Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Angel Luzinha

Fotografia e o prazer de ser Mulher e Mãe por Paula Veiga Claro

Uma reflexão sobre os tempos que correm. Aqui em casa é assim.

19.07.18 | Paula Veiga Claro

Angel Luzinha Fotografia-0537_BLOG.jpg

 

"O que é que os teus pais te ofereceram por teres passado de ano?" É uma pergunta frequente entre os miúdos mas, no caso da Rafaela, a resposta é NADA. Tanto eu como o pai estamos de pleno acordo relativamente a este assunto e nem permitimos que os avós caiam em tentações. Porquê? Porque passar de ano é um presente que ela oferece a si mesma. Não nos está a fazer um favor. Está a fazer por si e pelo seu futuro. Esta sociedade consumista é que acha que as crianças têm que ser recompensadas constantemente por tudo. E depois? Criamos uma geração que só se dá ao trabalho de fazer alguma coisa se houver um estímulo material. Não pode ser. Os miúdos têm que aprender a valorizar-se e a encontrar estímulos dentro de si mesmos e não nos presentes. Só assim poderão crescer com uma forte auto estima para fazer face às frustrações que a vida lhes reserva. Sim, porque a vida é dura e nem sempre nos recompensa por tudo aquilo que fazemos. Crescer é um processo árduo e contínuo. Nos primeiros anos tudo são rosas mas, com o passar do tempo, vamo-nos deparando com os espinhos e é aí que surgem as desilusões.

 

E depois? O que se faz a uma geração que está habituada a que tudo lhe caia aos pés? Depois surgem as depressões, as frustrações e os espíritos revoltados contra o mundo. As crianças crescem e dão lugar a adultos que baixam os braços perante as primeiras adversidades. Adultos que deixam de lutar pelos seus sonhos porque a recompensa não chega de forma imediata como nos tempos de infância. Sim, porque a vida põe-nos à prova constantemente e só chega a bom porto quem domina a arte de esperar. As pedras que encontramos no caminho devem servir para nos fortalecer e não para nos desmoralizar. Esta frase deve ser entoada como um mantra. Não é um exercício fácil mas, se o praticarmos desde a infância, reproduzirá um eco incrível durante toda a vida.

 

Devemos dar sempre o nosso melhor, com o intuito de evoluirmos e de nos transformarmos na nossa melhor versão. A vida logo se encarregará de nos brindar com as recompensas mais gratificantes, aquelas que dinheiro algum consegue comprar. Aqui inclui-se o respeito, a admiração, a confiança e o carinho de todos aqueles que nos rodeiam e nos veem como um exemplo a seguir.

 

Angel Luzinha Fotografia-0535_BLOG.jpg

 

A mochila que a acompanhou durante o ano letivo.

É daqui e pisca sempre o olho à vida, mesmo nos dias mais cinzentos ;)

 

Também nos podem seguir no InstagramFacebook e YouTube

 

 

A festa dos unicórnios

17.07.18 | Paula Veiga Claro

Angel Luzinha Fotografia-0133_BLOG.jpg

 

Já sabem que uma das coisas que mais gosto de fotografar são festas infantis porque as crianças serão sempre o melhor deste mundo e arredores. Adoro fotografar a vida em movimento e nisso elas são exímias! É um trabalho apaixonante, desafiante e relaxante. Relaxante, perguntam vocês??? MAS esta mulher é doida??? Sei que vos pode parecer estranho mas para mim funciona como uma espécie de terapia anti stress porque mergulho noutra dimensão e nem dou pelas horas a passar. Foco-me no momento e deixo-me levar de forma livre e espontânea pelas conversas, pelos sorrisos e pelo brilho que brota dos seus olhares. É neste mundo de fantasia que me sinto como peixe na água e elas sentem isso porque vêm ter comigo e puxam-me para a brincadeira. Aos seus olhos sou uma espécie de miúda crescida que anda ali a brincar de máquina na mão e isso só significa que estou a desempenhar bem o meu papel. A ideia é registar tudo da forma mais espontânea possível sem elas se sentirem prisioneiras das poses e afins. E foi assim, a esvoaçar como uma borboleta, que a J me recebeu na sua festa de sonho que decorreu, mais uma vez, no Museu das Crianças. Só sei que adorei rever esta família e este grupo de miúdos que não se aguenta de querido! Vocês nem calculam o que eu me ri com as observações que iam fazendo ao longo das atividades. Esta idade é uma delícia! Confesso que cheguei a casa com vontade te ter a Rafaela assim, em versão mais mini, só por uns instantes

 

Obrigada querida F por me autorizar a partilhar alguns destes momentos 

 

1.jpg

2.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0153_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0154_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0133_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0134_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0136_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0155_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0156_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0157_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0159_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0248_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0250_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0200_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0201_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0262_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0274_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0272_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0285_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0292_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0282_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0287_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0290_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0305_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0308_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0325_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0333_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0347_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0346_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0356_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0361_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0365_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0386_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0396_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0407_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0411_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0477_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0440_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0480_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0447_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0476_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0448_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0450_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0457_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0463_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0482_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0481_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0512_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-05013_BLOG.jpg

 

Mais uma festa mágica no Museu das Crianças!

Aqui os sonhos concretizam-se sempre 

 

Também nos podem seguir no InstagramFacebook e YouTube

 

 

 

 

PASSATEMPO Aguarelas Mágicas Nebulous Stars + Novo vídeo no YouTube

16.07.18 | Paula Veiga Claro

Capa Vídeo Aguarelas.jpg

  

Ontem abriu as aguarelas mágicas das Nebulous Stars e ficámos as duas a deitar corações dos olhos porque são liiiindas! Trazem cinco quadros mágicos fabulosos e passámos a manhã de inverno (sim, choveu imenso por aqui!) a pintar o primeiro. No vídeo de hoje mostra-vos a obra prima e explica-vos como é que funcionam. Aviso-vos já que são super relaxantes e viciantes porque dá um gozo enorme ver como cada quadro vai ficando pincelada após pincelada ;)

 

Entretanto, fiquem a saber que a EDUCA tem 3 embalagens de aguarelas mágicas iguais às da Rafaela para sortear entre as seguidoras Angel Luzinha. Para se habilitarem a ganhar só têm que subscrever o nosso canal no Youtube e completar os outros dois passos AQUI. Boa sorte (não se esqueçam que ela só pode bater à porta de quem participa!)

 

Novo vídeo no YouTube: O meu diário secreto ♥

13.07.18 | Paula Veiga Claro

O meu diário secreto.jpg

 

Não há miúda que não goste de ter um diário e a Rafaela ficou rendida a este tãããão giro das Nebulous Stars. Aliás, como mãe só posso dar os parabéns à EDUCA por ter trazido para Portugal este universo pleno de imaginação em que o relaxamento, o combate ao stress e o “mindfulness” são os protagonistas. As bonequinhas são lindas de morrer, as ilustrações emanam uma paz incrível e transmitem mensagens deveras educativas e valiosas. Vejam o vídeo e, quando tiverem uns minutos, debrucem-se sobre este universo porque vale mesmo a pena. Aqui a mamã sabe o que diz ;)

 

AHHHH e não se esqueçam de subscrever o canal!

 

Relíquias que se trazem do Alentejo

09.07.18 | Paula Veiga Claro

Angel Luzinha Fotografia-0120_BLOG.jpg

 

Cada vez que vamos ao Alentejo lá vai ela a caminho das gavetas para descobrir o que resta da minha infância. Adora mexer, fazer perguntas e acaba sempre por descobrir mais qualquer coisa para trazer (para mal dos meus pecados porque o quarto dela já está a rebentar pelas costuras!). Há uns anos ficou radiante quando herdou as Barriguitas e os Pin y Pons e, desta vez, descobriu a caixa de música que os meus pais me ofereceram quando eu tinha a sua idade. Ainda funciona? Claro que sim! Sempre fui muito estimada e ela vai herdando tudo novo (aliás, os meus netos vão ter o mesmo privilégio porque a Rafaela é igual). E lá veio o coração musical diretamente do Alentejo para a cómoda do seu quarto porque miúda que é miúda arranja sempre espaço para mais uma caixinha. Quanto a mim, só me resta dizer que adoro ver o meu património ganhar vida novamente 

 

Angel Luzinha Fotografia-0122_BLOG.jpg

 

Agora serve para guardar estas pulseiras (são a moda do momento... até que apareça outra!)

 

Angel Luzinha Fotografia-0106_BLOG.jpg

 

Um dia destes fazemos um vídeo no YouTube com a caixinha em ação. Aqui fica a promessa :)

 

 

É tão fácil ser feliz!

04.07.18 | Paula Veiga Claro

Angel Luzinha Fotografia-9954_BLOG.jpg

 

Sempre fui uma pessoa de gostos simples. Sempre acreditei que é na simplicidade da vida que reside a essência da felicidade. Aliás, não é à toa que as crianças são tão felizes! Elas não vivem presas a preconceitos ou estereótipos. São seres livres, leves e soltos porque não se desviam da sua essência. Vivem cada momento como se não houvesse amanhã com o único propósito de serem felizes. Mas os anos passam, as crianças acabam por se transformam em adultos e a ligação à essência vai-se perdendo. E é assim que surge a infelicidade porque as redes sociais e esta sociedade tóxica leva muito boa gente a pensar que a felicidade reside no lado material da vida e não na sua essência, ou seja, naquilo que nos faz realmente felizes. O declínio da felicidade começa no exato momento em que as pessoas começam a preocupar-se mais com a vida dos outros do que com as suas! Nesse momento vendem a alma ao Diabo e perdem a capacidade de discernir o essencial do supérfluo. Passam a viver permanentemente insatisfeitas como se as suas vidas não valessem nada só porque não têm uma mala da marca A ou porque não vão passar as férias às ilhas B. Perdem a noção de tudo e nem percebem que deixaram de ser felizes porque cortaram a ligação com a sua verdadeira essência.

 

Felizmente nunca me desviei do meu caminho e todos os dias agradeço aquilo que tenho e que vou conquistando. A família, a saúde e a natureza são os meus pilares. É nesta trilogia que assenta a minha felicidade e é isso que transmito constantemente à Rafaela, para que ela também cresça com a noção do que é realmente importante, sobretudo porque faz parte de uma geração que tem tudo e que nasceu num mundo onde se dá demasiada importância ao ter e não ao ser. Mas a mãe tem sempre os pés assentes no chão e está aqui para a lembrar que só viveremos felizes se não nos desviarmos do nosso EU. Perseguir a paz interior deve ser um dos nossos maiores objetivos porque só essa paz nos dá o equilíbrio necessário para mantermos viva a chama da nossa essência.

 

Angel Luzinha Fotografia-9949_BLOG.jpg

 

E como é que se atinge essa paz interior? Vivendo felizes e agradecidos com o que vamos conquistando e recarregando baterias junto das pessoas e dos locais que nos transmitem boas energias. Foi o que fizemos na semana passada no sossego do meu Alentejo. Já vos tinha falado da minha paixão pela barragem da Póvoa (lembram-se? Espreitem aqui) e foi lá que passámos as tardes com os meus pais. Aqui não há trânsito, nem filas, nem parquímetros, nem cenas que nos roubam tempo e sanidade mental. Aqui temos um azul imenso só para nós e ainda por cima a uma temperatura excecional!! Para já não falar nas sombras majestosas que a vegetação desenha no chão.

 

Angel Luzinha Fotografia-9926_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-9930_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-9937_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-9993_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-9938_BLOG.jpg

 

Aqui o silêncio só é quebrado pela felicidade desta perita na arte da batota! 

 

Angel Luzinha Fotografia-0015_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0016_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0027_BLOG.jpg

 

A bolsinha unicórnio que a avó lhe ofereceu 

Adorou!

 

Angel Luzinha Fotografia-0052_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-9966_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0062_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0061_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-0038_BLOG.jpg

Angel Luzinha Fotografia-9978_BLOG.jpg

 

É tão fácil ser feliz! Basta focarmos o essencial e desfocarmos o supérfluo.

 

#sossegobom #liberdadeécoisaboa #tempoparaviver

 

 Também nos podem seguir no InstagramFacebook e YouTube

 

 

Novo vídeo no YouTube: A minha viagem de finalistas ♥

02.07.18 | Paula Veiga Claro

NOVO VÍDEO_VIAGEM.jpg

 

Ontem foi o último dia de férias para mim e para o pai. Em agosto há mais. Já ela não se pode queixar porque hoje juntou-se à grupeta do ATL de verão. O ano passado adorou e já não via a hora de ir matar saudades do pessoal. Vai ter um mês bombástico recheado de praia, passeios e milhentas atividades (assim o tempo ajude para compensar o investimento!). A parte menos simpática é ter o raio do despertador a tocar todos os dias às 7 da manhã porque o autocarro segue às 8 e o professor C é mais pontual que um relógio suíço. É a parte menos simpática porque aqui a mamã tem que preparar a lancheira no dia anterior e pensar nos lanches e almoços para alimentar esta criatura durante o intenso mês de vadiagem. Almoços práticos, nutritivos e saudáveis que combinem com mochilas, lancheiras e toalhas no chão. Felizmente ela adora massas, leguminosas e saladas por isso estou safa! Basta aumentar a dose ao jantar de modo a sobrar para o dia seguinte. Para além disso, como vai para a brincadeira, salta da cama num ápice e não me põe aos gritos logo de manhã. Sim, porque nos dias de escola tenho que a chamar cinquenta vezes para se levantar. Enfim, o ditado não falha! Quem corre por gosto não se cansa e hoje às sete voou da cama com um sorriso gigante (era bom que fosse assim todo o ano).

 

Entretanto, no vídeo de hoje, fala da viagem de finalistas, mostra as fofuras que comprou na lojinha das recordações e diz o que lhe vai na alma. Como eu te percebo Rafaela! Todos nós já passámos pelo mesmo.