quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Descansa em paz querida Leonor

Soube da notícia ontem à noite... já não tive cabeça para fazer mais nada. A seguir fui ao quarto e fiquei de coração apertado a olhar para a minha querida Rafaela que dormia que nem um anjinho. Fui passear a Amélie e contemplei o céu à procura de respostas. A seguir fui-me deitar mas levei imenso tempo para adormecer. Não há nada que me perturbe mais do que a morte de uma criança. Fico devastada, revoltada e incrédula. Será que Deus existe mas anda a dormir?... ou será que abandonou definitivamente a espécie humana e deixou cada um de nós entregue à sua sorte? Que espécie de Deus é este que permite que uma criança sofra tanto para depois a levar consigo em vez de a deixar junto dos pais que tudo fizeram para a salvar? Será que Deus precisava de mais um Anjo? Não sei... mas não se leva assim uma vida que ficou com tanto por viver... os filhos jamais deviam partir primeiro que os pais, jamais! É anti-natura, é brutal, é matar uma pessoa por dentro deixando-a viva. 

Sempre tive esperança na recuperação da Nônô. O ano passado até lancei este leilão no blog com o intuito de fazer chegar o caso mais além e dar a minha singela contribuição. Ontem ao ler a notícia nem queria acreditar... não tenho palavras para transmitir aos pais desta princesa que tantos corações conquistou com o seu sorriso e coragem permanentes... não tenho palavras... descansa em paz Princesa Guerreira.. que o teu sorriso continue a brilhar estejas onde estiveres... 


1 comentário: