quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Orgulhosa de mim!


Ontem de manhã fiz um check-up completo. SIM, porque eu sou daquelas mulheres que não descura a saúde porque é o maior bem que se pode ter. Quero viver muitos e bons anos e faço tudo o que está ao meu alcance para chegar aos 100 em beleza! Mente sã em corpo são, é um dos meus lemas de vida.
Por isso mesmo, ontem foi análises, mamografia, ecografias às partes de baixo e de cima. Tudo nos conformes, como se pretende ;-)

Hoje, às 9h00 da manhã, a piolha foi para a escola e a mamã foi para o ginásio. Foi dia de avaliação física. Há alguns meses que não fazia uma avaliação e saí de lá completamente babada com tanto elogio. Modéstia à parte, posso dizer que a caminho dos 36 anos continuo com o corpo e a flexibilidade de uma miúda de 20! Também faço por isso, é verdade! 

"Ninguém diz que já passou por duas gravidezes", dizia a treinadora. Pois é, passei por duas gravidezes e na primeira estive de repouso absoluto e fartei-me de sofrer fisicamente. Na segunda não estive de repouso mas dadas as circunstancias por que tinha passado, fui obrigada a levar uma vida muito calma, longe de qualquer tipo de actividade física e sexual.

Desde criança que pratico desporto e só parei nos dois anos em que estive grávida. Em criança e adolescente pratiquei ginástica, natação, judo e futebol. Em adulta, o tempo começou a escassear e deixei-me levar pelos encantos da yoga, uma filosofia de vida extraordinária que proporciona um equilíbrio perfeito entre o corpo e a alma :-) também me rendi aos ginásios e às suas inúmeras modalidades. Mas como não gosto de aulas de grupo, desde cedo comecei a preferir o cardio fitness e a musculação porque faço os treinos sozinha, ao meu ritmo e sem conversas pelo meio. É para treinar é para treinar. Em 40 minutos estou despachada e não vou para o ginásio conversar porque tenho muuuuuito mais que fazer!! Concentração e empenho é o que se pretende.

É verdade que sou daquelas pessoas abençoadas pela genética. Tenho um metabolismo muito acelerado e quando ando nervosa começo logo a perder peso. Por isso mesmo, o cardio e a musculação dão-me aquilo que eu pretendo: tonificação, massa muscular, força e resistência. A musculação dá-me volume e é isso que eu preciso.

Há treinos específicos para cada necessidade. As mulheres, em geral, odeiam musculação porque pensam que vão sair dali tipo Hulk!! NADA DISSO!!. Não há nada melhor para definir cada parte do corpo.

Mas a genética abençoada só por si não faz milagres. Cada um de nós é aquilo que come, não tenham dúvidas! A excepção vai para as pessoas que têm alguma disfunção grave (por exemplo, na tiróide) e isso aí   já é outra conversa. Essas pessoas podem ter uma alimentação saudável e pesar mais que uma baleia. É uma disfunção grave que carece de intervenção médica. Mas as pessoas normais, sem disfunções, só têm problemas de peso se quiserem! Comem todo o tipo de lixo e depois querem milagres!

Há ainda os chamados falsos magros. Pessoas magras mas com um elevado índice de gordura. Pessoas que aparentam ser magras mas que têm gorduras localizadas ou gorduras internas (e essas são bem nefastas para a saúde!).

Saber comer é fundamental. Sou absolutamente contra as dietas, nunca fiz dieta na vida. Simplesmente aprendi desde criança a comer de forma saudável porque o paladar também se educa. Comer correctamente é para mim uma rotina, é simplesmente algo que faço todos os dias para  bem da minha saúde e da minha aparência. 

Para além disso, tive a sorte de nascer com o diabo no corpo (salvo seja!!!) e adoro actividade física! Preguiça e sedentarismo não se aplicam ao meu 1,58m de gente!! 

Só eu sei o que passei nos dois anos em que estive grávida e tive que deixar de me movimentar. Só eu sei o que passei quando estive de repouso absoluto durante a minha primeira gravidez. Para além da profunda tristeza que me varria a alma por causa das preocupações constantes com os bebés, via-me sózinha em casa durante todo o dia... enfiada na cama... da cama para o sofá... do sofá para a cama com a cabeça a rebentar de tanta preocupação... o corpo cheio de dores internas e mau estar... meu Deus, foram tempos desesperantes. Um verdadeiro estado de desgraça e não de graça.

Uma pessoa que pratica desporto com regularidade, quando não o faz, fica nervosa, ansiosa, irritada. Acaba por ser um vício como outro qualquer mas um vicio positivo, claro está. Depois há os obcecados pelo desporto e isso já é outro assunto porque se torna uma doença.

Mas voltando ao assunto inicial....

Depois da avaliação física fiquei com o ego em alta!
Flexibilidade excelente, peso excelente, índice de massa corporal excelente, corpo, anca e peito nas proporções indicadas para a minha estatura (salvo o peito que precisava de uns bons litros de silicone porque deixou de existir depois de ter dado de mamar) e 17% de massa gorda. 17%! Excelente! Há atletas que não têm este valor, disse a treinadora. Fiquei feliz da vida, claro está! E se comparar estes resultados com os de há 5 anos atrás (antes de engravidar pela primeira vez) os valores são muito idênticos.

Enfim, parabéns para mim que para a semana faço 36 anos e estou aqui para as curvas. Vou continuar com a minha filosofia de vida porque estou no bom caminho ;-) 

6 comentários:

  1. Este post é mesmo inspirador! o pior é que eu faço parte do grupo das preguiçosas!!!já me inscrevi duas vezes num ginásio mas acabei sempre por desistir. Arranjava todo o tipo de desculpas para não por lá os pés :)))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Lurdes, o desporto é como tudo na vida! ou se adora ou se odeia... quando não se gosta de fazer uma coisa tudo serve de desculpa, lá isso é verdade! eu felizmente nasci com este "vício" ;)

      Eliminar
  2. ai Jesus e eu aqui babando lendo seu post,,porque eu faco parte do grupo das obesinhas,,1 53m de gente! e com 60 k,,uma barriguinha de da em doido,ja comecei varias dietas ,,ja voltei a jogar futebol, ja sonhei com kilos a menos,, mas tenho uma tendência maluca por engorda,,quanto mais nervosa e ansiosa mais como,,dificl assim,,,,MAS ME INSPIRO PRA VALER AO LER SEU POST ,,VAMOS LA VE SE EU TOMO INICIATIVA AFF,,NAO POSSO E NAO QUERO PASSAR DOS 60 K...parabens pelo post-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vá Teresinha você consegue! basta ter força de vontade e seguir em frente. Querer é poder ;-)
      beijinho grande*

      Eliminar