Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe.

Qua | 31.08.16

Back to school: Os livros e as etiquetas mais giras já cá cantam!

Paula Veiga Claro
A maldita rutura de ligamentos tem-me atrasado a vida em todos os aspetos! Assim que chegámos de férias, encomendei os livros na papelaria do costume, comecei a limpar/destralhar o quarto da Rafaela, encomendei o super pack de etiquetas escolares personalizáveis na Stikets Portugal, namorámos mochilas e ainda fomos tirar medidas ao Ikea porque ela vai para o terceiro ano e o seu cantinho do estudo vai levar uma volta. Enfim, tinha tudo tão bem encaminhado e ZÁS!!! Felizmente o pior já lá vai e hoje recomecei a pensar no regresso às aulas porque odeio deixar para amanhã o que posso fazer hoje.

Os livros já cá cantam e as etiquetas personalizáveis da Stikets também. Agora temos etiquetas para tudo e mais alguma coisa! Fiz a encomenda online, escolhi o super pack que custa apenas 24,95€ e contém 96 etiquetas para a roupa pequena, 82 etiquetas autocolantes para objetos (lápis, livros, estojo, etc, etc),  8 etiquetas para calçado, 2 tags para mochilas e 3 pulseiras identificativas. Tudo personalizado ao gosto dela (brancas com um flamingo) com o seu nome e o meu contacto telefónico profissional (mas cada um pode personalizar com os dados, bonecos, cores e tipo de letra que bem entender!).

Fiz a encomenda numa terça e dois dias depois tinha as etiquetas fofinhas cá em casa! Maravilha ;-)











Não vai usar as pulseiras identificativas no pulso porque já sabe o telefone e a morada de cor e salteado deste os cinco anos ( não descansei enquanto não lhe enfiei isso na cabeça, pelas razões óbvias!!!) mas vão dar um jeitão para colocar nas bolsas para a ginástica, malas e malinhas ;-)


E as etiquetas para colocar no interior dos sapatos, ténis e afins?! São ou não são o máximo :-)


As tags para a mochila e lancheira. Simples, giras e resistentes, como se pretende ;-)



Obrigada Stikets Portugal por me terem contactado com o intuito de me dar a conhecer o vosso trabalho. ADOREI, FIQUEI FÃ e RECOMENDO ;-)

E agora vem a melhor parte! A Stikets tem um Pack Plus para oferecer a uma das leitoras do blog Angel Luzinha. O pack pode ser personalizado ao vosso gosto e para se habilitarem a ganhar só têm que:

1.Ser seguidoras (registadas) do blog
2.Gostar da página do blog no facebook
3.Gostar da página da Stikets Portugal no facebook 
4. Seguir a Stickets Portugal no Instagram
5. Partilhar publicamente este post na vossa página do facebook 
6. Preencher o formulário abaixo

O passatempo termina dia 6 de setembro à meia noite e só é válido para Portugal. BOA SORTE!

______________________________________________

O passatempo chegou ao fim e já temos vencedora! Parabéns Patrícia Pacheco Dias, o Pack Plus Stikets é seu! Sei que lhe vai dar um jeitão e que vai ficar fã destas etiquetas personalizáveis. Fique atenta ao email porque será contactada durante o dia de amanhã ;-)



Seg | 29.08.16

A nova C&A do Loures Shopping

Paula Veiga Claro
Por aqui os progressos são diários (nem me quero gabar para não dar azar!) e hoje quando acordei já conseguia sentar-me! Por isso mesmo, aqui estou eu (com a zona lombar devidamente encaixada e apoiada) de volta ao meu querido blog porque são tantos os posts, passatempos e parcerias fantásticas que tenho para partilhar convosco... para já não falar nas dezenas de sessões que tenho em lista de espera! Mas isso só para a semana (espero eu!) quando o meu esqueleto estiver recomposto para não ter uma recaída. 

Entretanto, aqui ficam as fotos do dia 21 de Agosto, o dia em que fui fotografar a nova C&A do Loures Shopping e conhecer a sortuda da Carla Alves, a minha querida leitora que ganhou um look total no valor de 100€ (à sua escolha!) no passatempo aqui no blog. 

A loja está super luminosa, clean, organizada, com um look fresco e moderno, à semelhança das restantes lojas a nível europeu. Nela podem encontrar looks para toda a família (bebé, criança, senhora e homem).

Aqui ficam as escolhas da Carla, uma mãe super jovem e descontraída que gosta de peças práticas porque com dois filhos pequenos (a pequena Matilde ainda mama) o conforto e a simplicidade são as palavra de ordem ;-)


Gostei tanto deste vestido da nova coleção que acabei por trazer um igual para mim. Adorei a cor, o corte simples, o tecido fluído, o decote profundo e cruzado e as mangas a três quartos. Less is more ;-)


A ganga continua em alta e peças giras não faltam por aqui!













Uma autêntica bonequinha!






Por aqui também já não faltam os coordenados a pensar no regresso às aulas. Sweats, leggings, jeans e aqueles básicos que dão um jeitão para os miúdos (a preços que valem mesmo a pena!). Mas isso mostro-vos noutro post porque depois de fotografar também não resiste em fazer umas compras para a minha  bicharoca fofinha ;-)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Sex | 26.08.16

Tem sido um inferno :(

Paula Veiga Claro
MUITO OBRIGADA do fundo do coração por todas as mensagens e telefonemas. 

MUITO OBRIGADA do fundo do coração pela vossa preocupação e carinho.

Para quem não sabe, aqui fica a resposta: Estou de repouso total desde terça feira. Fiz uma rutura de ligamentos na zona lombar na aula de pilates. Rebentei com o ligamento iliolombar (que vai da coluna à bacia). Fiquei péssima, fui às urgências, estive de repouso mas cinco dias depois armei-me em super mulher e fui trabalhar. Fotografei no domingo e na segunda fui ao osteopata para tentar aliviar as dores que voltei a sentir. Na terça não me conseguia mexer. Fiquei paralisada. Não conseguia andar. Não conseguia movimentar-me. Fiquei aterrorizada. As dores eram brutais. Voltei às urgências mas desta vez de ambulância e cadeira de rodas. Raio-x , TAC, muita droga e analgésicos para tentar combater as dores insuportáveis. Diagnóstico: Tenho a coluna lombar intacta (FELIZMENTE não tenho hérnias discais, nem patologias graves) mas a rutura de ligamentos agravou-se de tal forma que me deixou completamente paralisada. Hoje, ao fim de 4 dias de repouso total, já substitui as lágrimas de desespero (por me ver neste estado vegetativo) pelo sorriso e otimismo que me são característicos. As dores começaram a suavizar e HOJE já consegui sair da cama sozinha e ir à casa de banho sem ajuda. Uma VITÓRIA! Entretanto, também tive que desmarcar o batizado que ia fotografar amanhã e a festa de aniversário de domingo. Lavei-me em lágrimas. Fiquei num estado de nervos brutal porque amo o meu trabalho e tenho a maior consideração pelos meus clientes. Foi a primeira vez que falhei um trabalho em toda a minha vida. Senti-me absolutamente triste e revoltada comigo, com Deus, com tudo. Mas a frágil existência do ser humano é mesmo assim... nunca sabemos o que o dia de amanhã nos reserva. De qualquer forma, ainda não consigo estar sentada mas já consigo dar uns passos sem cair de imediato. Estou desejosa de voltar à fotografia e ao meu querido blog mas tenho que ouvir o meu corpo e ter juízo porque as super mulheres só existem na banda desenhada. Sei que ainda tenho aqui pano para mangas mas também sei que tenho o melhor marido do mundo e uma filha que tem estado ao meu lado 24 horas por dia. Tem feito de tudo para me ajudar. Nem sei como te agradecer Rafaela. És única, és mágica, és infinitamente especial. És a melhor filha que alguém pode ter. My love, my light, my life 


Ter | 23.08.16

Mais uma

Paula Veiga Claro
Tenho para mim que quanto mais coisas temos mais infelizes somos. Porquê, perguntam vocês? Porque as coisas em excesso complicam-nos a vida e desviam o espírito daquilo que é realmente importante. O marketing cria falsas necessidades e põe meio mundo atrás disto e daquilo como se a felicidade se conquistasse com o verbo comprar. Isto gera frustrações e espíritos fúteis que são incapazes de ver a felicidade onde ela realmente reside: nos momentos e naqueles que amamos.

A sociedade vive centrada nas coisas e são muitas as pessoas que vivem infelizes/frustradas só porque não conseguem ter uma mala igual à da amiga, um vestido igual à da blogger X ou Y, umas férias de sonho como as da vizinha do lado etc, etc, etc.

Isto para vos dizer que todos os dias remo contra esta maré consumista. Cada vez estou mais adepta do movimento destralhar/reciclar! Cada vez compro menos roupa/acessórios para mim e quando vejo algo que gosto pergunto-me: "Mas eu preciso realmente disto?"... a resposta é quase sempre NÃO e a coisa acaba por ficar na loja. Só me perco nos cremes, nos suplementos alimentares (para a pele, cabelo, unhas e afins) e em material fotográfico (cada vez que adquiro uma lente fico mais entusiasmada que um puto de volta da árvore de Natal!) e em roupa para a Rafaela mas isso é outra conversa porque a miúda cresce que se farta (mas até neste ponto estou mais controlada, ou seja, vou comprando à medida que vai precisando).

Contudo, sou mulher e também tenho os meus fraquinhos. Adoro namorar ténis, relógios e.... mochilas! Esta é da nova coleção da Stradivarius e já mora cá em casa :-)



E a Paula precisava de mais uma mochila? (perguntam vocês!)
Tenho três ou quatro (mais desportivas) mas precisava de uma simples, pequena e preta que desse para coordenar com quase tudo. Enfim, o verbo precisar é muito relativo :)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Seg | 22.08.16

Domingo à tarde

Paula Veiga Claro
Regressei de férias mais fresca que uma alface mas dias depois aterrei na cama com uma lombalgia aguda que me tem tirado a força para fazer seja o que for. As dores eram mais que muitas e acabei nas urgências porque nem me conseguia dobrar (só estava bem de pé ou deitada, um pesadelo!). A verdade é que forcei demasiado a zona lombar na aula de pilates e fiquei arrumada (fiz uma rutura no ligamento iliolombar). 

Os meus problemas surgiram depois da faculdade quando comecei a trabalhar (ganhei imensas contraturas cervicais porque não fui feita para estar parada e nessa altura passei a estar muitas horas sentada e a conduzir). Depois agravaram-se durante a gravidez dos gémeos (uma gravidez de alto risco, durante a qual estive sempre de repouso com um barrigão enorme... e que acabou da pior forma). 

Enfim, aposto que muitas de vocês se revêm nas minhas palavras. A maternidade aliada ao stress e ao excesso de trabalho arruína qualquer coluna! Pratico desporto desde criança mas nem assim me livro destas maleitas! 

Por causa da cervical abandonei os desportos de maior impacto e passei a dedicar-me a modalidades mais ligeiras. Passei a frequentar as aulas de pilates (conforme me indicou o neurocirurgião e o osteopata) de forma a fortalecer a musculatura das costas sem pesos e impactos. Adorei! Vi-me livre das dores na cervical mas em contrapartida, na última aula, alonguei demasiado a lombar e zás! Como diz o ditado "quando não é do cú é das calças!"

Em suma, tive que cancelar os trabalhos que já tinha marcados e passei os últimos cinco dias enfiada em casa/cama, sem pachorra para nada e a sentir-me culpada por não estar a dar a devida atenção à Rafaela porque as dores não me têm dado margem para passeios e brincadeiras. Ela está sem ATL até setembro mas felizmente para aqui se tem entretido com a televisão, jogos, livros, bonecas, tablets e maluquices com a Amélie. Para além disso, passou a dar-me raspanetes como se fosse minha mãe! Assim que chegámos às urgências virou-se para a médica e exclamou com um ar muito sério e maternal: "Sabe Dra? A minha mamã tem um problema! Ela é muito teimosa e não consegue estar parada! Quer fazer tudo e assim nunca mais fica boa!"

Em suma, palavras para quê? Quem tem uma filha assim tem tudo! Felizmente hoje, após cinco dias de medicação, as dores suavizaram (nem me quero gabar!) e comecei a cumprir a minha agenda. De manhã estive a fotografar a nova loja da C&A no Loures Shopping (depois mostro) e à tarde mimei os meus amores ao lado do azul do Tejo.






Obrigada Ana Martins pelos tutoriais! Não tenho o mínimo jeito para cabeleireira mas com calma tenho aprendido novos penteados para a miúda ;-)


A mais nova também está sempre pronta para a paródia e tem estranhado o sossego da mamã... Deixa lá Amélie! Em breve voltamos às nossas longas caminhadas matinais (assim o espero!)


Óculos Polaroid
Colar Terços da Lupinha
Túnica La Redoute
Pulseira (presente da melhor amiga)


Um programa tão simples que me soube pela vida...  porque as melhores coisas são precisamente estas 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Sab | 20.08.16

Dia Mundial da Fotografia

Paula Veiga Claro
No Dia Mundial da Fotografia não posso deixar de partilhar convosco esta foto que simboliza a maior viragem da minha vida. Simboliza o dia em que a minha paixão pela fotografia virou profissão. O dia em que decidi abraçar com unhas e dentes o meu sonho e seguir em frente. Houve quem me dissesse que não valia a pena enveredar por esta área porque há fotógrafos aos pontapés e seria difícil vingar e marcar a diferença. Também me alertaram para o facto de ser um mercado extremamente exigente, competitivo e blá blá blá. Enfim, por esta lógica cruzávamos todos os braços porque já há resmas de tudo por este mundo fora!

Felizmente sou teimosa, sonhadora e persistente. Gosto de remar contra a maré e as adversidades dão-me ainda mais força para seguir em frente contra tornados e Adamastores. Gosto de desafios. Gosto de me superar. Sou uma eterna insatisfeita e o perfecionismo corre-me nas veias. Aliás, o perfecionismo é a minha maior virtude mas também o meu maior defeito. Raramente fico 100% satisfeita com o que faço. Fico sempre a pensar que podia ter feito melhor. Encontro sempre uma aresta por limar. Isto desgasta-me mas também faz com que acorde todos os dias com uma enorme vontade de fazer mais e melhor porque o mundo da fotografia é imenso e são tantos os caminhos que ainda tenho para desbravar.

Isto para vos dizer que faz quatro anos que tirei esta fotografia e passei a viver da minha paixão (com tudo o que a vida de free lancer tem de bom e mau). Trabalho de segunda a domingo, roubo muitas horas ao sono para conseguir cumprir a minha agenda, tenho que fazer pela vida todos os dias mas nunca fui tão feliz! Para além disso, nunca pensei conquistar tanto em tão pouco tempo e o que mais me fascina é saber que passei a fazer parte da vida de tantas pessoas que depositam nas minhas mãos a responsabilidade de eternizar as suas vidas, as suas famílias, os seus amores e os seus negócios.

Posto isto, só me resta dizer-vos que nunca desistam dos vossos sonhos (mesmo quando todo o mundo acha que enlouqueceram!). Acreditem, vão à luta e nunca deixem para amanhã o que podem fazer ou começar já hoje ;-)


A minha maior inspiração. Aqui com 4 anos 


Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Sex | 12.08.16

Look do dia #26

Paula Veiga Claro
Que os miúdos dão um pulo no verão já todas nós sabemos mas... dá para crescerem mais devagar??? Estamos em agosto e há roupas que lhe comprei no início da estação que já não lhe entram no corpo! Cada vez mais pré adolescente nas conversas, escolhas, atitudes, gostos, poses... mas sempre tão querida, meiga, enérgica, segura de si e suuuuuuper tagarela. Gostava de te ter pequenina para sempre mas ver-te crescer assim é o melhor que a vida me pode dar. Não tarda andas com a mamã ao colo ;-)

Top La Redoute
Shorts Zara
Sandálias Foreva
Óculos Polaroid
Colar Terços da Lupinha
Pulseira do pé Parfois
Pulseira do pulso personalizada (oferta da avó)













Mais looks de verão AQUI no blog

BOM FIM DE SEMANA 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Qua | 10.08.16

Aqui somos sempre felizes

Paula Veiga Claro
Quem segue o blog sabe que foi há 3 anos que conhecemos o Hotel Ô Golf Mar no Vimeiro e é lá que temos passado as férias desde então (e não só! sempre que podemos estamos lá batidos!). Somos completamente apaixonados por aquele verde e azul. Descemos as escadas do Hotel e de um lado temos a praia e do outro a serra. Tudo ao alcance das nossas pernas sem stress, caos e trânsito. Um autêntico paraíso a 50 km de Lisboa. Do melhor para quem gosta de paz e sossego (como nós!). Sempre passei as férias de verão no Algarve (sou filha de pai alentejano e mãe algarvia) e atualmente prefiro destinos mais tranquilos e frescos porque dou-me cada vez pior com o calor e confusão (devem ser os 40 a falar mais alto!). A verdade é que passo o ano nesta Lisboa caótica, tenho uma vida profissional alucinante e sempre que posso fujo para o sossego (o mesmo se aplica ao meu marido). De qualquer forma, não conseguimos estar parados ou de papo para o ar na praia (no way!). Para nós o desporto é a melhor forma de relaxar ;-)

De manhã lá íamos nós, a pé ou de bicicleta, a caminho da serra descobrir novos trilhos. O pai vinha connosco ou ia surfar porque aqui o mar é agreste e raramente faltam boas ondas em Sta Rita, Sta Cruz ou Super Tubos.

A seguir, toca de recarregar baterias no bar do Hotel junto à piscina onde encontramos as sopas, baguetes, saladas, massas e pratos vegetarianos que adoramos. E depois de almoço? Ficávamos a preguiçar no quarto e que belas sestas eu dormi enquanto ela via a KC Agente Secreta no Disney Channel :-)

Por volta das 16h00 toca de mimar a minha cervical no ginásio (treinar com aquela vista não é bom, é ótimo!) e depois piscina (a perdição da Rafaela!). Ao final da tarde uma caminhada pela praia, banho e jantar (os buffets do Hotel são sempre aquela coisa!).

Em suma, foram 8 dias absolutamente maravilhosos sem computador, máquina fotográfica, tablets e gadgets afins. Só levei o telemóvel para ir respondendo aos emails (caso contrário tinha um enfarte quando chegasse!) e foi com ele que registei todos este grandes momentos. Há mais no meu instagram ;-)



Se forem para estes lados não  percam os passeios de gaivota pelo Rio Alcabrichel. A barraquinha dos bilhetes está na Praia do Porto Novo (é a praia que está mesmo junto ao Hotel) e o passeio é maravilhoso! Foi nesse momento que me auto flagelei por não ter levado a máquina porque aquela beleza merecia um registo à altura. Parece que estávamos algures na Amazónia... espetacular! (só faltavam os crocodilos ah ah ah!)


Amanhã estou de volta ao trabalho e até setembro vou ter que fazer grandes malabarismos para conciliar a minha agenda com uma miúda sem ATL para descarregar as energias nas atividades com as amigas.... vai ser jeitoso! Quem me dera fazer parte do clube das mães que tem os avós ou alguém de confiança por perto para dar aquela ajuda... quem me dera! Vai andar sempre comigo mas já me prometeu que vai colaborar... a ver vamos! Só sei que o ano passado cheguei a setembro a precisar de férias outra vez :-) 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook