sábado, 11 de maio de 2013

As minhas costas, o raspanete e o aniversário da avó

Segunda feira vou tratar de mim, vou mesmo! ando com uma dor nas costas que começa a não se aguentar e o melhor é não esticar a corda porque depois é que são elas... a verdade é que estou a precisar de férias e descanso... mas férias à séria sem computador, sem câmara, sem adereços tecnológicos, sem horários, sem deadlines, sem blog, sem nada... desligar-me do mundo e esvoaçar como uma borboleta ao sabor dos prazeres da vida. Eu e os meus amores, algures num destino tropical... isso é que era!

Segunda feira vou ao médico e ponto final. Há semanas que ando a adiar a consulta (nem parece meu! sempre tão preocupada com a saúde!) porque são muitas as sessões fotográficas que tenho para editar e enviar às clientes, são muitos os mails e solicitações, são muitos os passatempos que tenho agendados para este mês e são tantas as coisas para tratar... a verdade é que começo a ter a sensação de não saber para onde me virar mas ontem, depois de ligar à minha mãe e ouvir um raspanete, fez-se luz na minha cabeça e segunda às 10h00 da manhã lá estarei à porta do senhor doutor. Sim, nada como ouvir da boca da nossa mãe certas coisas... eu sempre tão cuidadosa com a saúde e a deixar-me andar assim por falta de tempo... não pode ser!.... obrigada mãe pelas palavras... estás cheia de razão ;-)

Entretanto, tenho aproveitado o fim de semana para descansar (dentro dos possíveis!) e estabelecer prioridades para não me sentir atropelada pelos meus próprios neurónios que passam a vida a inventar sempre mais alguma coisa... há quem se queixe de falta de ideias e eu queixo-me do contrário! tenho ideias a mais e tempo a menos para concretizar estas avalanches de pensamentos.

A modos que foi um sábado a dar para o tranquilo e marcado pelo aniversário da minha sogra, uma mulher de fibra que tem conseguido superar todas as adversidades através de uma enorme força de viver. O coração pregou-lhe uma valente partida quando eu estava grávida da Rafaela... todos tememos o pior... foi mau, muito mau mas felizmente tem conseguido dar a volta e hoje até preparou um belo lanche ajantarado para todos nós. Fez tudo sozinha. É teimosa (muito teimosa!) mas é graças a essa teimosia que tem recuperado dia após dia.

E que feliz ia a Rafaela com o saco da prenda debaixo do braço. Preparada para uma tarde em família onde não faltaram as brincadeiras e os arrufos com os primos. Ahhh pois! quando se vêem é só beijos e abraços mas passado um momentos já andam a discutir porque um fez isto e o outro aquilo... o costume ;-)






Rafaela: Túnica Neck & Neck / leggings Blue Kids / sandálias Sapatarias Coutinho

1 comentário:

  1. Parabéns à aniversariante.
    Rafaela, os primos (quando novinhos) servem para brigar mesmo, eheh, senão a nossa vida não seria a mesma.
    Beijinhos e bom domingo

    ResponderEliminar