreende que é assim. 

E depois foi para a escola e eu segui para o Holmes Place para os meus sagrados 45 minutos de cardio fitness e musculação. Não percebo como é que há pessoas que não gostam de fazer exercício!?!?!?!! É algo que me faz imensa confusão. O bem estar que um treino proporciona é inexplicável. Eu não sei se sou mais viciada no treino em si ou se na sensação de bem estar e relaxamento que tenho a seguir. Fico mais calma, mais serena, mais tranquila... e por vezes dorida também!!

Antigamente exagerava mas hoje em dia faço tudo com muita moderação porque às 14h00 vou buscar a minha filhota e tenho que ter muita pedalada até ao final do dia. Não me posso rebentar toda nos treinos porque depois fico com vontade de descansar e isso não é possível. SIM, porque isto de ser mãe quase a tempo inteiro tem muito que se lhe diga. Tenho que gerir o meu tempo e as minhas responsabilidades ao milímetro. As crianças exigem muito de nós e a verdade é que uma pessoa só tem descanso quando elas adormecem.

Mas compreendo que o exercício é como tudo na vida ou se gosta ou se odeia... e quem não gosta, acaba por arranjar todo o tipo de desculpas para não mexer uma palha! No fundo todos nós sabemos que conseguimos arranjar tempo para fazermos aquilo que realmente gostamos. Nem que seja por meia hora! Nem que seja só ao fim de semana! Nem que seja pela noite dentro! Nem que nos levantemos uma hora mais cedo de manhã! Nem que abdiquemos da hora de almoço! Com empenho, organização e método, todos nós conseguimos arranjar tempo para os nossos pequenos momentos de prazer, momentos só nossos, momentos que nos ajudam a manter a sanidade mental.

E depois do treino fui fechar um negócio que me deixou muito satisfeita porque foi no timing perfeito. Fiquei com um sorriso nos lábios para o resto do dia ;-) Foi sorte, foi mesmo! Mas bolas, eu também mereço! :-)

Sem comentários:

Enviar um comentário