sexta-feira, 28 de junho de 2013

Fotos com alma: Prazeres partilhados por mãe e filha

Nos dias que correm ninguém se pode dar ao luxo de recusar trabalho mas também não podemos ir atrás de propostas indecentes onde nos exigem um trabalho cinco estrelas com deadlines para ontem em troco de muito pouco, uma espécie de "pagar para trabalhar". Ora eu, não sendo rica, tenho que gerir de forma inteligente (como o comum dos mortais) as propostas que recebo tendo em conta o tempo que tenho disponível para as concretizar. Não gosto de trabalhar de empreitada, gosto de colocar a minha alma em tudo o que faço e sou incapaz de aceitar um trabalho quando sei que não vou ter tempo para o fazer como deve ser. Cada cliente merece o meu maior respeito e atenção pois sei que um cliente satisfeito vale por mil.

Para além disso, quando me tornei free lancer (já lá vão 3 anos e meio) foi com o objectivo de ter tempo de qualidade e em quantidade para estar com a minha filha (ainda para mais não tendo avós por perto que me possam ajudar). É neste amor infinito que bebo a minha energia e a minha inspiração. Sou viciada na sua companhia e se voltasse a trabalhar por conta de outrem de sol a sol (como fazia antes dela nascer...quem já trabalhou em agências de publicidade/comunicação e revistas sabe do que estou a falar!), se passasse o dia inteiro longe dela, se só a fosse buscar à escola ao fim do dia... a minha alma começaria a murchar... o meu brilho e a minha inspiração não seriam os mesmos e isso iria reflectir-se no meu trabalho e desempenho. Sendo free lancer não tenho o conforto de um ordenado garantido ao fim do mês (ahhh pois! nem tudo são rosas!) mas sou dona do meu tempo e isso traduz-se em qualidade de vida... prefiro isto a ter muitos euros na conta e não ter tempo nem disposição mental para usufruir deles... o meu espírito poético é assim...

Contudo, tal como todas as pessoas, há trabalhos que me dão maior prazer do que outros. Ultimamente tenho fotografado de tudo um pouco (felizmente!) mas o que eu gosto mesmo de fotografar são crianças. São os seres mais genuínos à face da terra. São o maior desafio que um fotografo pode ter! não param sossegadas, não fazem aquilo que lhes pedimos, são imprevisíveis e espectaculares. Adoro fotografar o brilho do olhar e os seus rostos em grande plano enquanto andam distraídas (é a melhor técnica para fotografar os pequenotes! se começamos com imposições aborrecem-se num instante, desatam a chorar ou a fazer trombinhas e já não se consegue fazer nada deles!). 

E no meio disto tudo, escusado será dizer que fotografar a minha criança é a coisa que faço com maior satisfação. Quando era mais pequenina não gostava e fartava-se de refilar mas agora tomou-lhe o gosto e passa a vida a pedir-me para fotografar isto e aquilo (às vezes eu já nem estou para aí virada mas ela continua a insistir que eu fotografe só mais um boneco, uma formiga ou uma flor!)... e adora andar com o meu telemóvel a tirar fotos a tudo e mais alguma coisa... quando a ouço muito calada já sei que foi à minha mala buscar o dito cujo e anda pela casa a tirar fotos.... adora fotografar o ecrã da televisão enquanto está a ver os bonecos preferidos... e quando não lho empresto ouço-a lamentar-se "ohhh mamã, isto dava uma bela foto!" e vá de fazer click com os dedinhos em frente à cara para matar este vício que também já se apoderou dela... "assim nunca me vou esquecer destes bonecos! quando for grande posso ver as fotografias que lhes tirei!". E já tenho aqui uma série de DVDs gravados só com as fotos que ela tem tirado com o pobre do telemóvel que não tarda dá o berro.

Daqui a uns anos, compro-lhe uma máquina a sério (ela bem olha para a Nikon da mamã mas nem pensar! aquelas mãozinhas não estão autorizadas a tocar-lhe!)... mas acho um piadão... um gosto partilhado por mãe e filha... momentos tão nossos que vamos adorar recordar anos mais tarde... momentos eternizados ao som dos clicks 










Rafaela: Macacão Little Vintage Bazaar / colar de contas Amor às Cores / mala Zippy / sandálias Sapatarias Coutinho / Boneca Funny Shops 

O passatempo Chicco termina hoje à meia noite. Para participar é aqui

Angel♥Luzinha Fotografia
Fotografo crianças, famílias, moda infantil, eventos e negócios (ateliers, lojas, artigos)
Ver serviços, preços e contactos aqui


AngelLuzinha no facebook aqui

5 comentários:

  1. Que giro, este post fez-me lembrar uma sessão fotográfica onde fui com a minha filha (especial dia da mãe) queria ficar com uma recordação e toca de ir para a fila (enorme) com a piolhinha, a sessão era oferta da revista "dada" uma vez que coincidia com a comemoração do aniversário da mesma pelo que as fotos eram num local fixo atrás dumas letras que diziam "dada" (o nome da revista). Estava tudo a correr lindamente quando chegou a nossa vez assim que me sentei a minha "princesa Juju" desatou a chorar e eu disse ao fotógrafo: "Pronto, olhe, obrigadinha na mesma mas ela não está para aí virada..." ele não desistiu, disse-me para ir dar uma volta com ela que nos ia apanhar de longe sem ela dar por isso e não é que essa foto deu origem à capa da dita revista (link abaixo)! Fiquei tão contente com esta recordação para mais tarde mostrar à minha princesa, tudo graças à persistência do fotógrafo por isso admiro muito a vossa capacidade.
    Adoro ver as fotos que tira à sua menina que tem um ar super simpático e reguila :-) continue a partilhar conosco esses belos momentos.
    Bjs
    http://princesajuju2010.blogspot.pt/#!/2013/06/revista-dada.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhhh tão querida ao colo da mamã! adorei ver! tem um ar tão doce e meiguinho ♥
      Tem que ser assim ;-) muita paciência... o momento certo aparece quando menos de espera ;-)
      beijinho grande e obrigada por esta partilha que adorei ler (e ver!)

      Eliminar
    2. Obrigada! Eu já era vaidosa com a minha princesa agora capa de revista então ninguém me cala lol
      Ah e a minha camisola foi feita à mão por mim :-)
      Foi mesmo uma foto na muche!
      Bjs
      (Dora Barros)

      Eliminar