sábado, 27 de julho de 2013

Um bom programa para os fins de semana

Ora aqui está um convite que nos proporcionou uma tarde de sábado diferente e divertida em plena horta da Quinta da Regaleira em Sintra, onde está a decorrer (até ao dia 29 de setembro) a peça de teatro "Humor & Húmus". Um convite que veio mesmo a calhar, sobretudo nesta altura em que andamos em busca de programas sem água porque a peixinha reguila tem que se manter em terra até tirar os pontos (e depois, toca de redobrar os cuidados com o sol por causa da cicatrização). A modos que lá fomos os três a caminho de Sintra onde apetece ficar toda a tarde a fotografar e a contemplar cada recanto. Sou apaixonada por esta vila! Ali encontro uma luz e uma sensação de calmaria (para além de toda a beleza arquitetónica) que me deslumbra completamente. 

Durante o decorrer da peça andámos literalmente pelo meio das couves e alfaces pois é na horta que decorre esta acção que prima pela forma lúdica e eficaz com que transmite uma mensagem positiva de como podemos conviver melhor com a Natureza e manter viva a estreita e importante ligação entre o Homem e a Natureza, entre os mundos urbano e rural, entre a cozinha e a horta e entre a saúde e a comida. É na horta que conhecemos a super urbana Barata (tonta!), o temível e sábio Espantalho, a tímida e esfomeada Minhoca, a bela Joaninha e o respeitável Hortelão que mantém todos em ordem e sintonia. A peça dura aproximadamente 60 minutos e ficamos a perceber exactamente as diferenças entre agricultura convencional e agricultura biológica, assim como a importância de cada elemento (ar, água, terra e fogo) no milagre da vida.

Uma peça que recomendo vivamente às crianças em idade escolar (1º ciclo) pelo conteúdo e diálogos, já que os mais pequenitos acabam por se perder no discurso, como é o caso da Rafaela que estava super atenta mas assim que avistou o gato da Quinta já não quis saber de mais nada. Ela e os bichos, uma paixão inexplicável! E quando se trata de gatos é o delírio total! São os seus animais preferidos e entendem-se na perfeição. Uma das senhoras da organização ainda o tentou levar para longe mas sem sucesso. O bichano acabava sempre por regressar e aninhava-se junto da Rafaela lançando um grande "Miauuuu" a quem o tentasse enxotar. Começo a acreditar que ela é realmente a Fada dos Animais porque a bicharada não arreda pé assim que a avista.

E foi assim a nossa tarde de sábado. Escusado será dizer que eu e o papá chegámos ao fim do dia com o cérebro feito num oito porque isto de andar constantemente atrás da Rafaela a dizer "Vai com calma! Não andes a correr! Olha o queixo no lavatório! Cuidado com os pulos! Olha para a frente e vê onde pões os pés! Não te sentes à ponta da cadeira, olha que cais outra vez! Não subas as escadas a correr! Cala-te um bocadinho se faz favor e toma atenção ao caminho"..... CANSA!.... se CANSA!.... aqui andamos os dois com mil olhos com receio que ela vá ao chão (porque de sossegada não tem mesmo nada!) e rebente com os pontos... enfim, vocês sabem como é... que todos os males sejam sempre um queixo partido quase até ao osso, muito sangue e cinco pontos... são coisas que fazem parte da infância.... que Deus nos livre de males piores mas que tudo isto me tem causado um grande stress, lá isso tem...






























Rafaela: Chapéu Maria Concha / bolero Cóndor / túnica Benetton / Calções H&M / colar Fashion Tróia by Terços da Lupinha

Angel♥Luzinha Fotografia
Fotografo crianças, famílias, moda infantil, eventos e negócios (ateliers, lojas, artigos)
Ver serviços, preços e contactos aqui


AngelLuzinha no facebook aqui

4 comentários:

  1. que fotos lindas! :)
    Tal mãe, tal filha... lindíssimas!

    http://ourbittersweetaddiction.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. O Meu sobrinho ia adorar conhecer.
    Qual a morada e onde fica? Não conheço bem Sintra.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito fácil Sandra! assim que chega ao centro de Sintra vê logo umas placas a indicar a Quinta da Regaleira. Está no centro, segue as indicações e avista logo a Quinta à sua esquerda (é na mesma estrada que vai para o Palácio de Seteais. Chegando a Sintra é muito simples, não tem nada que enganar ;-)

      Eliminar