sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O 1º dia na escola dos grandes!

Há as mães super tranquilas e há as mães tontas (com todas as letras) como eu. Quem me dera ser uma pessoa mais calma e despreocupada. A caminho dos 40 continuo a ser uma espécie de vulcão atómico (isso existe?) sempre em ebulição. Tenho feito de tudo para mudar mas não consigo. Isto para dizer que esta noite mal dormi de preocupação, entusiasmo e sei lá mais o quê! Pai e filha dormiam que nem dois anjinhos e eu de olhos esbugalhados à espera que o despertador tocasse. Às 6 da manhã já estava mais que acordada e sem a mínima pachorra para estar deitada (mas mantive-me silenciosa porque ninguém tem culpa que eu seja uma morcega desorientada dos nervos).

Às 7h30 acordei a Rafaela e o maridão. Tudo decorreu da forma mais tranquila possível. Nada de gritos, birras e choros. Parabéns para mim que fiz um bom trabalho nesta semana de transição! À minha frente tinha uma Rafaela sorridente, bem disposta e cheia de vontade de abraçar esta nova etapa da sua vida. Ela e o pai estavam na boa e eu em stress! Um stress interno misturado com felicidade, entusiasmo e ansiedade... uma vontade enorme de chegar rapidamente à escola para conhecer a professora, ver os horários e ficar a saber tudo.

Chegámos. Pai babado, feliz e tranquilo. Mãe babada, feliz e nervosa. Rafaela radiante a dar os bons dias a toda a gente enquanto abraçava as amigas. Reencontros queridos e cheios de emoção! Que sorte ter ficado com algumas delas na mesma turma! Que sorte continuar a frequentar uma escola (pública) que adora e onde se sente tão à vontade. Falar e fazer amigos é com ela! De tímida não tem mesmo nada!

Entrámos na sala, sentou-se no lugar que lhe foi atribuído e o meu coração começou (finalmente!) a relaxar. Gostei imenso da professora, esclareci as minhas duvidas e ainda me voluntariei (mais uma vez! já fui o ano passado!) para ser a representante dos pais (aquele cargo que ninguém quer assumir porque dá trabalho e chatices). Mas aqui a mamã é masoquista, gosta de estar sempre em cima do acontecimento e gosta de coisas bem feitas, ou seja, vou ter (aiiiiiinda!) mais trabalho mas sei que vai estar tudo em boas mãos porque não durmo em serviço. 

E foi assim... o começo de uma looooonga e desafiante jornada. Mais um passo rumo ao crescimento, mais um corte no cordão umbilical. A bebé deu lugar à menina e a partir daqui os anos vão passar ainda mais rápido. Bendito o dia em que decidi mudar o meu rumo profissional para conseguir ser uma mãe presente. Hoje olho para trás e sei que não perdi um único minuto destes 6 anos maravilhosos. Tenho-a acompanhado da melhor forma, tenho-lhe dado tempo de qualidade e em quantidade e isso faz toda a diferença. A vida é feita de escolhas e eu costumo dizer que, as mais acertadas, são aquelas que são feitas com o coração.

My love, my ligt, my life 





Rafaela: Vestido Zippy / Colar Silver Angel da Terços da Lupinha
Mochila Monsters High (nem podia ser outra! adora!)

AngelLuzinha

Sem comentários:

Enviar um comentário