quarta-feira, 14 de março de 2012

O regresso do maldito

Ontem à noite, antes de adormecer, a piolha lembrou-se do seu Noddy de peluche. "Mamãzinha, onde está o meu Noddy?? Aquele fofinho, estás a ver qual é?"

Ups! pensei eu. Depois do Natal e do aniversário vi-me obrigada a fazer umas arrumações ao quartinho cor de rosa porque a quantidade de brinquedos atingiu proporções indecentes. Agarrei nos brinquedos com os quais ela não brincava há algum tempo, enfiei-os num saco e levei-os para a arrecadação para um dia destes os dar a alguém.

Pois é.... mas a minha piolha não perde de vista os seus queridos e adorados brinquedos. E quando eu menos espero, lá vem ela perguntar-me por A ou B.

"Minha querida, o teu Noddy está na arrecadação"

"Na arrecadação mamã??? Porque é que tu levaste o meu Noddy para a arrecadação?? Está dentro dum saco??? Coitadinho, ali sózinho no escuro. Tens que o ir buscar mamã, eu hoje quero dormir com ele"

Lá lhe expliquei que teria que arranjar uma alternativa porque àquela hora eu não me ia enfiar na arrecadação.

Não ficou muito convencida mas lá convidou o ursinho polar para dormir com ela (todos os dias escolhe um boneco diferente, é um amor! e trata-os com um carinho que só visto).

Mas a minha piolha não se esquece de nada. Quando mete uma coisa naquela cabecinha é de fugir!
Hoje de manhã, mal acordou, perguntou-me "Mamã, o Noddy pode ir buscar-me hoje à escola?"

"O.K... OK... fica descansada que esta manhã vou buscar o Noddy à arrecadação e é ele que te vai buscar. Não te preocupes"

E lá desci à cave, e lá desenterrei o maldito Noddy do saco dos brinquedos. Quando cheguei à escola com ele debaixo do braço foi uma festa. Agarrou-se ao boneco e vá de falar com ele "Ohhhhhh Noddy, tu devias estar com tantas saudades minhas! estavas, não estavas?? E estavas assustado ali sozinho na arrecadação? Estavas com medo? Coitadinho, hoje vais passear comigo!"

E foi assim. 

Confesso que não vou com a cara do Noddy. A piolha quando era mais pequena teve uma fase em que acordava todos os dias às 6 da manhã e dizia "Mamã, Nana!"

E já não adormecia e já não se calava com o maldito Nana. Só queria vir para a sala para ver o maldito DVD do Noddy. E eu sentava-me ao lado dela. Às 6 da manhã ali estava eu a gramar com o maldito Noddy.... mas não a podia deixar sozinha porque ainda era muito pequenita e ficar sózinha era sinal de asneira da boa!... ainda hoje não é de fiar :-))

Só sei que, às 9h30, quando chegava ao emprego já ia bem acordada e com o cérebro feito num oito!... bolas!.... fiquei traumatizada com o maldito Noddy, a sério rrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrhhhhhhhhhhhh :-/

3 comentários:

  1. ehehe, é mesmo o boneco mais pamonha que conheço!

    ResponderEliminar
  2. Querida Paula,

    O meu é mais carros, felizmente! Nunca ligou ao Noddy. É mais ao faísca McQueen.

    Entretanto, já espreitou as coisinhas para as filhotas? :) Lembrei-me de si.

    Um beijinho,
    Maria.

    ResponderEliminar
  3. Também tive a minha dose de Noddy e não vou com a cara dele. Vi aqueles DVDs vezes sem conta, irra! Prefiro as princesas! pelo menos têm muito mais glamour :))))))

    ResponderEliminar