quinta-feira, 10 de maio de 2012

Made in Portugal: Lanterna Amarela


Quando me falaram da Lanterna Amarela fui logo dar uma espreitadela porque sou uma cusca e ando sempre à procura de contactos úteis e originais para divulgar no meu cantinho cor de rosa. E vejam só a maravilha que eu descobri! A Lanterna Amarela é um site que comercializa actualmente 23 marcas nacionais. Cada uma destas marcas sai directamente das mãos de mães e artesãs portuguesas que, não tendo forma de comercializar as suas peças, recorrem à Lanterna Amarela que as coloca à disposição de todas nós. Estive à conversa com a Helena Salema Lino e com a Joana Ahrens Teixeira, as duas fundadores deste maravilhoso projeto.

Olá Helena, olá Joana, é com imenso gosto que as tenho aqui na AngelLuzinha. Vamos lá então saber como e quando surgiu a Lanterna Amarela. 
Tudo surgiu em finais de 2011. A ideia do projeto foi da Joana que criou a empresa e que, quase de imediato, me convidou para sua sócia.

Lanterna Amarela tem algum significado especial? O que vos levou a dar este nome à marca?
Entre várias hipóteses a Joana escolheu este nome por ser apelativo e bastante abrangente o que era essencial tendo em conta o âmbito do projeto. Lanterna Amarela é um nome que encaixa no imaginário das crianças. Queremos iluminar marcas portuguesas de muitas artesãs que fazem coisas fabulosas e muitas vezes não têm veículos fortes de vendas (daí a ideia de Lanterna). Temos também a LUZ que os filhos representam na vida das famílias e tantas outras coisas que se podem associar a este nome.    

Na Lanterna Amarela comercializam produtos e serviços de fornecedores nacionais. Quais as marcas que representam neste momento?
Temos três grandes áreas de actuação: venda de artigos, serviços e agenda cultural. Comercializamos artigos de marcas nacionais, de artesãs/mães e lojas que não têm site ou loja on-line. Neste momento temos ao dispor 23 marcas que podem ser consultadas em http://www.lanterna-amarela.pt/pt/content/8-marcas. Tentamos apresentar um conjunto de artigos que apresentem boas soluções para as necessidades das crianças e das mães. Desde roupa, brinquedos, decoração, passando pelos bolos de aniversário/baptizados, etc.

E na área dos serviços? Sei que têm serviços interessantes ao dispor das mães, grávidas, crianças e famílias.
Helena e Joana: Temos serviçõs que divulgamos gratuitamente e temos outros que comercializamos através da venda de vouchers. Temos actualmente Festas de Aniversário Cientificas da Science4you e sessões fotográficas da Catarina Ferreira. As divulgações que fazemos gratuitamente têm vários serviços que podem ser consultados em http://www.lanterna-amarela.pt/pt/content/6-servicos

Como é que as mães/artesãs/lojas podem comercializar os produtos no vosso site?
Quem estiver interessado em divulgar ou comercializar artigos/serviços deve enviar um mail para orcamentos@lanterna-amarela.pt

O que vos leva a aceitar comercializar uma marca? Quais são os requisitos exigidos?
Analisamos caso a caso. Procuramos marcas/artigos que se pautem pela qualidade, criatividade e que sejam de origem portuguesa. 

A comercialização de produtos internacionais está então fora de questão...
A ideia é continuar a apostar na produção nacional. Caso encontremos a nível internacional artigos que não haja em Portugal e que se revelem uma mais valia para as nossas mães a sua inserção será uma hipótese a considerar. 

Para ocasiões especiais dispõem de cartões presente e de listas de nascimento, baptizado e aniversário, correcto?
Estes serviços têm por base a actual conjuntura, ou seja, pretendemos garantir que os presentes oferecidos sejam, a cem por cento, os que fazem mais falta ou os que são efectivamente mais desejados pelas mães/filhos. O cartão presente garante, a quem o recebe, uma vasta gama de artigos e as listas do bebé, aniversário e baptizado facilitam imenso a vida a quem não sabe o que oferecer. As mães elaboram as listas e todos poupam tempo e deslocações.

Quais são os produtos mais procurados? Têm algum best-seller?
O site tem cerca de um mês e meio e até agora o que vendemos mais foi roupa de criança.

Pensam abrir uma loja física ou vão continuar a apostar nas vendas online?
Ambas trabalhamos em empresas. A Joana na área do marketing e eu na área financeira. Gostávamos imenso que a Lanterna Amarela passasse para primeiro plano mas ainda temos um longo caminho a percorrer. Com o tempo pensaremos nas hipóteses e oportunidades que nos forem surgindo mas para já apostamos apenas nas vendas on-line.

Como é que promovem a marca?
Muito em breve vamos estar presentes em feiras e eventos com artigos da LA. Vamos ainda assegurar a área de entretenimento infantil com merchandising da Lanterna Amarela em algumas dessas feiras/eventos e ponderamos realizar esta acção com regularidade. Para além disso, temos a página no facebook e estamos a desenvolver parcerias e passatempos que divulgaremos em breve.

Deparam-se com alguma dificuldade especifica?
Helena e Joana: Enquanto grávidas/mães sentimos falta de uma base de dados que nos ajude a procurar/comparar cursos de preparação, massagem do bebé, baby-sitting ou tantos outros serviços a que recorremos. É esta base de dados que estamos a tentar criar para ajudar as mães e é neste sentido que estamos a desenvolver uma agenda cultural com actividades para as famílias. Mas tendo em conta que o site foi lançado há menos de 2 meses ainda não conseguimos fazer uma análise detalhada. Ainda estamos em expansão. Por enquanto estamos a crescer em número de utilizadores e vendas.

Que mensagem gostariam de deixar às centenas de mães que visitam diariamente o blog da AngelLuzinha?
Ambas somos mães (cada uma tem 2 filhas) e estamos bastante sensíveis e recetivas a sugestões ou questões que queriam colocar. O site é o nosso novo "bebé", que queremos ver crescer, mas é para todas nós. Procuraremos sempre apresentar boas soluções que agilizem o dia-a-dia.

E assim será porque o vosso "bebé" tem tudo para se tornar um grande adulto!

E terminamos o Made in Portugal de hoje com algumas das peças que podem encontrar à venda no site da Lanterna Amarela http://www.lanterna-amarela.pt/. Convido-vos a entrar e a deixarem-se deslumbrar por todas aquelas fofuras, todas elas feitas à mão por inúmeras mães e artesãs portuguesas. Também podem visitar a página da marca no facebook, aqui

Tudo isto porque o que é nacional é bom e recomenda-se.
















                                        











                                                   




4 comentários:

  1. Parabéns Angel Luzinha por mais uma fantástica rubrica. Gostei particularmente das cadeirinhas porque remontam à minha infancia no Alentejo. Tive uma do género em vermelho e azul. Era a minha cadeirinha ;)

    ResponderEliminar
  2. Adorei conhecer este site.
    Tenho de explorá-lo melhor, mas fiquei já curiosa em relação a umas "tocas" de linho que aqui aparecem. Qual a marca?
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Marisa Luna, ainda bem que gostou de conhecer este site. É um mundo de coisas giras ;-)
    As tocas de croché são da Nós e Tranças. Aqui fica o link http://www.lanterna-amarela.pt/pt/produto/458-chapeu-arrendado-em-croche

    beijinhos cor de rosa*

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pela fantástica divulgação :)

    Bjs Helena

    ResponderEliminar