sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Porque há coisas que não têm preço...

São 9h30 da manhã mas lá fora é de noite. Céu negro, chuva e granizo a potes, relâmpagos e trovões em jeito de fúria celestial. Uma Lisboa mergulhada no caos. Mais um dia de inverno para lá de rigoroso. Aqui dentro estamos quentinhas e ainda cheira a torradas. Hoje não foi à escola. Acordou a queixar-se do ouvido e cheira-me que vem lá otite. Andam "bichos" na escola. Tem-se safado mas hoje acordou meia choca e disse-me que não queria ir. É porque não se sente realmente bem pois ela adora a sua Paulinha (a educadora) e as manhãs que passa na escola.. Mas também adora saber que é das poucas crianças que tem a sorte de sair todos os dias às 15h00. A maior parte dos colegas fica lá até às 19h00.

E é nos dias como hoje que me sinto abençoada por ter tido a coragem de ter traçado um novo rumo profissional... por ela e por nós. Poder organizar a minha agenda ao meu ritmo. Poder ficar com ela aqui em casa sem ter que dar satisfações a ninguém. Trabalhar por conta própria não são só rosas (nem pensar! nem pensar!) mas no meu caso os prós são mais do que os contras. Hoje vamos ficar aqui aninhadas. O mau tempo já me obrigou a desmarcar uma sessão fotográfica que ia fazer amanhã com um casal na praia. O tempo não está definitivamente do meu lado... melhores dias virão... não vai ser inverno todo o ano!

Gosto sempre de ver o lado positivo das coisas e hoje só posso sentir-me grata por esta aqui e não lá fora! Por estar com ela e dar-lhe toda a atenção do mundo. À tarde vamos à pediatra ver o "bicho do ouvido". As duas ao nosso ritmo.

A vida é feita de opções e ter a coragem de fazer as nossas pode fazer toda a diferença em prol da nossa qualidade de vida... mesmo que nem tudo seja 100% perfeito porque isso não existe 




Hoje a companheira de brincadeira é a bonequinha handmade by Ladybug's Experience
Aqui está ela de gorro e cachecol sentada numa cadeira que herdou da mamã (sim, esta cadeira fez parte da minha infância! Mais uma relíquia que passou para as mãos da bicharoca fofinha!)

2 comentários:

  1. Estás mesmo de Parabéns.
    Desde que a minha filha nasceu que a minha vontade de criar o meu pequeno negócio (pintar que é o que mais amo fazer), poder trabalhar a partir de casa e passar mais tempo com a filhota é enorme... Mas às vezes não é só o salário que nos prende ás empresas onde trabalhamos... ao menos se conseguisse abrandar o ritmo... És uma grande mãe! Adoro ler-te!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhhh tão querida! Muito mas muito obrigada! Até fiquei babada ♥

      Eliminar