segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Carta à minha filha

Minha doce Rafaela, agora que o meu esqueleto começa a entrar nos eixos, prometo recompensar-te por estas duas semanas de clausura e por TUDO o que tens feito por mim. Foste a minha mãe e a minha bengala. Estiveste ao meu lado 24 horas por dia sempre pronta para me ajudar. Quando te perguntava se não estavas aborrecida de estar fechada em casa, olhavas para mim  e  respondias com o sorriso mais lindo do mundo: "Claro que não mamã! Eu só quero cuidar de ti e ver-te boa depressa! Tu fazes tudo por mim e eu também faço tudo por ti!".

Lavaste-me, puseste-me creme no corpo, calçaste-me, vestiste-me (com aquele jeitinho maternal que só uma menina consegue ter!) e limpaste-me as lágrimas com as tuas mãozinhas de fada nos momentos em que eu achava que as minhas pernas nunca mais voltariam a andar como antes. E NUNCA vacilaste. NUNCA derramaste uma lágrima. Nesses momentos fixavas-me nos olhos e dizias com uma maturidade brutal: "Não sejas tonta mamã! Tu és muito forte! Não te deixes contaminar pela tristeza. Acredita no teu corpo! Vais ficar boa depresssa!". E dizias-me tudo isto com aquele sorriso luminoso que te é característico  e com a convicção de um gigante. 

És GRANDE Rafaela! Nestas duas semanas até começaste a tomar banho sozinha porque eu não conseguia sair da cama para cuidar de ti (felizmente o pai vinha almoçar a casa e tratava do teu almoço!). Enfim, sei que a maior parte das crianças da tua idade já tomam banho sozinhas mas tu és filha única e aqui a mamã adora encher-te de mimos (mesmo sabendo que és suuuuuper desenrascada!) porque também sei que vais ter a vida toda para cuidar de ti. Quero aproveitar ao máximo a tua infância mas agora, depois destas duas semanas infernais, já percebi que te lavas sozinha como gente grande e sinto-me uma tonta (como tu própria dizes!) por te querer ter pequenina para sempre. Mas quando fores mãe vais perceber este sentimento....

De qualquer forma, dizem que os filhos são o reflexo dos pais e tu és realmente a prova de que uma criança criada com carinho, respeito, diálogo, sentido de responsabilidade e muuuuuuuito amor só pode ser uma pessoa absolutamente extraordinária. 

Ainda não te posso acompanhar nos passeios de bicicleta, nos mergulhos, nem nas loucas correrias por  Monsanto... mas já podemos sair de casa e abraçar juntas a luz, o verde e o azul que tanto amamos. Só te restam duas semanas de férias mas prometo-te que vão ser memoráveis porque TU mereces tudo.








Túnica C&A


My love, my light, my life 


Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

8 comentários:

  1. Fiquei de lágrima no olho! Doce fadinha a Rafaela. Uma menina muito especial! beijinhos enoooormes para as duas e que a recuperação seja total e já agora, rápida! <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está quase amiga! O pior já passou... agora é ter calma mas tu já sabes como é que eu sou! Calma é algo que não combina comigo... ando sempre ligada à corrente, quero fazer tudo.... enfim... mas agora a Rafaela virou general e passa a vida a supervisionar-me e a dar-me raspanetes eh eh eh :)
      Beijinho enorme para vocês com muita saudade :*

      Eliminar
  2. Um grande beijinho e um bem haja para a menina. Flor

    ResponderEliminar
  3. Que orgulho duas uma menina assim. Parabéns pelo trabalho que faz com a menina. Vai ser um ser humano extraordinário. Um beijinho e rápidas melhoras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Sara ♥ Acho que todas nós somos as melhores mães que conseguimos ser :-)

      Eliminar
  4. Paula agora fiquei comovida, a tua filha é mesmo muito especial.
    Grande beijinho

    ResponderEliminar