domingo, 18 de novembro de 2012

Hoje ninguém me arrancou de casa ♥

É isso mesmo, hoje acordei com vontade de passar o dia inteiro no aconchego do lar. Sou uma pessoa extremamente caseira e a verdade é que raramente me canso de estar em casa. Adoro andar aqui pelo meu mundo. Só nos levantámos às 10h00, uma ma-ra-vi-lha! a Rafaela acordou, veio aninhar-se na nossa cama e ali ficámos no quentinho a saborear a preguiça de domingo. Lá fora o céu azul convidada ao passeio mas a ventania gelada fazia qualquer um mudar imediatamente de ideias. "O dia perfeito para dar um jeito à casa, lavar e secar roupa e brincar com a minha bicharoca fofinha", pensei eu assim que abri o estore. O maluco do papá é que não resistiu às ondas e lá foi ele a caminho da surfada.... buff, faz-me cá uma confusão! como é que alguém pode pensar em sair da cama para se meter no mar com uma temperatura destas??... há 16 anos que o vejo fazer isto mas causa-me sempre alguma impressão e preocupação porque o mar nesta altura não está para brincadeiras. Mas é algo que o faz muito feliz e é isso que importa. Adoro ver a satisfação com que chega a casa. Liberta o stress de uma semana louca de trabalho, solta a alma e nem parece o mesmo. Vem gelado mas como novo!

Eu optei por ficar no ninho com a pequena cria. Lavei e sequei pilhas de roupa (agora o pior é passar, já se sabe!), organizei a casa e dediquei o resto da manhã à bicharoca fofinha. Estivemos a colorir o livro que o Tio P lhe ofereceu no inicio deste ano. Quando o recebeu não achou piada nenhuma mas agora adora todas aquelas páginas onde o pequeno índio brinca com os animais. E ali estivemos as duas, sentadas lado a lado, sempre na conversa e no mimo.


É impressionante ver como as crianças evoluem mês após mês. No inicio deste ano fazia uma grande riscalhada e eu até me zangava pois achava que ela conseguia fazer muito melhor. Pensava que era preguiça ou falta de empenho mas a verdade é que tudo tem o seu tempo e agora até já pinta na perfeição desenhos cheios de pormenores. Nem um risco fora dos contornos, linda!



E resolveu trocar o estojo pelo baldinho que a amiga Susana lhe deu porque tem a Barbie Princesa que ela tanto venera. Adoro observar o jeitinho com que estas mãozinhas fofinhas escolhem cada cor.


Entretanto o homem do mar regressou à terra (grande maluco!), almoçámos e fizemos uma bela sesta que me soube pela vida. Jóinha!! sopas e descanso, que maravilha de domingo. A seguir tivemos mais brincadeira, desta vez com o livro de fichas que a Rafaela adora. Na escola está a fazer este e em casa tem a versão 5-6 anos que comprei, por livre iniciativa, para ir fazendo comigo. É uma excelente sugestão para todas as mães que passam, como eu, muito tempo com os filhos. Eu sou a professora e ela vai aprendendo sem dar por isso, na mais pura brincadeira. O pior é quando lhe digo que está na hora de arrumar as tralhas e ir para o banho. Desata num pranto agarrada a mim porque acha que nunca brincamos o suficiente. "Ohhh mamã! só mais cinco minutos, vá lá! pode ser?". Enfim, é o costume... hoje pelos vistos queria fazer o livro de fichas todo de uma vez. Mas é um orgulho ver este ser maravilhoso que pus no mundo já a fazer números e a querer aprender coisas de gente grande. Parece que nasceu ontem! parece que ainda a estou a ver de chucha, sem dentinhos e a palrar os seus deliciosos "dá-dás" 


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário