segunda-feira, 8 de maio de 2017

Dia da Mãe



Foi um fim de semana em cheio na verdadeira acepção da palavra! No sábado comecei a trabalhar às 10h00 da manhã e terminei às 10h00 da noite com uma mega pijama party no Museu das Crianças. Em suma, passei 12 horas a fotografar, cheguei a casa por volta das 23h00 de coração cheio mas completamente KO porque os miúdos são o melhor do mundo mas têm a capacidade de nos sugar a energia até ao tutano (quem trabalha com crianças sabe perfeitamente como é!). Por isso mesmo, no domingo fugi para o Vimeiro para curtir a minha cria e recuperar a sanidade mental entre o Hotel Ô Golf Mar, a praia, o campo e aquele sossego bom que me regenera.

Almoçámos e a seguir toca de abrir os presentes que a Rafaela fez na escola. Foi o momento alto do dia! Adorei o desenho, a bolsinha para colocar os lápis, o postal mas o poema foi aquela coisa! Quando o li fiquei tão emocionada que não consegui contar as lágrimas. Quem tem uma filha assim tem realmente TUDO 


E a cereja no topo do bolo foi o registo que o papá conseguiu! Ele não tem a mínima pachorra para a fotografia (enfim, não há homens perfeitos!) mas sabe o quão importante é para mim colecionar estes momentos, por isso, pus as definições da máquina a jeito e pedi-lhe para ir disparando. Obrigada maridão! Desta vez não houve cabeças cortadas nem enquadramentos manhosos, hein? Estás no bom caminho! Um dia destes ainda vou conseguir despertar em ti a paixão por esta arte que eterniza a vida ;)






Um brinde à família, ao amor, à saúde e à vida!


Tal mãe, tal filha com as t-shits da C&A. São ambas da nova coleção de criança e acabei por comprar uma igual para mim porque achei super cool e o tamanho 13/14 anos serve-me lindamente. Daqui a pouco é ela que veste mais do que eu :)



 No regresso trouxemos mais uns amigos na bagagem (como não podia deixar de ser!!!)


Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook


1 comentário:

  1. Amor de mãe e filha, cumplicidade para o resto da vida!
    Bjs às duas.

    ResponderEliminar