segunda-feira, 29 de junho de 2015

Monstros reais #4

Nem tenho tido tempo para ver as notícias como deve ser e só hoje é que os meus olhos se depararam com esta barbaridade que ocorreu na semana passada. É por estas e por outras que costumo dizer que quanto mais conheço as pessoas mais gosto dos animais. Já viram isto? Acham normal? O vídeo mostra a "Queima do Gato", uma prática que consiste em colocar um gato no cimo de um poste dentro de um pote de barro, que por sua vez os populares colocam a arder. O fogo vai subindo o poste e acaba por chegar ao pote, que cai no chão e se parte sobre as chamas, deixando o pobre animal a arder. No fim, é ver o bichano em pleno sofrimento a correr e a miar envolto em chamas. Acham normal??? Mas que raio de tradição é esta que se pratica em Mourão, Vila Flor? Ainda vivem na época medieval? Sugiro que façam o mesmo a todos os imbecis que fizeram e assistiram impávidos e serenos a esta barbaridade. Deviam ser todos pendurados num poste e zás! Tudo a arder! Era giro não era? Aposto que iam adorar a experiência! Quem faz uma coisas destas não merece o ar que respira. Como é que alguém, em pleno séc XXI, pode assistir a uma coisa destas como se estivesse a ver fogo de artificio? Como é que alguém pode sentir prazer no sofrimento alheio?

Os animais agem por instinto mas os seres humanos sabem o que fazem. É por isso que somos animais racionais. O ser humano é o único ser vivo que tem a capacidade de se colocar no lugar do outro e refletir. Posto isto pergunto: A gentalha que fez e assistiu a esta tristeza gostava de estar na pele do gato? O que é que sentem quando queimam um dedo no fogão ou no ferro de engomar? Gostam? É divertido? Sentem prazer? Agora imaginem os vossos belos corpinhos a serem devorados pelas chamas em praça pública? Era um espetáculo, não era? Dava vontade de rir, não dava?

Só espero que estes selvagens sejam penalizados e que esta tradição tenha os dias contados porque é uma vergonha nacional. Eu gostava de acreditar que o mundo não está perdido, juro que gostava, mas cada vez que vejo as notícias perco a esperança na humanidade. Um dia o homem vai acabar por se destruir a si mesmo. Não tenho dúvidas. Só espero que eu já cá não esteja quando isso ocorrer. 


Sábias palavras de Albert Einstein...

AngelLuzinha

2 comentários:

  1. Infelizmente também já me cruzei com esta notícia, e não percebo qual o prazer de ver um animal sofrer
    Há pessoas a quem nunca deveria ter sido dado o dom de serem seres humanos
    São a encarnação do Diabo

    ResponderEliminar