sábado, 3 de março de 2012

Pérolas: Palavras que enchem o coração

Hoje, depois da sesta, eu e a Bonequinha ficámos na brincadeira em cima da cama. Eu transformei-me no monstro das cocegas e vá de a atacar com as minhas mãos diabólicas!! eh eh eh!! e ela vá de rir :-))

Nisto, ela deita a cabeça nas minhas pernas, levanta a minha camisola e põe-se a fazer festinhas na minha barriga. Eu olhei para ela e disse-lhe "Pois é bicharoca, tu já estiveste aqui guardada na barriguinha da mamã! Estavas aqui quentinha e protegida".

Ela olhou para mim com aqueles olhos grandes e lindos e respondeu com um carinho do tamanho do mundo "Pois é mamã, eu estava guardada na tua barriguinha mas estava com muitas saudades tuas! Queria dar-te abraços e beijinhos!".

Enfim, é por estas e por outras que ser mãe é mesmo a melhor coisa do mundo. Não há amor igual, não há não senhora.

My love, my light, my life.

1 comentário:

  1. Ohhh que querida! Não há amor igual, pois não!

    Agora lembrei-me do meu Gui que um dia destes me disse que eu era fofinha como o Sauro. O Sauro é o dinossauro com que ele dorme! Enfim, só assim se compreende esta comparação :)))

    Uma pessoa fica mesmo babada. Os nossos filhotes são o melhor do mundo.

    ResponderEliminar