segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

O que se faz num fim de semana chuvoso...

No sábado dormiu a tarde toda depois da festa de aniversário do amigo Lourenço. Uma festa desportiva que decorreu no Parque Em Forma da Decathlon. Não fazia ideia que ali também se faziam festas de aniversário! Não sabia mas fiquei a saber e gostei imenso do conceito. Só sei que me chegou a casa mega rabugenta e adormeceu em segundos agarrada ao seu óó. Uma sesta mais que merecida para uma miúda que não pára sossegada e detesta acordar cedo. Por isso mesmo, toca a aproveitar as tardes chuvosas para por os sonos em dia!

Desatou a chover no sábado à tarde e só parou no domingo de manhã. Um tempo que não se aguenta e que não combina com crianças cheias de energia. Acordar com vontade de fazer programas destes e dar caras com um tempo miserável, é do pior! Ainda conseguimos dar um giro de bicicleta mas passado uma hora já estávamos em casa. Começou a pingar e bye bye passeio.








E lá tivemos que trocar os trilhos encharcados pelo conforto do tapete do cantinho da brincadeira (é assim que ela chama ao recanto tão querido do seu quarto). Bora lá explorar a mala mágica que a amiga Raquel lhe ofereceu no aniversário! Uma mala que contém 4 livros super giros cheios de bonecas, princesas, fadas e bailarinas. Sim! Do alto dos seus 7 anos ainda continua a vibrar com este mundo cor de rosa ;-)



Digam lá o que disserem mas as bonecas de papel nunca passam de moda... elas adoram e nós também ;-)


Estes sapatos ficam bem com este vestido... e esta mala também!... e agora? escolho este colar ou esta pulseira?... girls will always be girls 



E enquanto nós "trabalhávamos" a Amélie passava pelas brasas. Trocou a casota pela almofada e ali ficou aconchegada na cama de princesa que a dona mais pequenina lhe preparou. Com donas assim não admira que esteja tão mimada! Mimos mais que merecidos porque querida mais querida não há ;-)




A ternura mora aqui! Momentos de ouro que vou adorar recordar com ela daqui a uns anos ;-)

AngelLuzinha

2 comentários:

  1. As fotografias são de sonhar!
    A partilha remete-me para boas, tão boas recordações.
    Me revi e como o tempo voa ... e no fundo nem muito assim muda, revivalismos, fazem-nos ver que a inconstância encerra o constante e que a impermanência é também permanência e há repetição, modas ... e que sem dúvida somos eternas crianças!
    Grata por esta partilha!
    Gratidão!
    Beijinho
    Cláudia

    ResponderEliminar