terça-feira, 9 de junho de 2015

Eu voto nele! E vocês??

Há dias que ando para dedicar um post a esta campanha que tem feito furor na blogosfera e comunicação social. Não me esqueci de ti querido Américo mas a vida de pessoa às vezes é mais complicada que a vida de cão, acredita! Mas vamos lá às apresentações para que todos possam conhecer a tua candidatura a Presidente do Mundo ;-)

O Américo foi abandonado na União Zoófila em Junho de 2013. Esteve num abrigo da UZ, em Lisboa, mais de 7 meses, até ser adotado pela Diana. Durante o tempo em que esteve na União Zoófila, à espera de um novo dono, por vezes com frio, outras muito calor, com outros cães num espaço pequeno, mas sempre com comida, carinho, água fresca e cama (uns dias mais lavada do que outros), teve muito tempo para pensar. É um cão de aspeto banal, igual a tantos outros que aguardam por uma vida mais sorridente. Enquanto esperava por melhores dias, arquitetou um plano: sair da UZ e candidatar-me à Presidência do Mundo para dar uma lição de valores e de amor incondicional aos Homens e mudar as condições de vida de tantos outros animais abandonados e maltratados por eles. Ouviu as queixas e os lamentos dos mais de 600 cães e gatos ao abrigo da UZ. Preparou as medidas, com muita determinação e convicção. Mas faltava o principal: conseguir sair da União Zoófila e arranjar uma equipa que comunicasse e fizesse a assessoria da sua candidatura. 

Em setembro de 2013 a sorte bateu-me à porta. Uma potencial madrinha, natural do Porto e a viver então em Lisboa, foi à UZ para apadrinhar um cão. Um qualquer, um que precisasse. Mal soube disso, arranjou-se todo para parecer ainda mais bonito e fez o seu melhor sorriso canino, por entre as grades do abrigo. A Diana, ao passar, viu-o e apadrinhou-o.
A partir daí começou a passear com ela aos fins de semana em Monsanto. Sempre a tentar conquistar a Diana para sair da UZ e implementar o seu plano (mas sempre com passos pequeninos porque o Américo não é um vendido e sabe que os laços demoram tempo a serem criados). Em Fevereiro de 2014 a sua madrinha mudou-se para o Porto e não conseguiu deixar para trás o bicharoco. Adotou-o (finalmente), trouxe-o para o Porto e começou a levá-lo para o trabalho dela, numa Agência de Comunicação, a Cª das Soluções. Todo o seu plano estava cada vez mais na iminência de se realizar. E assim foi. Rapidamente percebeu que tinha ali uma oportunidade para ser útil: começou a trabalhar na Cª das Soluções como ‘Desbloqueador de conversas’. Sempre que há algum momento desconfortável, um silêncio mais comprido, lá está ele a cumprir a sua função. Daí a convencer a equipa da Agência a fazer a sua campanha de candidatura a Presidente do Mundo, foi um ápice. Eles conhecem-o e sabem o que vale.

O Américo, ao contrário do resto dos políticos, é justo, leal, fiel e fofinho. Não é da esquerda, direita, ou centro. Não está ligado a nenhum partido ou interesse. O grande Américo é pelos Homens e por todos os Seres Vivos, especialmente pelos seus amigos patudos que esperam em abrigos por dias mais sorridentes, como o da União Zoófila. Por tudo isto, estamos contigo Américo! Já sabes que contas com o voto de todos aqui em casa e que a Amélie fica a suspirar cada vez que te vê a esbanjar charme na televisão! Davas um bom "genro", lá isso davas ;-)

Abracem esta causa contribuindo com donativos ou géneros porque eles comem todos os dias e dependem dos donativos de particulares. O NIB da União Zoófila é: 0033 0000 0058 0204 223 56

Entretanto, podem acompanhar a campanha e o dia-a-dia do Américo aqui no facebook. O bicho tem estado im-pa-rá-vel! 



AngelLuzinha

Sem comentários:

Enviar um comentário