quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Para ossos duros de roer!

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Osteoporose e a Associação Portuguesa de Osteoporose e a Mimosa aproveitam para relembrar que a estrutura óssea, composta por tecido vivo, precisa de nutrientes certos para se manter forte e saudável. Uma dieta rica em cálcio, combinada com a prática de exercício regular, ajuda a melhorar a saúde dos ossos em qualquer idade, reduzindo o risco de osteoporose.

O cálcio é um dos principais componentes do nosso esqueleto. Sabiam que cada adulto possui cerca de 1 Kg de cálcio no corpo, sendo que 99% do mesmo se encontra na estrutura óssea? Contudo, apesar de ser um nutriente chave para todas as faixas etárias, as quantidades necessárias de cálcio variam ao longo da vida (na adolescência, por exemplo, esta necessidade é particularmente elevada porque é um período de rápido crescimento). 

O leite e derivados são a fonte de cálcio mais facilmente disponível na nossa dieta diária, mas não se esqueçam que também o encontramos nas verduras (bróculos, couve galega, acelgas, rúcula, agrião e espinafres), nas conservas com espinhas moles e comestíveis tais como sardinhas ou carapau,  nas nozes, nas sementes de linhaça e no tofu (que aqui em casa adoramos!).

Mas no meio disto tudo não nos podemos esquecer da vitamina D porque é ela que ajuda a absorção do cálcio dos alimentos no intestino e assegura uma correta renovação e mineralização dos ossos. A vitamina D é produzida na pele quando exposta ao raios UV-B. Por isso mesmo, não se esqueçam que também devemos expor a pele diariamente ao sol durante 10/20 minutos mas fora das horas perigosas, como é óbvio ;-)


Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Sem comentários:

Enviar um comentário