quarta-feira, 18 de abril de 2012

O anti-stress perfeito ♥

Eu nunca me canso de dizer que as crianças são o melhor que há no mundo e tenho isto como uma verdade absoluta. Vivem num mundo do sonho, da fantasia, da ilusão e deslumbram-se com as pequenas (grandes) coisas da vida. Nós adultos temos muito que aprender com as crianças, não tenham dúvidas. É verdade que por vezes dão com uma pessoa em maluca mas se nos deixarmos levar pelas suas graças e brincadeiras, acabamos por mergulhar também no dito mundo de sonho e esquecemos as inquietações, o trabalho, a crise e tudo o que nos sufoca e nos tira a vontade de sorrir.

Naqueles dias em que chegam a casa estoirados, sem pachorra para nada, em vez de começarem aos gritos com as crianças, experimentem uma coisa. Dispam-se, vistam uma roupa confortável (aquelas roupas que todos nós temos só para andar por casa e que são do mais fofo e confortável que há!!), tirem os sapatos, sentem-se no chão... ou deitem-se em cima do sofá ou na cama na conversa e na paródia com os vossos filhos. Deixem que eles vos cubram o rosto de baba com aqueles beijinhos deliciosos, deixem-nos falar, façam-lhes cócegas, deixem-se levar por esse ritual de carinho e brincadeira. Todos ficam a ganhar, a sério! Nós descontraímos, o nosso cérebro desliga do mundo feio e os nossos filhotes agradecem ;-)

Todos os dias digo isto ao meu marido, quando o vejo chegar a casa estoirado e saturado após um longo dia de trabalho. Quem tem filhos deve saber aproveitar as extraordinárias energias positivas que deles emanam. É óbvio que não é fácil porque, na maioria das vezes, uma pessoa só sonha em jantar e enfiar-se no sofá... mas acreditem, se fizerem um esforço vão ver que vale a pena entrar na brincadeira e começar a sorrir.

A nossa postura influencia em absoluto o humor das crianças. Se estamos trombudos e rabugentos, rapidamente vamos passar isso para elas e depois é a loucura e o caos familiar. Sim, porque se um adulto rabugento é horrível, uma criança então nem se fala!!!!!!

Eu descobri esta espécie de terapia desde que sou mãe. Há dias em que ando com o estômago embrulhado e verdadeiramente inquietada com as injustiças da vida... mas assim que vou buscar a piolha desligo o botão e recuo uns vinte anos atrás! só volto a ligar o botão à noite, quando ela adormece e eu regresso aos meus longos serões de trabalho. 

Ando seriamente a pensar em lançar uma nova terapia, a sério! falar com os bonecos, brincar ao esconde, pentear Barbies, transformar-me no monstro das cócegas ou no aranhão maroto, brincar com os tachinhos, passear as bonecas, agora sou cabeleireira, logo sou médica, a seguir sou dona de um café e num instante passo a ser a bruxa da Branca de Neve!! tudo isto é um anti-stress perfeito, acreditem... para mim funciona na perfeição ;-)


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

2 comentários: