sábado, 19 de maio de 2012

A mamã Picasso

Hoje cheguei ao fim do dia de coração cheio e sorriso nos lábios. O tempo esteve feio mas o programa não podia ter sido melhor. Fomos rever um casal amigo de longa data. Foram momentos de ouro passados com uma das minhas melhores amigas desde o tempo da faculdade. Pusemos a conversa em dia enquanto íamos sendo interrompidas quinhentas mil vezes pelas nossas pequenas crias. Ali andava a minha Rafaela do alto dos seus quatro anos a tomar conta da adorável Inês de 18 meses, uma pulguinha pequenina, bem disposta e muito reguila. É um sentimento maravilhoso ver a nossa descendência e a de quem amamos... a minha filhota muito loirinha como eu e a Inês muito morena e cheia de caracóis como a sua mamã... um reflexo de nós mesmas... um encanto.

E se a manhã foi de ouro a tarde também. A chuva fez-nos ficar em casa e aproveitámos para dar largas à nossa veia artística. A minha filha tem uma série de livros para colorir que lhe vão oferecendo mas a verdade é que não pega em nenhum... e sabem porquê? Porque o que ela gosta mesmo é de colorir os desenhos que eu lhe faço :-)

Eu faço princesas, castelos, flores, lagartas, joaninhas e ela vai colorindo com uma satisfação imensa. Olha para mim com aquela carinha deslumbrada e diz "Tu desenhas muito bem mamãzinha! eu só gosto de pintar os desenhos que tu fazes."

Eu??? lol :-)) sou uma artista sou!... o Picasso nem me chega aos calcanhares! :-)))


2 comentários: