quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Coisas que se ouvem aqui em casa #5

"Mamã, será que o Pai Natal também morre como as pessoas? Se ele morrer não temos presentes, pois não?"

(ohhhhhh santa inocência! tãããããão querida! fiz um esforço para não rir e respondi)

"Não te preocupes Rafaela porque o Pai Natal tem muitos assistentes! Se lhe acontecer alguma coisa os duendes e as renas tratam do assunto."

"E se ele morrer?"

"Se ele morrer, o assistente mais velho passa a ser o novo Pai Natal".

"Ahhhh já percebi mamã! É o que acontece com os reis! Quando o rei morre o filho mais velho fica com o trono."

"É isso mesmo! A isso chama-se sucessão."

"Só tenho pena de nunca o conseguir ver. Só vejo esses Pais Natal que andam nos centros comerciais a enganar as crianças. Eu gostava é de conhecer o verdadeiro, aquele que vive no Polo Norte com as renas. O ano passado ainda consegui ouvir os guizos mas quando descemos as escadas já lá estavam os presentes. Tu também nunca o conseguiste ver mamã?"

"Não minha querida. Ele é super rápido e muito tímido. Não se deixa ver."

"Ele deve ser como a Fada dos Dentes! Deve beber alguma coisa mágica para ficar invisível! Eu também adorava ver a Fada, deve ser tão querida!"

"Querida és tu Rafaela! Quem me dera que fosses pequenina para sempre!"

"Não te preocupes mamã, eu vou ser sempre querida!"

Ela e a magia do Natal! Há dois anos que anda com a pulga atrás da orelha. Cada vez faz perguntas mais complicadas sobre a existência do velhote de barbas brancas... na escola já há colegas que lhe dizem que é tudo treta. Eu acreditei nele até à 4ª classe (outros tempos!). Antigamente era fácil manter a magia porque não havia Pais Natal aos pontapés por todo o lado. Não o víamos a toda a hora nos shoppings, ruas e televisão. Hoje em dia qualquer criança começa a perceber que aqui há gato. De qualquer forma, faço questão de manter a magia até conseguir. Nunca lhe minto mas abro uma exceção para este assunto. No dia 26 de dezembro faz 7 anos e, apesar de parecer uma mulherzinha, ainda é uma criança. 

A noite de Natal  do ano passado foi assim.  Fui rever o post e dei por mim a sentir aquela nostalgia... aquela vontade de parar o tempo... já pedi aos duendes que mantenham a magia por mais tempo porque no próximo também iremos ouvir os guizos 



Estes três malucos são da Imaginarium e ganham vida nos nossos dedos ;-)


AngelLuzinha

Sem comentários:

Enviar um comentário