segunda-feira, 9 de junho de 2014

Doçura infinita

A Fada dos Animais já não chegou a tempo de salvar este bicharoco... não reagia... foi desta para melhor. Momentos que me ficam na alma. Momentos que registo instantaneamente com o telemóvel na ânsia de os guardar para sempre. Momentos em que me sinto abençoada pela filha maravilhosa que tenho. É dona de um coração do tamanho do mundo. Agarrou-o, fez-lhe festinhas, estendeu a mãozinha na minha direção e disse resignada: "Vá lá mamã, faz-lhe uma festinha para te despedires dele. Diz-lhe adeus. Vou fazer um buraquinho para o enterrar". E assim fez. Fiquei comovida... fiquei mesmo...



AngelLuzinha

Sem comentários:

Enviar um comentário