segunda-feira, 12 de março de 2012

O cachecol do Jubas

Nunca se deve criticar ninguém porque afinal todos nós temos telhados de vidro. Ahhhhh pois é! E eu que o diga! :-))

Não gosto de ver adultos e crianças com camisolas ou cachecóis dos clubes de futebol. Não gosto de ver bebés (que ainda nem sabem o próprio nome) vestidos com equipamentos futebolísticos. Acho uma coisa absolutamente pavorosa.

Mas hoje tive que engolir em seco. É que a bebé cá de casa já tem 4 anos e começa a ter muitas vontades próprias.

Não é que a pirosona foi para a escola com o cachecol do Jubas ao pescoço!!!?!?!?! SIM, com o mini cachecol do Sporting que o papá lhe ofereceu no ano passado quando visitámos Alvalade e ela se rendeu por completo aos encantos do Jubinhas (como ela carinhosamente lhe chama).

Ontem o papá foi a Alvalade ver o Sporting do seu coração e saiu de casa com aquele cachecol foleiro ao pescoço. E vá de dizer à piolha que quando ela for maiorzinha também o acompanhará.

Ai ai.... valha-me Nossa Senhora. Ela viu o cachecol do papá e lembrou-se do dela... e fez-me a cabeça em água enquanto eu não lho dei. Lá tive que dar voltas ao baú da roupa.... sim, porque tinha guardado aquela piroseira mesmo lá no fundo.

Em suma. Tomou banho com o cachecol ao pé para não perder de vista o Jubinhas, jantou com a porcaria do cachecol e adormeceu com ele.

Hoje de manhã, mal acordou, perguntou-me "Então onde está o meu cachecol do Sporting?"

Lá fui eu buscar aquela coisa horrível. E assim que lho entreguei, agarrou-se a ele aos beijinhos. E quando o papá lhe disse que o Sporting ganhou e que marcou 5 golos foi o delírio.

E lá foi ela para a escola com o maldito cachecol enrolado ao pescoço. Ainda tentei dar-lhe a volta mas sem qualquer sucesso. "Ohhhh Rafaela, não leves isso... isso é para ir ao jogos, não é para andar na rua".

Ela olhou para mim e disse "Não, não tiro. Eu gosto muito do Sporting. O meu cachecol é lindo. Tu não gostas mamã?"

"NÃO, não gosto. Isso é uma piroseira de todo o tamanho!"

Ela desatou a chorar e aos gritos perguntou-me: "Mas tu não gostas do Sporting mamã?"

Enfim, lá tive que lhe dizer "Sim, eu gosto do Sporting só não gosto desse cachecol".

E lá fomos as duas a caminho da escola. As duas de mão dada. Ela com o maldito cachecol ao pescoço a gritar "Spoooooooorting!" e a dizer-me "vá mamã, vamos as duas dizer SPOOOOOORTING"

"Ohhh Rafaela, está mas é calada ou então fala mais baixo"

E foi assim hoje de manhã. Enfim, mas tenho que respeitar. Afinal estou sempre a dizer-lhe que cada pessoa é livre de gostar do que quer e que ninguém tem nada com isso. Tenho que fazer jus às minhas palavras.

E vou passar a estar caladinha.... pois, porque agora também faço parte do grupo de mães cujos filhos andam de cachecol futeboleiro piroso ao pescoço.

Enfim.... para o que uma pessoa está guardada! Se fosse rapaz ia mas é já para a escola do Sporting aprender a jogar à bola... pois, porque nos dias de hoje vale mais saber dar uns bons pontapés do que queimar neurónios para ter um bom canudo :-/

2 comentários:

  1. LOL, a minha filha é quase mais lagarta do que eu! :D Força Jubas, és o maior! :)

    ResponderEliminar
  2. Estas miúdas são demais! A minha ainda não lhe deu para essas pirocises futebolísticas, mas já lhe deu para outras parecidas! E quando lhe dão não há volta a dar! Haja paciência :)

    ResponderEliminar