segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Em modo cinema ♥

Já vos tinha dito aqui que não íamos perder o novo filme da Fada Sininho por nada deste mundo... mas perdemos!... pois perdemos... porque a sala estava a rebentar pelas costuras e só restavam os tais lugares da frente que ninguém quer (e nós também não!). Mas não desmoralizámos e optámos pelo plano B, ou seja, ver o Sammy 2 meia hora depois. 


E valeu a pena esperar porque esta sessão não estava apinhada e até o bebé da Rafaela conseguiu um lugar privilegiado. A bicharoca fofinha colocou o seu "filhote" naquele espaço que é suposto ser preenchido pelo maldito balde de pipocas. Eu sei, muitos de vocês já me estão a amaldiçoar mas eu não suporto ouvir aquele remexer das pipocas ao meu lado... aquilo faz-me cá uma confusão! para já não falar na lixeira que a maior parte das pessoas faz!... será que fazem o mesmo em casa?... ver filmes e comer ao mesmo tempo é coisa que não me assiste... ainda para mais pipocas que fazem uma barulheira desgraçada! felizmente o papá e a Rafaela partilham da minha opinião e assim estamos todos em sintonia. Eu sei, somos uma família de aliens em muitas coisas ;-)


E a Rafaela está de parabéns porque se portou lindamente nesta sua segunda ida ao cinema (a primeira foi em dezembro do ano passado e até partilhei esse delicioso momento convosco aqui). Fez imensas perguntas mas aguentou-se sentada como uma senhora!... tão querida! só se queixava do som que estava muito alto e do calor. Não descansou enquanto não se livrou do casaco e arregaçou as mangas até aos cotovelos. É tão bom já conseguirmos fazer este programa com ela! sempre adorámos cinema (antes de sermos pais íamos quase todas as semanas) mas quando a Rafaela nasceu isso deixou de ser possível porque, como sabem, não fazemos parte dos casais que têm avós por perto que lhes permitem umas escapadelas a dois quando lhes apetece. Quando a princesa nasceu a nossa vida passou a ser feita a três e já nem sentimos essa necessidade pois estamos tão habituadas a andar sempre juntos que já nem conseguimos imaginar as coisas de outra forma. Queremos aproveitar ao máximo estes anos porque temos a perfeita consciência que passam a voar. Quando ela for maior voltamos a ter todo o tempo do mundo só para nós os dois porque nessa altura ela vai preferir, como todos os adolescentes, sair com as amigas do que andar atrás dos "velhotes" (sniff... nem quero pensar... felizmente ainda faltam uns anos valentes!). 


Adorámos o filme. Aconselho vivamente! a história não traz nada de novo mas é um encanto. Aquelas tartaruguinhas bebés são a coisa mais querida para já não falar da mãe e da filha polvo que são do mais fofinho que se pode imaginar. Em seguida fomos esticar as pernas porque isto de estar muito tempo sentados é coisa que não combina com nenhum de nós ;-)



E não é que encontrámos o Pai Natal? e não é que a Rafaela já começa a por em causa a sua existência?... ficou a olhar para ele muito sorridente e fez-lhe um adeus muito maroto. Em seguida, puxou pela minha mão e quis ir meter conversa com o Sr. das Longas Barbas Brancas. Ainda consegui tirar-lhe uma foto mas reparei no seu ar de desconfiança. Quando íamos a caminho de casa virou-se para mim e perguntou num tom muito adulto "Mamã, aquele Pai Natal não é o verdadeiro, pois não? aquilo é um homem vestido de Pai Natal, não é?... vá, não me mintas, diz-me a verdade!"

Eu e o papá trocámos uns olhares e tivemos que lhe dizer a verdade pois ela de parva não tem nada e acha estranhíssimo ver Pais Natais por todo o lado, ainda por cima todos diferentes uns dos outros.

"Tens razão meu amor. Aquilo é um senhor vestido de Pai Natal que está ali para divertir as crianças. Está só a fazer de conta porque o verdadeiro Pai Natal vive na terra da tua amiga Matilde, lá no Polo Norte".

"Pois, a Matilde consegue ver o Pai Natal verdadeiro mas nós não porque o Polo Norte é muito longe, não é mamã?!

"Sim, minha querida. É muito longe e lá ainda está mais frio do que no Alentejo onde vivem os avós".

A conversa ficou por aqui mas tenho para mim que esta ilusão não vai durar muito tempo. Está farta de me perguntar se o Pai Natal existe mesmo e como é que ele consegue passar com a sua barriga gorducha pelas chaminés fininhas e porque é que ninguém o vê.

Na semana passada, ao falarmos das prendas, saiu-se com esta: "O Pai Natal não percebe nada disto e ainda se engana! o melhor é seres tu e o papá a comprarem as minhas prendas porque ele vive no Polo Norte e não percebe nada do nosso país. Ele nem deve saber onde se vendem os brinquedos aqui no nosso mundo". 

E é assim, tenho a certeza que a Rafaela não vai ser como eu que acreditei piamente no dito cujo até à quarta classe!... outros tempos, outros tempos....


Angel♥Luzinha Fotografia
Fotografo crianças, momentos em família, eventos e negócios (ateliers, lojas, artigos). 
 Para informações e pedidos de orçamento contactem-me através do mail:
paula.veiga.claro@gmail.com


O blog AngelLuzinha também está no facebook aqui

1 comentário:

  1. Linda participa no meu sorteio!
    Vai até 21 de Dezembro (sexta feira)
    http://asminhastramas.blogspot.pt/2012/12/passatempo-relampago-vernizes-andreia.html

    ResponderEliminar