domingo, 17 de novembro de 2013

Sábados Selvagens

O Jardim Zoológico fez-nos um convite irrecusável e no sábado, às 10h00 da manhã com o termómetro a marcar 12 graus (o frio chegou a valer!), lá estávamos nós no local combinado para participar nos Sábados Selvagens. Visitámos os bastidores e descobrimos o processo diário de tratamento e alimentação de alguns animais. O Zoo lançou este programa especial para as famílias que quiserem ficar a conhecer um pouco mais do fantástico reino da bicharada. Vejam aqui todos os detalhes.

Eu adorei e a Fada dos Animais delirou! Delirou com os animais e com a Conchinha! A Rafaela adora crianças pequenas, adora andar com elas ao colo, dar-lhes de comer e ser uma espécie de segunda mãe. A verdade é que acaba por se tornar chata pois os mais pequenitos não gostam de se sentir presos e começam a refilar. Se tivesse uma mana ia ser a típica mana galinha que nunca desgruda. Estou mesmo a ver o filme! Iam dar comigo em doida em três tempos! A Rafaela achou por bem armar-se em mãe protectora da Conchinha e a pequerrucha retribuiu com empurrões e puxões de cabelos porque queria andar por ali livremente enquanto comia as bolachas à sua maneira (sem colos, mimos e festinhas na cabeça). Se uma é teimosa a outra não lhe fica atrás, uma provoca e a outra continua a insistir. Enfim, já se pode imaginar a cena :-)


A seguir fomos ajudar a preparar o pequeno almoço dos Lémures e ficámos a saber que o Zoo estimula os hábitos naturais dos animais para que um dia, caso tenham que voltar ao habitat natural, não se sintam perdidos e desajustados. Os tratadores não se limitam a colocar a comida em recipientes. No caso dos Lémures, por exemplo, a comida é colocada nestas barras de madeira com a ajuda de uma papa para que usem as patinhas para raspar e agarrar (como fazem na selva).


Depois da comida devidamente preparada, cada uma de nós transportou estas barras e recipientes para juntos dos Lémures. O tratador pediu-nos que não lhes tentássemos mexer porque, apesar de terem este ar fofinho, também têm dentes e unhas afiadas. A verdade é que foram todos super queridos e hospitaleiros e nem fizeram cerimónia em vir comer à nossa mão ;-)


A Rafaela era capaz de passar horas nisto! Entende-se às mil e uma maravilhas com todo o tipo de bicharada... as Fadas são assim... um amor de se ver e ouvir 


A seguir rumámos ao mundo das aves e não quisemos perder a oportunidade de ter estas duas araras ao ombro. A Fada adorou mas eu não achei piada nenhuma! Nem me mexi! Aquele bico enorme ao pé dos meus olhos fez-me imensa confusão :-/


Que raio é isto, perguntam vocês? É o amigo Tatu ao colo da Rafaela! De todos os bichos que viu, este foi o seu eleito ;-)


E o meu???? Eu morri de amores por esta criatura minúscula e fofa, fofa, fofa! Sempre tive uma paixão secreta por mochos e corujas mas esta é qualquer coisa de adorável. É adulta mas é minuscula! Não cresce mais e cabe na palma de uma mão. Fiquei com uma vontade enorme de lhe dar colo e de a encher de beijinhos mas a tratadora não foi na minha conversa. Fica a fotografia para recordar... querido Pai Natal, quero um bicharoco destes no meu sapatinho, quero, quero, quero!


No fim da visita não me escapei do teleférico. É paragem obrigatória sempre que vamos ao Zoo. Não morro de amores pelas alturas mas a pequena aventureira adora andar bem lá no alto... e o que é que uma mãe não faz por uma filha? ;-)


Rafaela: Canadiana Benetton / Casaco e calças Zippy (nova coleção)

AngelLuzinha Fotografia
Trabalhos realizados no local selecionado pelo cliente ou em estúdio
Fotografo crianças, famílias, moda infantil, eventos e negócios (ateliers, lojas, artigos).
Ver portfólio, serviços, preços e contactos aqui

AngelLuzinha no facebook aqui

1 comentário: