terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Foi assim. Não posso pedir mais ♥

O que é que eu mais gosto de fazer no dia do meu aniversário?
Passear pelo nosso Portugal. Não preciso de luxos nem de destinos caros. O meu desejo é simples. Passear ao ar livre com os meus amores sem pensar em mais nada. Parece algo bastante fácil de concretizar mas não é. O S. Pedro faz questão de me brindar sempre com um tempo para lá de horrivel. Na minha infância, quando vivia no Alentejo, tinha que gramar com chuva ou neve no dia do meu aniversário. Para muitos seria uma prenda maravilhosa mas para mim era um pesadelo. Entre a chuva e a neve venha o diabo e escolha. Detesto ambas! Acordava tudo branco e gelado, uma desolação. A família vibrava mas eu ficava com uma neura do tamanho de uma camião! A chuva irrita-me e a neve entristece-me. Não sei explicar mas é o que sinto.

Devia ter nascido na primavera isso é que era! Contudo, faço parte do grupo das teimosas e se algum dia festejar o meu nascimento fechada em casa é porque estou entrevada ou porque o apocalipse está por perto (lagarto, lagarto!).

O ano passado estivemos três dias por aqui e nem a chuva me impediu de palmilhar tudo a pé. Este ano optámos por ficar nas redondezas. Sintra foi o destino eleito. Já sabem que me perco de amores por esta vila tão portuguesa. Sintra respira história, arte e encantamento. Adoro a arquitetura, a geografia e o verde intenso daquela serra. Ontem chovia a potes quando chegámos. Estava um frio medonho e o nevoeiro cruzava-se com uma luz sublime em jeito de filme gótico. Espetacular!

No verão tínhamos lá estado mas não conseguimos mostrar o Palácio da Pena à Rafaela (os turistas eram mais que muitos e nem havia lugar para estacionar!) mas ontem com aquele tempo só os malucos como nós é que andavam por lá. Tivemos o palácio ao nosso dispor sem filas, correrias e confusões. Perfeito! Lá fora aquele tempo medonho e lá dentro aquele mundo de sonho cheio de requinte e bom gosto. Até me imaginei no salão nobre embrulhada numa manta, a beber um chá com aquela paisagem aos meus pés. Ahhhh e uma boa ligação à net! eh eh eh! Dava um escritório/atelier de sonho! Eu e os meus delírios!







À saída a chuva deu tréguas e ficou um frio de rachar. Nada que um bom casaco e umas camisolas interiores extra não resolvam. Com as caminhadas ficamos quentinhos em três tempos! 

E este verde??? Sublime! São muitos os estragos que as tempestades têm feito à serra (as árvores e os muros caídos são mais que muitos) mas está tudo coberto de um verde intenso e maravilhoso. Some kind of paradise!




No fim o aconchego de um bom petisco num espaço simples e super cosy. Depois de tanto caminhar a fome era mais que muita :-)


Que a saúde, a família, a alegria de viver e a câmera fotográfica nunca me faltem. E já agora um pouco de Sol! Com isto tenho tudo para enfrentar cada dia da melhor forma. Não posso pedir mais 


AngelLuzinha Fotografia
Contactos, serviços e preços aqui


Sem comentários:

Enviar um comentário