sábado, 5 de julho de 2014

Quis passar despercebida mas não conseguiu!

Manhã passada a tratar das tarefas domésticas que nunca têm fim numa casa de família. Irra! Há sempre qualquer coisa para fazer! E quando se tem a mania das limpezas e das arrumações (como eu!) o caso agrava-se seriamente. Eu mergulhada nas limpezas, a mais velha sentada na carpete a cortar, pintar e desenhar e a mais nova enroscada na almofada. E o papá? Algures no mar desde as 8 da manhã. Ele e a sua prancha, em busca das melhores ondas. 

À tarde toca de rumar à festa de aniversário da prima Alice que está querida, querida, querida. E agora?Deixamos a Amélie em casa ou vai connosco? Memmm, ela fica apavorada quando vê muita gente... será boa ideia?.... memmm... levamos ou não levamos? Deixámos a decisão a cargo do coração. A raposinha foi connosco. A verdade é que estamos os três completamente apaixonados por ela! A nossa vida agora é feita a 4. Só não a levamos para os locais onde não pode entrar. 

Assim que chegou ficou em pânico. Tanta criança de volta dela! Tanta gente a querer fazer-lhe festinhas! Encolhia-se, tremia, pedia-me colo, parece que lhe ia dar uma coisinha má. Raramente saiu de volta das minhas pernas (tem um adoração por mim que nem calculam!) mas, apesar do medo e da timidez, não conseguiu passar despercebida. O seu charme é incontornável. Não há nada a fazer!

Nunca pensei gostar tanto de um ser de quatro patas! A sério! Estou completamente enfeitiçada 



E agora vou mas é dormir porque amanhã a festa é outra!
Amanhã vou passar o dia a trabalhar e toda a energia é bem vinda. Let's sleep ;-)

AngelLuzinha

Sem comentários:

Enviar um comentário