segunda-feira, 16 de julho de 2012

Vergonha

Eu não me canso de dizer que é delicioso observar o crescimento do ser humano. Antes de ser mãe não tinha a percepção que as crianças crescessem física e mentalmente tão depressa... isto para dizer que ontem registei mais um marco evolutivo na vida da minha pequena cria. 

Para sair da praia é um castigo porque "é só mais um bocadinho", "é só mais um mergulho"... enfim, dou por mim a fazer um esforço enorme para não desatar aos gritos, é de loucos!... e quando ela resolve transformar-se em croquete, segundos depois de lhe ter tirado a areia do corpo e de lhe ter vestido um biquini lavado para irmos para casa??? rrrrrrrrrrrrrrrr fico doida!... e ontem foi assim, por isso mesmo, para não ser teimosa, foi em croquete até aos chuveiros do paredão onde a despi para a lavar e lhe trocar de biquini para podermos rumar até casa sem trazer quilos de areia atrás.

Quando se viu nua debaixo do chuveiro desatou num pranto "Aiiiiiiiii que vergonha! agora estou toda despida aqui!! mas que vergonha!"

Alto lá! foi a primeira vez que a minha pequena cria mostrou vergonha por estar num local público sem o biquini enquanto a lavava... e ela nem estava exposta! eu estava a cobri-la porque não gosto de exibicionismos e já lá vão os tempos em que as crianças andavam nuas na praia.

Mas é assim, está a crescer. Com apenas quatro anitos começa a ter noção do corpo e com isso surgem as primeiras noções de pudor... fantástico! e aqui a mamã respeita e vai passar a ter ainda mais cuidado. Há dias em que já chega da escola muito arreliada porque os meninos viram as suas cuecas quando estava sentada ou a brincar!!.... e eu farto-me de rir porque me lembro perfeitamente dessa fase em que os meninos soltavam risinhos parvos quando viam as cuecas das meninas... e nós ficávamos envergonhadas e furiosas com eles.

Em suma, as nossas luzinhas vão crescendo e nós mães temos que respeitar a sua privacidade. Agora gostamos de partilhar as suas pérolas e gracinhas mas daqui a uns anos já não o poderemos fazer porque a nossa liberdade acaba onde começa a dos outros ;-)


Sem comentários:

Enviar um comentário