terça-feira, 31 de julho de 2012

Mulheres portuguesas: Os Tecidos da Tita

A Célia Rodrigues contactou-me no mês passado para me dar a conhecer o seu trabalho. Anda muito empenhada no seu mais recente projeto, uma pequena aventura como ela própria lhe chama, onde os tecidos e as crianças são a fonte de inspiração. Já abriu página no facebook e convida-vos a fazer uma visita. Espreitem aqui

Entretanto deixo-vos com alguns dos seus trabalhos e aproveito, mais uma vez, para dizer que não hesitem em me contactar porque a aposta na produção nacional é uma das traves mestras da linha editorial da Angel♥Luzinha. Têm algum hobby que gostassem de dar a conhecer? têm alguma familiar ou amiga com jeito para fazer coisas giras? criaram uma marca? não se acanhem, passem a palavra e contactem-me através do mail paula.veiga.claro@gmail.com

Boa sorte Célia, nesta sua aventura! ;-)




Maxi Confort by Laranjinha

Todas nós sabemos que ter um bebé em casa implica, mesmo no Verão e nas férias, alguma correria, boa disposição e sentido prático porque estes seres tão pequenitos arrastam consigo uma infinidade de tralha impressionante e exigem rotinas muito certinhas. Ainda me lembro da primeira viagem com a Rafaela. Tinha ela quatro meses quando fomos ao baptizado do meu afilhado no Alentejo e por lá ficámos uns dias. Passei quase uma semana num stress imenso com receio de me esquecer de alguma coisa e preocupada com a viagem. Buffff... mas eu sou assim, uma mãe sempre demasiado preocupada com tudo, sobretudo com o que diz respeito à minha adorada cria.

Por isso mesmo, e para facilitar estas coisas do veste e despe, a Laranjinha sugere as peças 2 em 1. São fresquinhas, práticas e seguem as tendências que nós tanto apreciamos.

Adorei este body-vestido e por isso aproveito para partilhar. É lindo, confortável e super prático ;-)


Também podem seguir o blog AngelLuzinha no facebook AQUI

segunda-feira, 30 de julho de 2012

O panda, as pestes e os tubinhos

Que o país dos brinquedos tem excesso de população já nós sabemos mas a Rafaela é uma mamã dedicada e consegue dar atenção a todos os seus brinquedos (por incrível que isso posso parecer pois são mais que muitos!!). Hoje o eleito foi o Panda bebé. Tem andado com ele todo o dia e até o levou para a escola de manhã. Aninhou-o cuidadosamente no colo e lá foi ela a tagarelar pelo caminho porque conversa é coisa que nunca lhe falta. Às 14h00 fui buscá-la e eis que ela se sai com mais uma das suas pérolas.

"Então Rafaela, o Panda gostou de ir à escola contigo? divertiu-se?

Ela olhou para mim com um ar muito sério e aborrecido e disse: "Sabes mamã, os meus colegas estavam só a atirá-lo para o chão. São umas pestes!"

Eu desatei a rir! achei um piadão ao ar adulto com que ela disse isto, foi lindo! os colegas são umas pestes! :-))

Em seguida, perguntei-lhe o que é que tinha sido o almoço e se tinha gostado... ela respondeu "estava muito saboroso mamã! era maionese com ovinho, batatinhas e ervilhas. Só não gostei dos tubinhos" (disse com uma cara enojada).

"Dos tubinhos??? mas eram tubinhos de massa? Tu gostas tanto de massa."

"Não, não era massa, eram uns tubinhos verdes assim compridos"

"Ahhhh feijão verde, já percebi", respondi eu a rir porque ela a conversar é mesmo um cromo... fala, gesticula, faz caras esquisitas, é uma matraca dos diabos :-))


Em contagem decrescente...

BOM DIA!.... aqui ando eu feita barata tonta com uma lista infinita de coisas para fazer. Na próxima quarta feira entramos de férias (yupiiiiiiiiiiiii) e há tanta coisa para fazer. Vão ser duas semanas e meia de passeio, mergulhos e algum descanso (espero eu!) por este Portugal que tem tanta coisa bonita para visitar e descobrir.

Mas não pensem que vou abandonar o meu cantinho cor de rosa, nem pensar! todos os dias venho aqui espreitar e dar novidades ao sabor da preguiça porque este cantinho é a extensão da minha alma e já não consigo passar sem ele. Mas vou andar ao ritmo das férias por isso aproveito já para avisar que a rubrica Made in Portugal será interrompida por este período e regressará no dia 23 de Agosto com as novidades giras do costume.

Bem, e agora vou continuar aqui nos meus afazeres porque nem sei para onde me virar... quando chegar ao fim da lista de tarefas que tracei para hoje digo que é mentira. FELIZMENTE a pior de todas já está feita e até correu muito bem. Ia preparada para passar a manhã numa longa fila de espera mas enganei-me (nem acredito!)... tive que ir à Câmara Municipal tratar de uns assuntos do condomínio do qual sou administradora (uma seca dos diabos!) e fui atentedida com uma simpatia e uma rapidez surpreendentes. Os funcionários públicos que não me levem a mal, mas aqui a mamã não estava à espera de um serviço tão extraordinário!... é claro que as pessoas têm a mania de generalizar mas eu detesto meter tudo no mesmo saco porque sei que também há pessoas muito competentes e simpáticas no sector público e eu hoje comprovei isso mais uma vez.

E agora estou no ir.... regresso mais logo à blogosfera... vou-me atirar à roupa e às arrumações... às 14h00 vou buscar a Luzinha à escola e depois ela só quer brincadeira e eu já não faço mais nada de jeito. 

Deixo-vos com flores para alegrar esta segunda feira com cheiro a férias para alguns e de regresso para outros.... até logo ;-)


sábado, 28 de julho de 2012

Só para dizer...

Que estou aqui a cozinhar um NOVO PASSATEMPO. Será servido amanhã à tarde e tenho a certeza que vão A-DO-RAR! Vou ter uma coisa para lá de gira para oferecer


E lá fomos os três à Game On Lisboa

O papá já lá tinha estado e eu até comentei aqui porque nesse dia o homem chegou-me a casa com um sorriso de orelha a orelha e o telemóvel cheio de fotos (COISA RARA! sim, porque o papá, ao contrário da mamã, ODEIA tirar fotos... eu é que ando sempre de câmara em punho desde que me conheço como gente). Mas nesse dia o papá fotografou jogos e consolas... e eu olhei para aquilo e não achei graça absolutamente nenhuma.

Mas o meu maridão é assim! adora este mundo dos videojogos e não queria desperdiçar os convites, por isso mesmo, sugeriu às suas meninas que o acompanhassem porque a exposição encerra amanhã e assim aproveitava para matar o vício outra vez. Eu fiz cara feia porque jogos e afins é coisa que não me agrada mas acabei por aceitar porque na verdade não tinha nada melhor para sugerir... a não ser uma ida de bicicleta até ao jardim que por acaso nem me estava a apetecer. Sondei a Rafaela, porque a opinião dela também conta, e a piolha mostrou-se curiosa... queria ir ver as tais bolinhas que comem fantasmas.

E lá fomos os três. E não é que nos divertimos a valer???? eu ainda matei uns space invaders e a Rafaela fartou-se de mexer em botões e delirou com o clássico Pacman!!!... e quem é que a arrancava dali???? Foi a chorar e aninhada ao meu colo que de lá saiu... por ela tinha ficado a comer fantasmas até de madrugada.


Também podem seguir o blog AngelLuzinha no facebook AQUI

A Clarinha foi desta para melhor...

Hoje de manhã, assim que acordou, lá foi a minha Luzinha fofinha a caminho da cozinha ver como estava a sua Clarinha. Foi no dia 4 deste mês que acolhemos esta simpática bichinha de conta no seio do nosso agregado familiar como descrevi aqui. E só vos posso dizer que era o animal de estimação perfeito! não cheirava mal, não largava pelos ou penas, comia moderadamente, não fazia porcarias e nem fazia barulho!!! (o que não se pode dizer do nosso casal de perequitos que faz um chinfrim desgraçado). A Clarinha era uma querida... mas hoje "acordou" numa posição diferente. Estava de patas para o ar. Lá se foi a nossa pobre bichinha de conta. A Rafaela agarrou-a, fez-lhe festinhas mas nada acontecia. "Ohhh ela parece pedra, está tão duia! então minha querida, acorda! ohhhhh mamã nós gostamos tanto dela e ela morreu".

E foi assim. Perguntei-lhe se ela queria fazer um funeral à Clarinha como a Princesinha fez no episódio em que o seu caracol morreu. Mas ela não quis meter a bichinha numa caixa para a enterrar. Colocou-a dentro de um tachinho cor de rosa das bonecas e disse "Não, eu não vou deitar a minha Clarinha fora, ela vai ficar comigo para sempre. E agora mamã, escreve lá o nome dela num papel para eu não me esquecer porque quando tiver outro bichinho de conta também se vai chamar Clarinha".

E assim foi. De seguida levou o tachinho para o quarto e de vez em quando lá vai ela falar com a defunta. Ficou sentida mas felizmente não se largou num pranto... ela já sabe que os seres vivos morrem...um tema complicado sobre o qual já falámos várias vezes porque ela está sempre a fazer perguntas. Cheguei, inclusive, a sugerir aqui no blog a leitura de dois livros que podem facilitar bastante a abordagem deste tema junto dos mais pequenos.

E a Rafaela que andava tão empenhada em encontrar uma companhia para a Clarinha... quase todos os dias lhe perguntava "então bichinha, estás com saudades dos teus pais? ohhh querida, eu não os consegui encontrar! mas deixa estar que eu arranjo-te um bichinho amigo".

Felizmente este episódio não estragou o nosso sábado e acabou por ser vivido sem dramas de maior. Mas o meu coração ficou um pouco apertado porque ontem à noite, como era hábito, deitei umas gotas de água para a casa da Clarinha porque os bichinhos de conta gostam muito de ambientes húmidos. Será que desta vez exagerei no nível de humidade????... não sei... será que morreu afogada numa pequena gota de água?... não sei... mas tenho a certeza que se estivesse na natureza não teria tido uma vida tão longa... afinal de contas esteve quase um mês no seio da nossa família...


sexta-feira, 27 de julho de 2012

E lá atirei o coração para trás das costas...

Hoje à tarde fomos passear a Belém mas antes de sair de casa a madame Rafaela teve que se produzir como de costume. Lá foi ela de crachá da Bela ao peito e gloss das Winx ao pescoço, tudo muito cor de rosa e cheio de brilhantes como ela gosta. Passeámos e aproveitámos para comer um gelado no CCB. Gosto imenso da tranquilidade do Jardim das Oliveiras, em pleno CCB, de caras para o Tejo com a sua relva verde e fresquinha onde estendemos uma toalha e ficamos na brincadeira. Mas hoje a brincadeira teve direito a banho... e que banho!! :-))

Assim que chegámos arrependi-me. Percebi que ia ter que deitar o coração para trás das costas (coisa bastante difícil para mim que vivo preocupada com tudo!) porque os repuxos estavam a funcionar e havia imensas crianças a brincar por lá... todas ensopadas dos pés à cabeça. 

"Mas tu não vais Rafaela! Vais ficar encharcada! depois secas a roupa no corpo e ficas doente... para a semana entramos de férias e tu não queres ficar doente pois não? Para além disso, o chão está todo molhado, podes escorregar e partir a cabeça!"

"Ohhhhh mamã, tu és tão chata!! os meninos estão todos ali a brincar e tu não me deixas ir! só eu é que não posso ir!! aquilo é tão divertido e eu quero refrescar-me"

"Ahh pois, agora a mamã é chata... eu sou chata porque gosto de ti meu anjo. Sei que aquilo é super divertido mas sei que podes ficar doente e a mamã não quer. Ainda te lembras da história do menino Diogo que te contei no outro dia? o menino andou a brincar na chuva e depois adoeceu"

"Ohhhhh mamã, vá lá!!"

Enfim, acabei por ceder. Venceu-me por cansaço. Tive que atirar o coração para trás das costas enquanto ela corria, pulava e dançava de repuxo em repuxo completamente doida de alegria. Aquilo é o máximo para a pequenada, não há criança que não goste de chapinhar... mas se vissem o estado em que ela ficou!!! COMPLETAMENTE ensopada de alto a baixo. E para se vir embora??? passei-me!!!!! veio num pranto toda encharcada atrás de mim com os pés a fazer xloc xloc dentro das sandálias. Foi chegar a casa e banho. Vamos lá ver se esta brincadeira não resulta numa valente constipação... se a mamã é chata é porque está sempre a pensar no bem da pequena cria... já a minha mãe dizia o mesmo ;-)


Também podem seguir o blog AngelLuzinha no facebook AQUI 

Todas querem ter sangue azul!

Esta fase das princesas é uma delicia e quem tem filhas sabe bem o que eu estou a dizer :-)
Longos vestidos cor de rosa e brilhantes, cabelos compridos, coroas e tiaras, sapatos altos e vistosos, palácios e castelos, carruagens puxadas por cavalinhos brancos, fios, pulseiras e purpurinas... enfim, um mundo de magia e beleza sem fim que as fascina logo nos primeiros anos de vida.

Por isso mesmo, hoje de manhã, antes de ir para a escola, saiu-se com esta:

"Mamã eu sou uma princesa a sério??"

"Não meu anjo, tu não és uma princesa a sério mas para mim e para o papá és a nossa princesa, percebes?"

"Ahhhh está bem. Então quando eu for grande quero ser uma princesa a sério, pode ser?"

Eu desatei a rir e respondi-lhe "Bem, isso só pode acontecer se casares com um príncipe"

Ela olhou para mim muito séria e não disse nada porque por enquanto ela só quer casar com a mamã e nunca quer sair desta casa.... já percebeu que as pessoas grandes casam e vão às suas vidas e isso faz-lhe imensa confusão. Fica sempre muito zangada a resmungar "mas eu nunca vou sair desta casa! quero viver sempre com a minha mamã e com o meu papá e vou gostar sempre dos meus brinquedos"

E pronto é assim... daqui a uns bons anos a conversa será outra... todos achamos que nunca vamos sair debaixo da asa dos nossos pais mas depois chega uma altura em que tudo muda e a nossa independência faz-se ouvir... é a vida. Por mim ela ficaria aninhada para sempre na mamã galinha... mas sei que isso não é possível, por isso, enquanto é pequenita, é a ela que me dedico e só frequenta a escola da parte da manhã porque faço questão de ser uma mãe muito presente. Foi por ela e por nós que mudei o meu rumo profissional e foi o melhor que fiz na vida.

E por falar nisso vou-me despachar porque são quase 14h00... está na hora da ir buscar ;-) 


Também podem seguir o blog AngelLuzinha no facebook AQUI

A tristeza da Rafaela

Ontem a minha querida filha chegou muito triste da escola. Assim que a vi percebi que algo de estranho se passava porque não veio a correr para os meus braços com o sorriso doce e marato do costume. Vinha muito triste com uma folha na mão.

"Então meu anjo, que carinha é essa? passa-se alguma coisa? estás triste? o que é que te aconteceu?"

Levantou a mão, olhou para mim com uma carinha super triste (de partir o coração aqui da mamã!) e mostrou-me uma folha com uns desenhos e um buraco.

"Olha o que eu fiz mamã... eu estava a desenhar um cavalinho, fiz as patinhas e depois enganei-me e fiz a cabeça muito em baixo... por isso pus cuspo no dedo e fiz assim e o papel ficou rompido. Tu não te zangas comigo mamã?"

Eu fiz um esforço para não me rir e consolei-a. "Ohhhh minha querida, a mamã não se zanga porque tu não fizeste isso por mal. São coisas que acontecem às crianças! eu quando era pequenina também fiz buracos nas folhas mas depois percebi que o papel não se pode molhar porque fica mole e rompe-se".

"Pois, eu estava a pintar com lápis de cor mas a borracha não apaga os lápis de cor por isso pus cuspo no dedo e fiz assim e fiz um buiaco"

"Vá, não fiques triste. Não tem importância meu anjo. Agora para a próxima já sabes que isso não se faz porque o papel fica cheio de buracos".

"Está bem mamãzinha. Mas eu não quero deitar o desenho para o lixo. É para ti mamã!"

E foi assim, mais uma cena deliciosa.... santa inocência.... my love, my light, my life 


Também podem seguir o blog AngelLuzinha no facebook AQUI

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Made in Portugal: Thingies, Sewed for Amazing People


Mais uma quinta feira, mais um Made in Portugal aqui no meu cantinho cor de rosa. Infelizmente só agora o consigo colocar online porque tive um dia hiper preenchido e, para ajudar, o blogger resolveu bloquear porque aqui a mamã excedeu o limite de armazenamento de fotos... é o que dá ter um mega arquivo fotográfico online... enfim... mas já está tudo resolvido. Vamos então à entrevista com a simpática e talentosa Vanda Caldeira que fez muito bem em contactar-me para dar a conhecer a sua Thingies, uma marca que me despertou a atenção pelo design e padrões escolhidos. Gostei particularmente das malas e das clutches que são gírissimas e super trendy ;-)

Como e quando surgiu a Thingies?
Sempre me considerei uma pessoa criativa, com jeito para as artes manuais (quem me conhece, sabe disso), mas confesso que até há coisa de 5 anos, a costura estava longe de fazer parte dos meus  planos. A minha mãe é costureira profissional e durante quase toda a minha vida vivi rodeada de tecidos, agulhas, linhas e botões. Quando era pequena, a minha mãe ensinou-me a coser à mão e eu fazia roupas para as minhas bonecas mas estava proibida de mexer na máquina de costura porque sempre que lhe tocava, como que por magia, ficava logo encravada!
Um dia, muitos anos depois, em 2007, a navegar pela internet, comecei a descobrir coisas lindas, feitas em tecido e pensei para com os meus botões "tu também consegues fazer coisas destas, assim bonitas" e foi assim que resolvi comprar a minha primeira máquina de costura. Estava toda entusiasmada e o meu primeiro projeto foi uma coisa super simples: um forro para o cesto das batatas. Comprei um tecido bonito, medi o cesto e pus mãos à obra. Não ficou perfeito, mas foi um começo. 
Fui reunindo uma série de projetos que gostaria de fazer (a minha to do list não tem fim!) mas a vida profissional e doméstica (inicialmente) e um filhote lindo mais tarde impediram o recomeço da aventura.
Só em 2010, depois de emigrar para os EUA e necessitada de algo que me fizesse mudar a rotina de ser mãe a tempo inteiro há quase 2 anos, comprei um livro da Tone Finnange (criadora das bonecas Tilda) e recomecei a aventura.
A primeira coisa que fiz foram uns cupcakes em tecido. Tenho uma amiga que, na altura, se estava a lançar no negócio dos cupcakes e eu achei giro fazer uns para lhe oferecer. Ela adorou e quis logo ficar com eles. Entretanto, fiz uns bonequinhos para crianças (um pássaro, umas maçãs, um urso, um caracol) e aí, um primo do meu marido, que é designer, desafiou-me para levar a coisa mais além, a divulgar e vender. Na altura nem tinha sequer pensado num nome e ele rapidamente se encarregou disso.

E porque é que escolheu o nome Thingies?
Esta resposta é um seguimento da resposta anterior. O João Nascimento, que é um excelente designer e criativo, desafiou-me para ir mais além e, na falta de nome e/ou logotipo, ofereceu-se para tratar disso. E foi assim que, numa noite, nasceu a Thingies Sewed For Amazing People. A proposta dele foi amor à primeira vista. Thingies era o que eu fazia! Pequenas coisas, fofinhas, com cores lindas e padrões ainda mais bonitos para pessoas extraordinárias. "Está feito!" disse eu e, algumas horas mais tarde, já tinha criado o blog e a página do Facebook.
Hoje em dia a Thingies, para além de um nome e um logotipo, é uma verdadeira identidade. É muito bom saber que há pessoas que olham para uma peça e a identificam como uma Thingies. 

Um nome inglês visa uma futura internacionalização da marca?
Estamos num mundo cada vez mais global e um nome inglês pode tornar a visibilidade maior. Para além disso, não nos podemos esquecer que a Thingies nasceu nos EUA, embora tenha genes bem portugueses. 

As vendas são feitas apenas online ou tem algum espaço físico que comercialize a Thingies?
As vendas são feitas online, através da página do facebook. Recentemente juntei-me à comunidade de artesãos que vende os seus trabalhos online na Etsy e criei a loja Sewn Thingies.

Qual é a peça mais procurada pelas suas clientes?
As malas reversíveis tiveram um grande sucesso. Acho que foram elas as grandes responsáveis pelo crescimento ocorrido durante o ano de 2011. Hoje em dia as clutches também são muito procuradas, julgo que pela combinação de cores, muitas vezes arrojada que gosto de fazer, bem como pelos padrões que uso.

Se o génio da lâmpada lhe concedesse três desejos, quais seriam?
Para além de saúde, paz e amor, como é normal, gostaria de um dia ter a oportunidade de abrir um atelier, onde pudesse mostrar e fazer o que gosto, bem como ensinar quem quisesse aprender. Depois, mais tempo e disponibilidade, porque dedicação não falta e, por conseguinte, ter muitas encomendas e sucesso.

Que mensagem gostaria de deixar às leitoras da AngelLuzinha?
Que, caso não conheçam a Thingies, façam uma visita ainda que virtual, que continuem a apostar na qualidade do que é português e que valorizem o trabalho manual. Há por aqui muito talento que ainda não viu a luz do dia. Para finalizar, quero agradecer a amabilidade e disponibilidade da Paula em mostrar e divulgar tantos talentos nacionais no AngelLuzinha.

E assim termina a conversa com a Vanda Caldeira a quem desejo as maiores felicidades a nível pessoal e profissional porque bem merece. Para conhecerem pormenorizadamente o seu fantástico trabalho, basta espreitarem ao blog da Thingies aqui ou à página no facebook aqui. Aproveitem para fazer um GOSTO porque o que é nacional é bom e recomenda-se. Eu já fiz ;-)
























E porque hoje se comemora o Dia dos Avós...

Não posso deixar de vos recomendar a leitura do livro "Avós Precisam-se" da autoria da jornalista e escritora Gabriela Oliveira do qual já vos falei aqui


A mala-toalha, um must have para este verão!

Não resisto a partilhar com as minhas queridas leitoras esta novidade que os meus olhinhos acabaram de ver. Porque o Verão quer praia, piscina, repouso, leitura, mergulhos e passeios, a In4Kids desenvolveu a mala-toalha com bolsa para levar a água, o protetor solar, o livro e as tralhas que nós mulheres não conseguimos dispensar. Uma mala-toalha para lá de gira que pode ser particularmente útil para quem tem crianças e gosta de se sentar na relva ou em qualquer outro lado no mimo e na brincadeira. Um must have para este verão (PVP 25€) 


Pensamento do dia


quarta-feira, 25 de julho de 2012

La Redoute a pensar no frio

NÃO, eu não estou a chamar pelo inverno, nem pensar!
Mas a verdade é que enquanto nós saboreamos o verão, já as marcas andam de botas e gola alta de volta das suas maravilhosas coleções outono/inverno que nos alegram os olhinhos e nos fazem esquecer a tristeza dos dias cinzentos da próxima estação.

Estes dois modelos são da nova coleção da La Redoute onde os tons em destaque serão os grenás, verdes, azuis e tons pastel. Muito conforto e aconchego para as nossas queridas e adoradas Luzinhas 



As sandálias novas e a t-shirt desprezada

Hoje lá foi a Luzinha toda vaidosa a caminho da escola com as sandálias Bibi que lhe comprei ontem. Foram um verdadeiro achado, novas em folha com etiqueta e tudo na Kid to Kid onde se fazem grandes compras a preços únicos. É a primeira vez que tem uma sandálias totalmente abertas à frente por isso já lhe recomendei mil vezes para ter juízo sob pena de arrancar as unhas ou partir um dedo... eu sei lá!... daquela cabecinha marota tudo é possível.

"Nada de andares a trepar pelas coisas ouviste?? tem juízo! já basta as nódoas negras que tens nas pernas e o galo roxo que tens na testa! com os dedos de fora tens que ter mais cuidado, está a ouvir?"

"Sim mamãzinha, não te preocupes, eu tenho cuidado! Adoro as minhas sandálias cor de rosa são lindas, são mesmo fofinhas mamã!"

E lá foi ela feliz da vida com a princesa Bela (hoje a Lacinhos ficou a descansar) debaixo do braço e um look muito verão porque a manhã será passada a piscinar com os colegas. Mas nem imaginam a tourada que foi para se vestir!!... os calções ainda os engoliu porque são cor de rosa mas para vestir a t-shirt foi um horror!!... não queria porque é feia, porque não e porque não... queria um vestido todo cerimonial  do género "vou ali a um baptizado e já venho". Ai ai.... santa paciência!... comprei-lhe esta t-shirt no inicio da estação mas ela nem a pode ver à frente.... hoje lá a estreou mas a muito custo... eu gosto imenso dela, tem um corte invulgar e muito fashion ;-)



T-shirt (desprezada e odiada): Zippy / Calções: Chicco / Sandálias: Bibi

E o balão golfinho fêmea?

Continua feliz da vida a flutuar pelo pais dos brinquedos! Aqui está ele, ou melhor, aqui está ela junto ao tecto a piscar-me o olho ;-)


Também podem seguir a AngelLuzinha no facebook AQUI

Passatempo Princess Pea... e os vencedores são...

Antes de mais, quero agradecer aos 142 participantes envolvidos neste passatempo. MUITO OBRIGADA a todos!.... quem não ganhou não fique triste porque muito em breve vou ter mais um passatempo aqui no meu cantinho cor de rosa em parceria com outra grande marca portuguesa porque o que é nacional é bom e recomenda-se.... e só não tem hipótese de ganhar quem não participa.

Entretanto, o random.org já ditou o nome das duas sortudas que vão ficar com os vouchers de 25€ da Princess Pea válidos até ao final deste ano em compras online.

PARABÉNS Marisa Vinagre (result 1) e PARABÉNS Sandra Esteves (result 28).

Peço-vos que guardem este post porque serve de voucher e comprovativo junto da Princess Pea. 

Boas compras! ;-)


terça-feira, 24 de julho de 2012

Adorou a Lacinhos!

Pois é, ontem lá fomos as duas a caminho da Laços & Laçarotes para irmos buscar a bonequinha que tínhamos encomendado. Ficou um amor! a Rafaela delirou com a nova amiguinha. Muito gosta a minha pequena cria de bonecas! é impressionante a forma carinhosa com que fala e brinca com elas. Dormiu a sesta com a sua Lacinhos, rodopiou com ela pelo jardim, jantou e tomou banho sem a perder de vista, adormeceram abraçadinhas e hoje de manhã levou-a para a escola para lhe fazer companhia porque no verão é permitido levar um brinquedo todos os dias.

Agora enquanto for novidade não a larga. E é assim, mais uma residente para o seu país dos brinquedos que não pára de crescer porque mãe e filha são umas perdidas por bonecada. É tão bom ter uma criança em casa, a vida tem mesmo outro sabor 




Túnica: Agatha Ruiz de la Prada / Calções: Zippy / Sandálias: Coutinho