Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe.

Qui | 28.09.17

Eu e as mochilas

Paula Veiga Claro

Paixão ou obsessão? Não sei! Só sei que tenho esta coisa por mochilas e, quando vejo uma que faz tchanan dentro de mim, não consigo controlar-me! Ontem cruzei-me com esta na Bershka e pronto. É pequena (mas cabe lá tudo!) e o tecido aveludado verde garrafa arrebatou-me por completo. Dá para o dia a dia e até para uma ocasião mais formal porque as mochilas estão em alta (felizmente!) e esta tem um charme muito próprio.

Escusado será dizer que, mal cheguei a casa, lá ouvi o meu marido a exclamar: "Mas para que é que tu queres mais mochilas??". Enfim, há coisas que a mente masculina nunca irá alcançar :)

Já a Rafaela adorou e até me perguntou se lhe comprova uma igual. Não é preciso amor! Eu empresto-te esta e tu emprestas-me esta, pode ser? (são as vantagens de se ter uma filha com quem partilhar estes devaneios femininos)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Ter | 26.09.17

Sugestão do dia #158

Paula Veiga Claro

Até dá vontade de comer a embalagem, é ou não é? A Royal acabou de lançar estas mousses de gelatina leves e deliciosas que já estão aprovadas por todos cá em casa! Basta dissolver o conteúdo da saqueta em 350 ml de água bem fria (mexer até o pó se dissolver completamente) e bater com a varinha mágica durante 2 minutos. A seguir deita-se o preparado numa taça (ou em várias, como preferirem) e leva-se ao frigorífico até ficar firme. Mais fácil é impossível!

Aqui nenhum de nós faz dieta (até porque praticamos desporto e temos um regime alimentar naturalmente saudável todo o ano) mas quem tem que contar calorias também se pode render a estas delicias porque têm apenas 30 por porção. Experimentem e depois digam-me ;)
Seg | 25.09.17

Uma família raríssima

Paula Veiga Claro

Foi com este nome que a Andreia batizou o blog onde partilha as suas experiências, dúvidas, medos e esperanças como mãe da Catarina e do Pedro, a quem foi diagnosticado galactosémia (uma doença metabólica rara) à nascença. Felizmente o susto deu lugar à tranquilidade e hoje, apesar das inúmeras restrições alimentares que tem que manter, é uma menino saudável e cheio de energia. O ano passado, quando o fotografei pela primeira vez, ainda não andava mas este ano já voa atrás da mana (que é dona de uma personalidade que requer estratégias para ser conquistada!!!). Desta vez os tios e os avós também se juntaram à sessão porque o objetivo era eternizar uma nova etapa na vida da família. Aqui fica uma pequena amostra deste final de tarde em pleno Jardim da Paz 

















#collectmomentsnotthings

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Sex | 22.09.17

Uma semana depois...

Paula Veiga Claro

Ser mãe desta miúda é como ser mãe de um SOL gigante que ilumina tudo em redor com a sua alegria e tagarelice. É a personificação da felicidade e enche a nossa vida (e esta casa!) de uma energia positiva fabulosa. São tantas as vezes que fico a olhar para ela completamente derretida e a torcer para que nunca perca esta luz que lhe transborda por todos os poros. Sim, porque a vida é dura e vai-nos sugando o brilho da infância. Por mais feliz que um adulto seja, nunca consegue competir com o sorriso de uma criança que brota constantemente de uma forma tão espontânea e genuína. Isto para vos dizer que fez ontem uma semana que começaram as aulas e a adaptação à escola nova tem sido extraordinária! No primeiro dia ainda estranhou as instalações (pudera! desde os 5 anos que frequentava a anterior) mas, no segundo, já me dizia que estava com pena que fosse sexta feira porque está a gostar tanto de descobrir o seu novo mundo que nem lhe apetecia ir de fim de semana. 

Chega a casa com as pilhas no máximo e com uma alegria absolutamente estonteante. Quer contar tudo o que viu e aprendeu e só se cala quando cai na cama (e mesmo assim volta sempre atrás para contar mais qualquer coisa!). Anda encantada com a comida (é deliciosa como diziam!) e com o seu cartão magnético que lhe dá acesso ao portão, ao bar e ao refeitório. Um cartão de identificação que é simultaneamente uma espécie de multibanco que faz os miúdos sentirem-se crescidos e dá dores de cabeça aos pais porque temos que andar sempre a controlar o saldo. Felizmente ela é super ajuizada e não se mete em extravagâncias (estipulei-lhe um valor semanal para gastar no bar e sabe que não o pode ultrapassar, caso contrário acaba-se a festa!) mas há colegas que já foram chamados à atenção porque, assim que se apanharam lá dentro, começaram a pagar rodadas de sumos e bolos aos amigos e depois ficaram sem crédito para almoçar. Enfim, é todo um mundo novo para a criançada descobrir!

A modos que sai de casa feliz e desejosa de ir ter com a melhor amiga (sim, mudou de escola mas continua com a mesma professora e com a mesma turma) e chega a casa igualmente esvoaçante! Que assim se mantenha porque quando os nossos filhos estão bem, o nosso mundo fica bastante mais colorido :)

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Qui | 21.09.17

Marvão

Paula Veiga Claro

Às vezes dou por mim a pensar como é que consigo dar conta de tanta coisa ao mesmo tempo. Os dias atropelam-me, a agenda engole-me mas os anos trouxeram-me aquela maturidade que nos permite estabelecer prioridades e respirar com (alguma) serenidade no meio do caos. Nos momentos de maior stress, costumo fechar os olhos e imaginar-me no meio da floresta entre o verde, o sossego e a luz que tanto amo. A seguir expiro, volto ao rebuliço mas mantenho-me focada nas bolhas de oxigénio que me alimentam e aquietam. Cada um de nós tem as suas e é a elas que recorremos para manter a preciosa sanidade mental.

Isto para vos dizer que ando para publicar estas fotos de Marvão desde o final de agosto (quando estivémos no meu Alentejo) mas só hoje é que o consegui fazer. Marvão é aquela vila mágica, aninhada nas muralhas do castelo, que se ergue sozinha e imponente no topo da Serra do Sapoio a 860m de altura. É um local único e deslumbrante que faz parte do roteiro da minha infância porque quem vive em Portalegre (como eu vivia) adora dar um pulo a Marvão e a Castelo de Vide nos fins de semana (e ninguém perde a célebre Feira da Castanha que leva até à vila milhares de pessoas todos os anos).

Aqui o tempo parou e a arquitetura mantém-se fiel à história. Aqui reina a brancura das casas, o verde da serra e o silêncio no seu estado mais puro. 






 Liberdade é coisa boa! Ninguém consegue acompanhar o ritmo frenético da Amélie mas ela para-se no caminho e fica à nossa espera com este ar.
Parece dizer: "Vá lá pessoal, toca a mexer as patinhas!"








Este macaco do Lidl foi uma das minhas fardas de verão. 
Giro, prático e super confortável (uma espécie de segunda pele!)


 Parece um rato!!! Muito gosta esta criatura de explorar todos os cantinhos :)







Top Zippy
Calções Primark
Sandálias Pisamonas





Aqui só deixa de haver luz quando o sol mergulha definitivamente no horizonte. 
Se há locais que tocam o céu, Marvão é um deles 

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Sex | 15.09.17

Look do dia #42

Paula Veiga Claro

Este look tem sido uma das suas "fardas" de verão. O top ficou-lhe debaixo de olho assim que o viu (pudera, é giro que se farta!) e as sandálias são iguais a estas que lhe comprei no início da estação mas, como calçam lindamente, optei por mandar vir outras iguais em prateado. Um look para usar e abusar porque o calor tem mesmo os dias contados. Daqui a pouco começamos a dar volta ao guarda roupa dos miúdos para ver o que é que se aproveita do inverno passado e é aí que percebemos como cresceram nestes três meses de boa vida :)

Top e chapéu C&A
Calções Zippy
Sandálias Pisamonas
Pulseira  (comprada em Peniche. Todos os anos trazemos uma de lá!)








Bom fim de semana 


Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Qui | 14.09.17

Passatempo regresso às aulas com UHU

Paula Veiga Claro
Sabiam que a UHU desenvolveu um microsite exclusivamente pensado para o regresso às aulas? Sim, leram bem! Hoje em dia o regresso às aulas envolve um turbilhão de novidades e o difícil é acompanhar todas elas porque são mesmo muitas! Neste microsite podem ter acesso às informações sobre os produtos de papelaria em destaque para esta época, divertirem-se num jogo em que os minions são as personagens principais ou descarregarem modelos em papel, como horários do Gru-O Maldisposto 3. 

Para além disso, nesta rentrée, a UHU também tem miminhos para as leitoras do blog Angel Luzinha (ou melhor, para os vossos filhotes!). A marca tem 3 kits para oferecer. Cada kit é composto por:

- 1 embalagem de UHU Patafix
- 1 UHU Fita Corretora
- 1 UHU Caneta Corretora 
- 1 UHU Stic ReNature sem solventes
- 1 UHU Cola Universal
- 1 UHU Twist & Glue ReNature sem solventes 

Para se habilitarem a ganhar só têm que:

1. Gostar da página do blog no facebook instagram
2. Gostar da página da UHU no facebook 
3. Partilhar publicamente este post na vossa página do facebook convidando duas amigas e deixando este comentário na respetiva partilha: "No regresso às aulas UHU vou levar para os meus trabalhos colar!"
4. Preencher o formulário abaixo

NOTA: Só é válida uma participação por pessoa. O passatempo termina dia 20 de setembro e as três vencedoras serão apuradas via random. Boa sorte!

____________________________________________________

Parabéns às vencedoras:
- Mónica Sofia F. Santos Silva
- Cristina Maria da Cunha Pedroto
- Inês Rocha Braga

Fiquem atentas ao email porque serão contactadas ainda hoje ;)







Qua | 13.09.17

Let's WOW

Paula Veiga Claro

Foi na semana passada que a giraça da Heidi Klum e o Lidl celebraram a estreia mundial da coleção "esmara by Heidi Klum: Heidi & The City" num espetacular supermercado Lidl #LETSWOW em Nova Iorque (aliás, quem quiser pode ver o vídeo bombástico aqui). Depois da apresentação a Heidinha ficou-se por Nova Iorque e a coleção rumou para os sete cantos do mundo porque dia 18 de setembro vai estar à venda em todas as lojas Lidl e, pelo que vi ontem no showroom da marca, digo-vos já que vai desaparecer em segundos! Porquê? Porque a coleção está super gira, sóbria, casual mas simultaneamente muito elegante e versátil. Qualquer peça pode ser usada no dia a dia com jeans e sapatilhas (my style!) ou num momento mais formal ou festivo (tudo depende dos acessórios que usarmos). 


A Rafaela perdeu-se de amores pelos stilettos (aliás, ainda me perguntou se os podia trazer para calçar daqui a uns anos quando for maior! Ah Ah Ah! Esta miúda não existe!!!) e eu, para não variar, fixei-me nos bomber jacket porque são aquela peça desportiva e cool que adoro (o preto de lantejoulas que partilhei aqui é qualquer coisa!) e no trench coat preto que é sempre uma aposta ganha porque é intemporal e dá para conjugar com uma infinidade de coisas ;)




E os preços? Também são dignos de um WOW  porque rondam os 15/25€ (a peças mais caras são estes dois biker em pele (59,99€).






Girls will always be girls 

#letswow #esmarabyheidiklum #lidlportugal

FOTOS cedidas pelo Lidl Portugal

Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Ter | 12.09.17

10ª Campanha Escolar a favor da saúde visual

Paula Veiga Claro

Foi com enorme prazer que aceitei o convite da Alain Afflelou para me associar à 10ª Campanha Escolar a favor da saúde visual que está a decorrer de 11 de setembro a 16 de outubro nas óticas Alain Afflelou aderentes. Porquê? Porque muitas vezes o insucesso escolar das crianças é motivado por problemas de visão, daí a importância de se fazer pelo menos uma vez por ano, um exame da acuidade visual. Para além disso, é entre os 5 e os 7 anos que se podem começar a evidenciar alguns defeitos refrativos como a miopia, hipermetropia, astigmatismo, estrabismo ou ambliopia. 

Por isso mesmo, se os vossos filhotes têm entre 5 e 7 anos e fecham parcialmente os olhos para ver melhor ou para se fixarem em detalhes afastados, entortam os olhos, apresentam dores de cabeça frequentes e sem motivo aparente, parecem ter o olhar perdido quando falam com alguém, apresentam movimentos pendulares da vista, aproximam-se demasiado da televisão ou dos livros, adotam posições de pescoço torto quando lêem  ou fazem os trabalhos de casa, sofrem de blefarite ou de terçolho de repetição, esfregam os olhos frequentemente ou piscam os olhos quando saem à rua com sol, marquem uma consulta numa das óticas Alain Afflelou aderentes a esta campanha para realizarem um rastreio visual. Caso detetem necessidade de correção visual, a Alain Afflelou oferece uns óculos completos (armação + lentes).

A Rafaela já não se encontra nesta faixa etária mas mesmo assim aproveitou para fazer o rastreio na loja do Dolce Vita Tejo porque o último que fez foi há dois anos e estas coisas nunca são demais. Felizmente tem visão de falcão :)


Eu já não posso dizer o mesmo porque comecei a ver mal no primeiro ano da faculdade e desde então que uso óculos para conduzir, ver televisão e estar ao computador. E na rua ando sempre com os óculos de sol graduados porque tenho miopia e astigmatismo e a luz do sol perturba-me imenso. Felizmente a minha graduação é baixa e estabilizou por volta dos 35 anos. Neste rastreio só registei um aumento de 0.25 de astigmatismo num dos olhos. Maravilha! Espero que assim se mantenha porque os olhos são uma das minhas grandes ferramentas de trabalho :)



Obrigada Sara Mata pelo profissionalismo e carinho com que nos recebeu e acompanhou :)


 Um mundo de armações para todos os gostos e carteiras (o difícil é escolher!)




A Alain Afflelou também tem uma linha própria que adorei conhecer. Depois mostro-vos os óculos de sol que me apaixonaram (só estou à espera que cheguem porque não consigo andar de óculos de sol sem serem graduados).



Também nos podem seguir no  Instagram e Facebook

Seg | 11.09.17

Coisas que se ouvem aqui em casa #18

Paula Veiga Claro

Na sexta feira quando a fui buscar ao ATL saiu-se com esta:

"Então meu amor, como é que foi o teu dia?"

"Foi espetacular, fizemos montes de gincanas com as bicicletas e diverti-me imenso com a Cláudia mas as férias já deram o que tinham a dar. Já estou a ficar farta de tanta brincadeira e tenho saudades dos meus colegas e da professora. Estou desejosa de conhecer todos os cantinhos da escola nova e estrear o material! Já me apetece entrar noutra etapa, percebes mamã? Mas o pior é que quando as aulas começarem também vou ter saudades da boa vida! Depois é só escola e deixo de ter tempo para brincar à vontade. Porque é que as coisas não podem ser mais equilibradas?"

Boa pergunta Rafaela! Esse dilema que te inquieta só prova que estás a crescer. Mas a vida é assim, naturalmente desequilibrada. Resta-nos balançar nessa dualidade e aprender a saborear o melhor de cada extremo.


Pág. 1/2