quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Vamos ter saudades...

Das tardes longas
Dos pés descalços na areia
Dos passeios outdoor até à hora de jantar
De saborear um gelado depois de um mergulho
Dos dias luminosos regados com refresco de groselha
Dos banhos longos após uma tarde de brincadeira
Da descontração que o verão nos proporciona
Das roupas frescas e leves
Da brisa amena que nos envolve o corpo
Do sol que nos ilumina a alma
Do céu azul que nos inspira
E da luz que nos enche de boa disposição.
O inverno ainda nem começou mas a nostalgia já se apoderou de mim. Os dias cinzentos não combinam comigo. Preciso de luz e de contrastes. Sou diurna por natureza. Gosto de contemplar a lua e as estrelas mas a escuridão não me fascina. 

Até a nossa querida Amélie sente falta do verão e das tardes de rambóia. A pobre raposa sofre imenso com o frio e morre de medo da chuva. Passa os dias enroscada no ninho a dormitar. Só fica ativa ao final da tarde quando vamos buscar a Rafaela à escola. Se não chover vamos as três até ao jardim, caso contrário, rumamos até casa. Os dias são cada vez mais pequenos e o corpo pede descanso mais cedo. Este mês muda a hora e a Rafaela já só fala no Natal e no seu aniversário. É o que dá fazer anos no dia 26 de dezembro! É uma animação sem fim! Já me fala na festa, nos convites e nos presentes... já delira com o Pai Natal e com o seu mundo encantado... já imagina a Amélie de volta das bolas e dos embrulhos. Ontem ao deitar, depois de fazermos a oração ao Anjinho da Guarda, saiu-me com esta:

"Sabes mamã, estou desejosa que chegue o Natal! Estou desejosa de fazer anos! Ainda falta muito?"

"Faltam dois meses e alguns dias"

"Dois meses e alguns dias? Isso é muito tempo?"

"São quase 70 dias"

"70 dias?! Mas isso é muito!"

"Não tenhas pressa minha querida, não tarda estamos lá. Mas porque é que tu gostas tanto de fazer anos? Conta lá à mamã!"

"Porque adoro a festa! Adoro reunir ali os avós, os primos e os meus amigos todos! É tão bom ter amigos! Mas olha que eu estou desejosa de fazer anos mas não quero ficar velha, percebes mamã? Podia fazer anos todos os dias mas nunca envelhecia, percebes?

"Ohhhhhhh se percebo! Isso é o que toda a gente queria! Mas não te preocupes meu amor, ainda és muito nova, tens a vida toda pela frente, tens muito tempo para te preocupares com a velhice"

"E tu mamã? Tu nunca vais ficar velha, pois não?"

"Ohh meu anjo, todas as pessoas envelhecem. A mamã também já teve a tua idade. Um dia também vou ser velhota. É assim a vida. Por isso é que temos que comer bem, ter uma vida saudável e fazer desporto para um dia sermos umas velhotas cheias de energia!"

"Então tu nunca vais usar bengala, pois não? Tu és muito saudável!"

"Ohhh Rafaela, não te preocupes com essas coisas! Para andar de bengala não é preciso ser velhota! Basta partir uma perna! Agora dorme e pensa em coisas bonitas porque amanhã é dia de escola e tens que acordar super fresquinha"

É assim a minha filha. Sempre muito preocupada com tudo e com todos. Cresce a olhos vistos. Do alto dos seus 6 anos já demonstra tanta maturidade... mas a pensar nestas coisas é que se faz velha!... por mim podíamos ficar assim (ela com 6 e eu com 38) por loooongos anos... porque o tempo passa depressa demais 







Adora vestidos brancos, compridos e rodados. Este já roda há dois anos. Foi a última peça que comprei na Petit Patapon. Era uma das minhas marcas portuguesas de eleição... fica a saudade!

AngelLuzinha

1 comentário:

  1. Olá Paula!!! Deve ser comum das pessoas que fazem anos em dezembro gostarem de fazer anos, revejo-me na Rafaela. Ainda hoje é assim vou fazer 27 anos em dezembro e já ando a pensar e falar com a minha mãe sobre o assunto, em juntarmo-nos todos, pais,irmãos, cunhados(as), avós e este ano o meu sobrinho e a minha Mariana, estou desejosa de passar este dia com eles. Bjs

    ResponderEliminar