sexta-feira, 11 de maio de 2012

Leitura recomendada: Avós precisam-se

Avós precisam-se é o novo livro da jornalista e escritora Gabriela Oliveira. Estão todos convidados para o seu lançamento que terá lugar no próximo domingo (dia 13), pelas 16h30, na Feira do Livro no espaço do grupo Porto Editora. A apresentação será feita pela jornalista e escritora Isabel Stilwell e pela socióloga Ana Alexandre Fernandes.


Avós Precisam-se é um livro com depoimentos, de pessoas ilustres e anónimas que se deixaram tocar pela magia dos afetos entre avós e netos. A multiplicação dos avós é uma novidade. Nunca, como hoje, houve tantos avós para tão poucos netos e os grandes beneficiados são os mais novos elementos da família – uma “espécie rara”, cada vez mais mimada. Muitos avôs e avós estão disponíveis e podem ser uma boa alternativa às creches – além de mais económico, as crianças ficam mais protegidas e usufruem de relações afetuosas e estáveis. Os avós são um porto de abrigo, uma referência, um “íman” para a família. Pelos laços que firmam, pelos valores, palavras e gestos que evocam, estão sempre presentes ainda que estejam distantes ou fisicamente ausentes. 

“A minha avó é o meu passado, o meu presente e o meu futuro. Não equaciono a vida sem ela.” Bárbara Guimarães

“Recordo tudo da minha avó e dos meus padrinhos. Um dia, uma semana, um mês não seria tempo suficiente para descrever tudo.” José Luís Peixoto

“A minha experiência como avó é maravilhosa. Ainda não sei descrever, porque é um deslumbramento tão grande que ainda não consegui encontrar as palavras.” Lídia Jorge

“Se há um antes e um depois de ser mãe, também há um antes e depois de ser avó! Já não me imagino a viver sem as minhas netas!” Isabel Stilwell

“A coisa mais maravilhosa da minha vida foi ter sido avó. Nós apaixonamo-nos pelos netos.” Isabel Alçada

“Ser avô foi um espanto! Foi um sentimento maravilhoso! Foi muito, muito bom!” Júlio Machado Vaz

“Os netos estão muito presentes na minha vida. Desde que nasceram os primeiros, ficam em nossa casa até aos três anos.” Daniel Sampaio

 “Para nós, os avós são figuras imortais; são velhos, já nasceram velhos e perduram velhos.” Nuno Markl

Sem comentários:

Enviar um comentário