Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

De volta à nossa casa de campo

31.08.17 | Paula Veiga Claro

Os primeiros dois dias foram passados em Portalegre e no terceiro rumámos à casa de campo que herdámos dos meus avós paternos. A tal que tem sido restaurada pelos meus pais com um bom gosto e um carinho incrível. Aliás, só já falta fazer obras no quintal que é gigante (quem nos dera ter um espaço exterior assim em Lisboa!) e continua bastante selvagem. Continua selvagem mas é nele que reside o maior encanto deste refúgio de família onde as oliveiras e as figueiras se cruzam com as ervas daninhas e uma série de vasos cheios de suculentas e outras plantas. 

E a Rafaela? Durante o dia chapinha nas profundezas da melhor "piscina" do mundo, passa pelas brasas enroscada à Amélie, ajuda a avó a apanhar figos e ameixas e arranca ervas daninhas. Ao final da tarde rega o quintal, vai à horta apanhar pimentos e visitar as primas velhinhas que têm gatos, galinhas, ovelhas e coelhos (estão a imaginar a felicidade, não estão?). Pelo caminho ainda mima o Macaco, o cão que guarda o rebanho e anda por ali feito doido (aliás, o primo até diz que o bicharoco tem mais vocação para a paródia do que para guardar ovelhas... daí o nome!).



Estas duas 









Biquíni Decathlon
Toalha de praia Zippy
Óculos de Sol Polaroid
Top Lidl




Quando a raposa mais querida vira cão de guarda!
Que ninguém se atreva a mexer nos figos que a "mana" colheu :)




O cheiro dos legumes e da fruta acabada de colher (priceless!)









Tenho poucas fotos minhas porque passo a vida do outro lado da câmera mas esta foi tirada pela Rafaela (que me apanhou mesmo a jeito!) e resume na perfeição o meu estado de espírito. Alma revigorada e saudade saciada. Tudo a postos para abraçar a temporada que se segue. Setembro é um mês de recomeços e de muito trabalho. Agora vai ser non stop até dezembro. De qualquer forma, o adeus é sempre muuuuito difícil porque sou viciada no sossego e nesta liberdade tão mas tão boa. 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

De malas feitas para ir saciar a saudade

24.08.17 | Paula Veiga Claro

Ando com aquela sensação de que me falta qualquer coisa porque as férias da Rafaela estão a terminar e este verão ainda não consegui passar uns dias no meu Alentejo. Porquê? Primeiro porque a minha agenda é muito complicada e segundo porque os meus pais têm estado no Algarve e, como é óbvio, ir a Portalegre sem eles lá estarem não tem piada nenhuma. Por isso mesmo, agora que já regressaram à base, estamos de malas feitas para ir matar saudades deles, da cidade e também da nossa casa de campo onde nos espera a melhor piscina do mundo! Lembram-se? O ano passado foi assim e foi tão bom :)

Vão ser umas férias mesmo mini (para a semana estou de volta porque já tenho a agenda cheia) mas tenho que lá ir porque a saudade é lixada e inquieta-me. Só depois de a saciar é que me sentirei serena para dizer adeus ao verão e abraçar a nova temporada com toda a plenitude.

Estou no ir! Até já :)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Finais de tarde

22.08.17 | Paula Veiga Claro

Por aqui tento conciliar da melhor forma o meu trabalho com as férias dela. Este mês não tem ATL mas eu continuo a acordar bem cedo para trabalhar no sossego enquanto ela dorme até ao meio dia e meia (sim, leram bem! Meio dia e meia! Está uma autêntica adolescente!). À noite nunca lhe apetece ir para a cama e de manhã é o que se vê. Mas eu deixo andar porque férias são férias e quero que ela as aproveite ao máximo porque para o mês que vem, assim que começarem as aulas, voltamos à escravatura do relógio e das rotinas. A modos que quando ela acorda já eu tenho mails respondidos, blog em dia e edições no bom caminho. Depois de almoço finalizo mais umas sessões (enquanto ela se arrasta pela casa entre livros, música e televisão) e a partir das 16h00 rua com as duas (ou melhor, com as três) para bem da minha sanidade mental.

Na semana passada aproveitei os saldos para lhe comprar uns patins (os outros já lhe apertavam as unhas! Fico parva como tem crescido este verão!) e agora o que está a dar é passar os finais de tarde a esvoaçar de um lado para o outro. Enquanto a mais velha patina, a mais nova corre atrás dela de língua de fora que nem uma louca! Liberdade é coisa boa ;)



Capacete e patins Decathlon
T-Shirt C&A
Calções Zippy



E lá vai ela, sempre atrás da "mana" 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Passatempo Cillit Bang

21.08.17 | Paula Veiga Claro
Ora aqui está uma novidade que vai dar um jeitão à Fada do Lar que existe em cada uma de nós (falo por mim que sou a tal que sofre da mania das limpezas e não prescindo de produtos que me facilitem a vida). Isto para vos dizer que a Cillit Bang lançou recentemente o Cillit Bang Bolor e Sujidade que promete deixar as superfícies impecáveis de forma ainda mais eficaz (promete e cumpre porque, como sabem, nunca publico nada no blog sem experimentar primeiro e fiquei bastante satisfeita com o seu desempenho na cozinha e casa de banho, inclusive entre os azulejos onde o bolor gosta de se aninhar).

Por isso mesmo, a Cillit Bang tem 3 embalagens do novo Cilit Bang Bolor e Sujidade para oferecer às leitoras do blog Angel Luzinha para que vocês também possam testar e confirmar os seus resultados po-de-ro-sos!

Para se habilitarem a ganhar só têm que:

1. Gostar da página do blog no facebook instagram
2. Gostar da página da Cillit Bang no facebook
3. Partilhar publicamente este post na vossa página do facebook convidando duas amigas e deixando este comentário na respetiva partilha: "Vamos testar o novo Cillit Bang Bolor e Sujidade com o Blog Angel Luzinha"
4. Preencher o formulário abaixo

NOTA: Só é válida uma participação por pessoa. O passatempo termina dia 27 de agosto e as três vencedoras serão apurada via random. Boa sorte!

______________________________________________

E as vencedoras são:
Cláudia Isabel Nobre da Graça
Sónia Sousa Guerreiro Castro
Madalena Freitas da Silva Almeida

Fiquem atentas ao email porque serão contactadas ainda hoje :)









Da Holanda para a minha lente

18.08.17 | Paula Veiga Claro

Há quatro anos que rumam a Portugal para passar as férias de verão. Na Holanda não têm este clima e na bagagem levam sempre a vontade de regressar. Este ano também quiseram levar o registo destes dias em família e foi através de uma amiga portuguesa que segue o blog (calculem! O mundo é mesmo pequeno!) que chegaram até à minha lente. Fiquei babadíssima quando recebi um email da Anna a dizer que adorou o meu portefólio e que queria adjudicar-me o trabalho. Foi a primeira vez que fotografei uma família estrangeira e devo dizer-vos que foi uma experiência fantástica. Porquê? Porque é todo um mundo diferente que se abre enquanto falamos dos nossos países, culturas, filhos, etc, etc, etc. É como fazer uma viagem sem sair de casa. E foi no Penha Longa Resort que a magia aconteceu entre a luz e a paisagem que tanto amam 

























Here goes a big hug for you sweet Anna, Paul and Pauli ;)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Já moram no quarto dela

17.08.17 | Paula Veiga Claro

Passo a vida a querer destralhar o quarto dela mas o problema é que eu sou pior que os putos e não consigo resistir a coisas fofas. Sou completamente apaixonada por trabalhos artesanais e mal vejo uma tenda junto à praia lá vou eu cuscar (eu e a Rafaela que me faz companhia nestas coisas de mulher enquanto o pai fica sentado à nossa espera com aquela cara que os homens fazem quando nos enfiamos nas compras!). Isto para vos dizer que encontrei estas três fofuras numa tenda que estava junto à praia do Porto Novo (durante as férias no Vimeiro do nosso coração). Adoro passear por ali ao final da tarde e ficar a contemplar aquele ambiente de verão onde o cheiro a petiscos se mistura com a luz mágica e as tendinhas das artesãs locais. E foi assim que os olhos da Rafaela se cruzaram com este polvo azul em crochet. Foi amor à primeira vista. Ficou a olhar para ele enquanto eu me apaixonava pelo anjinho gorducho (eu e os anjos!). E ali ficámos as duas a olhar para aquela bancada cheia de peças lindas feitas à mão. Apetecia trazer TUDO, acreditem!

Meti conversa com a artesã, comprei o polvo e o anjinho e depois de pagar ainda voltei atrás para ir buscar o flamingo e pedir um cartão à artesã para continuar a seguir o seu trabalho. Fiquei a saber que a sua página no facebook se chama ARTEmilia (espreitem aqui) e é de coração que partilho convosco estas três peças liiiiiindas que já moram no quarto da Rafaela. Qual delas a mais gira?? Não sei! Por isso é que trouxe as três!








O seu mundo 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

E assim se passaram duas semanas incríveis

14.08.17 | Paula Veiga Claro

Eu disse que iam passar depressa, não disse?! Aqui estou eu de volta ao trabalho e de baterias recarregadas para abraçar os novos desafios que aí vêm. De qualquer forma, confesso que me está a custar horrores voltar às amarras do computador. Sim, porque a vida offline tem outro sabor e os dias sem horários são o maior luxo que qualquer um de nós pode ter. Viver sem pressas passou a ser o sonho do comum dos mortais e é durante as férias, longe do reboliço do dia a dia, que conseguimos viajar dentro de nós e encontrar aquela paz que nos reequilibra. 

Na primeira semana rumámos ao nosso paraíso porque é lá que temos tudo o que nos faz feliz. De manhã o pai ia surfar e nós aproveitávamos para caminhar, contemplar e respirar a paz da serra. Sou apaixonada pelos encantos do campo e aqui há spots para todos os gostos. Aqui cada um de nós pode dar largas às suas paixões.

Tomávamos o pequeno almoço, passávamos pelo Clube Aventura, alugávamos uma bicicleta e lá íamos as duas pela serra até as pernas aguentarem. Vocês nem calculam o que eu gosto disto! Momentos perfeitos. Momentos que nos revitalizam por dentro e por fora. Momentos que adorávamos repetir todos os dias mas a vida real obriga-nos a outro tipo de pedalada. Resta-nos aproveitar as férias para percorrer os trilhos do sossego porque durante o ano (quer queiramos, quer não) somos todos prisioneiros do tempo, do relógio e das obrigações que nos transformam em escravos de nós mesmos.


O pai podia passar o dia a surfar, eu a caminhar pela serra e a Rafaela a piscinar. Podíamos mas doseamos as nossas paixões porque é no equilíbrio que reside a harmonia familiar e essa é a maior de todas. Por isso mesmo, ficávamos os três no mimo depois de almoço e a seguir íamos a banhos porque a Rafaela é doida por piscina (não sei se foi por ter ido para a natação tão cedo mas adora!). 

Na praia só nos apanhavam ao final do dia a caminhar ou a jogar à bola porque nenhum de nós é fã de praia e, para além disso, somos uma família de bichos carpinteiros (só estamos bem em movimento!). O pai não abdica das suas ondas mas não suporta estar parado na areia. A Rafaela fez 15 dias de praia consecutivos no ATL e já estava farta (adorou todas as atividades, andou feliz da vida mas por ela tinha saltado a parte da praia!) e a mim causa-me um tédio de morte porque não sei onde estar. Não me consigo molhar porque tenho frio mas também não consigo estar sentada ou deitada na toalha sem fazer nada porque fico com um calor terrível e a ausência de movimento dá comigo em doida. Para além disso, tenho que me encher de cremes até à raiz dos cabelos porque sou alérgica ao Sol. Em suma, fico em modo pega monstros, cola-se tudo a mim (terrível! sinto-me um nojo!). 


E na segunda semana ficámos por Lisboa mas sempre em movimento porque esta é a nossa forma de relaxar (por isso é que hoje me está a custar horrores estar aqui sentada em frente ao PC!). Mas é a vida. Quando me reformar logo me transformo num gnomo da floresta ;)

P.S- As fotos são as que publiquei no instagram porque até a Nikon esteve de férias! No primeiro dia ainda andei com ela atrás mas depois rendi-me à leveza e praticidade do telemóvel que também se fartou de descansar porque fiz questão de o deixar no quarto a maior parte das vezes (offline is the new luxury!)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook