terça-feira, 3 de abril de 2012

Mãe e filha na manicure

O tempo continua muuuuuuito feio... parece que vamos ter uma Páscoa chuvosa. As temperaturas baixaram, o céu anda carregado e o vento não dá tréguas aqui para os nossos lados. O tal ditado "Carnaval na rua, Páscoa em casa" parece fazer sentido este ano. Se o tempo não melhora vamos ter umas mini férias com sabor a outono, vamos vamos. Mas é sempre assim, as pessoas passam a vida a trabalhar e quando finalmente conseguem ter uns dias de sossego dão de caras com a chuva ou com os filhos doentes ou com qualquer outra coisa menos simpática. Parece que o ser humano está condenado a trabalhar e não a estar de papo para o ar... e o euromilhões, esse grande malandro, que teima em não me sair. Também não tenho jogado, não posso esperar milagres, lá isso é verdade :-)))

Bem, mas a verdade é que já tinha separado a roupa para os próximos dias e agora dou por mim a pensar que afinal é melhor apostar em algo mais quente porque a primavera foi dar uma volta. Hoje até já vesti um casaco que tinha guardado... bufffffff francamente... não tarda ando de botas outra vez... que chatice :-(

E porque o céu estava trombudo e porque a chuva ameaçada cair a qualquer momento, optámos por ficar em casa (outra vez) depois da sesta e do lanche. Mas hoje a brincadeira foi outra. Hoje trocámos o tapete do país dos brinquedos pela mesa da cozinha onde improvisámos um salão de manicure. Eu arranjei as minhas unhas, enquanto a piolha sentada ao meu lado, literalmente colada a mim, falava, falava, falava e fazia desenhos.

"Eu também quero pintar as unhas mamã, pode ser? Quero ficar linda para os avós me verem! Pode ser?"

"Sim, pode ser. Mas primeiro deixa-me acabar de arranjar as minhas. Tem calma, já pinto as tuas."

"Ahhhh obrigada mamã! vou ficar linda para os avós! quero de cor de rosa, está bem?"

E assim foi. Primeiro arranjei as minhas, enquanto ela me interrompia quinhentas vezes para a ajudar a fazer mais um desenho, e em seguida arranjei as dela. As minhas de bordeux e as dela de cor de rosa (como não podia deixar de ser!).

Aqui fica o registo. Pelo meio tem uns riscos azuis e vermelhos de caneta de feltro porque a madame pequenina se fartou de "trabalhar a fazer desenhos" enquanto aguardou pela sua vez :-)


Sem comentários:

Enviar um comentário