domingo, 15 de maio de 2016

Ela e as hortas... ela e os bichos...

Será que estão bem? Achas que devo dar-lhes mais alface? E se lhes der pimento? Será que não lhes faz mal? E já viste a boquinha deles? Anda cá ver mamã! Agora estão todos em cima da curgete! Olha, agora puseram-se todos em cima do Zézinho e a seguir caíram! E quando é que vamos semear as flores que trouxemos da mata? E as sementes? Achas que aquelas sementes que parecem um peixe balão vão dar origem aquela planta esquisita? Parece aquela planta exótica que estava na imagem que recortei para o trabalho de estudo do meio, não parece? Mas não deve ser, pois não? Elas só nascem nas florestas tropicais, não é?

E é isto. A verdade é que cada um de nós nasce com uma paixão e esta é definitivamente a dela. No fim sobra sempre para mim porque ser mãe de uma Fada também significa ter algo extra para limpar e arrumar... e o meu cérebro entra em piloto automático porque ela fala pelos cotovelos e vira o disco e toca o mesmo.... bichos e plantas.... plantas e bichos... sempre!


E não se cansa de olhar e falar com eles.... e de me chamar cinquenta vezes para ver mais uma acrobacia! 


Na quarta feira, assim que saiu das aulas, embrenhou-se nas ervas e apareceu-me com uma mão cheia de amigos para o Zézinho. O pobre sentia-se muito só mas agora já deve implorar por sossego!

Agora temos um bando de devoradores de alface, melancia, pimento e curgete dentro de uma caixa... até se ouve o barulhinho que estas pequenas lontras fazem a comer (não têm modos nenhuns!)


Aqui está o Zézinho "cada vez mais bonito e gordinho" (palavras dela!)



Ela e o seu mundo. Minha doce Rafaela 


Camisa Zara / Calças La Redoute (nova coleção) / Colar Terços da Lupinha
Headband em crochet Pontinhos

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Sem comentários:

Enviar um comentário