quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Para dormir nas nuvens...

Uma passagem pela Primark para comprar aqueles pijamas polares que adoramos. Raramente consigo encontrar alguma coisa no meio daquela confusão. Não tenho a mínima pachorra para revolver montes de roupa e andar aos encontrões. Mexe-me com os nervos! De qualquer forma, é lá que vou parar sempre que quero comprar pijamas de inverno. São giríssimos e os preços não podiam ser mais simpáticos. Com 25€ comprei um para mim e dois para ela. E a qualidade? Lavados num programa suave ficam sempre impecáveis.





Estamos de férias até dia 4 de janeiro. Até lá, ninguém nos apanha fora da cama antes das 9 da manhã! Passamos o ano a correr e a cumprir horários. Agora é hora de relaxar e aproveitar estas duas semanas da melhor forma. Duas semanas de merecido descanso para ela (que está de parabéns pela excelente avaliação que teve) e para nós que andamos mais mortos que vivos. Duas semanas para viver em pleno o Natal, o aniversario da Rafaela e o réveillon. Duas semanas para lamber a pequena cria ao máximo. Duas semanas de descanso mas de algum stress à mistura porque esta altura do ano já se sabe como é... a lista de tarefas e compromissos não tem fim. Por isso mesmo, durante estes dias vamos andado mais por aqui

AngelLuzinha

Sugestão do dia #90

Aproveitar as férias de Natal para dar um passeio em família até Óbidos onde está a decorrer (até 4 de janeiro) o evento Óbidos Vila Natal. Os miúdos vão adorar patinar nas pistas de gelo, escorregar nas rampas de gelo, andar de comboio e carrossel, dar voltas na mini roda gigante, aprender truques de magia, entre muitas outras diversões.

As crianças com idade igual ou superior a três anos pagam 4€ e os adultos 6€. Algumas atividades não estão incluídas no bilhete geral, ou seja, são pagas à parte. Aqui fica o aviso para não serem apanhadas de surpresa! A maior parte das pessoas pensa que está tudo incluído mas depois chegam lá e têm que desembolsar mais um X para os miúdos conseguirem usufruir, por exemplo, das pistas de gelo, do comboio ou da mini roda gigante. Antes de se meterem a caminho, não se esqueçam de dar uma vista de olhos aqui








Fotos © 2014 CMO


AngelLuzinha

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Passatempo Carolans Irish Cream


Somos mães mas também somos mulheres. Nunca nos podemos esquecer disso! Todas nós merecemos saborear um Carolans enquanto vemos um filme  ao serão (aquele momento em que morremos no sofá depois das crias adormecerem!). Todas nós merecemos relaxar e saborear os prazeres da vida. Todas nós gostamos de por a conversa em dia com as amigas e usufruir daqueles momentos tão nossos... momentos preciosos em que cuidamos de nós.

Por isso mesmo, a Carolans tem para oferecer às leitoras do blog Angel Luzinha 1 Kit composto por 1 coffret Carolans Irish Cream + 1 voucher Spa e Beleza Odisseias (inclui uma experiência de Spa para uma ou duas pessoas).

O passatempo termina dia 20 de dezembro à meia noite e só é válido para Portugal. A vencedora será apurada via random.org.

Para se habilitarem a ganhar só têm que: 
1. Fazer LIKE na página do facebook do blog Angel Luzinha 
3. Partilhar publicamente este post na vossa página do facebook convidando 3 amigas e deixando este comentário na respetiva partilha: "Vamos usufruir de um momento Carolans com o Blog Angel Luzinha"
4. Preencher o seguinte formulário:

Nota: Só é válida uma participação por pessoa. 



segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Angel Luzinha Christmas Shoots 2014 - a ida à Ajuda de Berço

O que é que eu posso dizer? Só me resta agradecer às famílias que fotografei no dia 29 que trouxeram o seu donativo, em particular à querida L que monopolizou a empresa onde trabalha em torno do desafio que lancei aqui. Muito obrigada a todos do fundo do coração! Graças a vocês conseguimos entregar (mais um vez!) uma generosa quantidade de bens à Ajuda de Berço.

Com pouco se faz muito, desde que haja boa vontade. Faço questão de passar esta mensagem à Rafaela e é com imenso orgulho que a vejo crescer com um grande sentido de responsabilidade e ajuda. Nem todas as crianças têm a sorte de ter uma família que as ame e respeite. Muitas são abandonadas e vítimas de maus tratos. Felizmente há instituições como a Ajuda de Berço que as acolhem e zelam pela sua integridade física e psicológica. Felizmente há  pessoas que não vivem apenas em torno dos seus umbigos. Felizmente há quem goste de conjugar e praticar o verbo partilhar.





AngelLuzinha

domingo, 14 de dezembro de 2014

Há fins de semana fantásticos... este foi um deles!

O sábado foi caseiro e em família. Lá fora chovia a potes mas aqui em casa reinava o calor e a boa disposição à volta de uma mesa que se encheu de petiscos para receber os meus sogros. A Rafaela animou a corte com os seus dotes de Violetta (vira o disco e toca o mesmo!) e terminou o dia no Alegro de Alfragide a escrever a carta para o Pai Natal. Este ano já nem precisou de ajuda! É impressionante como evoluiu de setembro até agora. Em apenas quatro meses já sabe ler e escrever imensa coisa... anda sempre à procura de palavras e fica radiante quando descobre o que está escrito nos rótulos, nas revistas e nas montras. Dá gosto ver!


"Mamã, como é que o Pai Natal sabe que esta carta é minha? E se ele se engana e dá os meus presentes a outra Rafaela?

"Não te preocupes amor! O Pai Natal nunca se engana!"

"Memmmmm mas pode acontecer... é melhor escrever o meu nome completo. Assim não há enganos!"

No fim, depois de escrever tudo com uma concentração deliciosa, agarrou na carta, guardou-a cuidadosamente na sua malinha e desatou a refilar: "Nem pensem! Eu não vou dar a minha carta ao Pai Natal que está ali dentro! Estes Pais Natais dos centros comerciais só estão aqui para enganar as crianças! A minha carta vai pelo correio para o Pólo Norte! É lá que mora o verdadeiro Pai Natal!"

Tadinha... santa inocência...


No domingo rumámos até ao Teatro Turim para assistir à peça infantil "Rumpel e o Reino de Grimm", da autoria da querida Alexandra Rocha que já tínhamos conhecido aqui. Um programa giro para fazerem em família durante as férias do Natal (sábados às 16h00 e domingos às 11h00, de 6 a 28 de dezembro). História e atores cinco estrelas. Recomendo ;-) 


Até dia 28 de dezembro também não podem perder o Mercado de Natal Jogos Santa Casa no Terreiro do Paço onde a diversão é totalmente gratuita. Sim, leram bem! Miúdos e graúdos podem usufruir da pista de gelo, do carrossel e do mini comboio sem pagar um cêntimo! Só têm que ficar na fila e aguardar pela vossa vez (no nosso caso foi chegar e andar porque a fila era mínima). Se vissem as caras de admiração! Muitas pessoas andavam à procura da bilheteira e ficavam completamente apalermadas quando os seguranças lhes diziam que era tudo gratuito. Pudera! Nos dias que correm quem é que está habituado a borlas deste género?

Parabéns Jogos Santa Casa, Câmara Municipal de Lisboa e Grupo Cofina pela iniciativa. O Terreiro do Paço não podia estar mais apetecível ;-)


A capa e o colete rosa pastel (com capuz forrado a pelinho) da Pontinhos e as botas Zippy (que ela adora, diz que são de senhora!) foram as peças escolhidas para combater o frio neste domingo com sabor a Natal. 

Fotos tiradas com o telemóvel porque o fim de semana foi para descansar, relaxar e simplificar ;-)



AngelLuzinha

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Novidades Zippy e uma menina que já não é bebé

Onde está a minha bebé? É tão bom vê-la crescer mas ao mesmo tempo... enfim, vocês sabem como é! A bebé deu lugar a uma menina cada vez mais senhora. Uma menina que já perdeu a espontaneidade selvagem e inconsciente dos primeiros meses/anos. Já lá vai o tempo em que a conseguia fotografar despenteada ou a fazer aquelas bolinhas de baba com a boca. As crianças entre os 18 meses e os 4 anos dão imenso trabalho mas são o meu alvo preferido. São seres humanos em estado puro sem manias, vaidades e pretensões. São aquilo que está à vista e nada mais. Os pais fazem das tripas coração para as manterem certinhas e arranjadinhas mas eu digo sempre para as deixarem à vontade porque é assim que se conseguem captar as expressões genuínas que deixam saudade. Estão babadas, têm as mãos na boca, têm o laço fora do lugar, têm o tapa fraldas a escorregar pela barriga abaixo? No problem! Deixam-nas fluir! Deixem-nas ser elas mesmas porque daqui a uns anos já não as apanham nessas figuras! Figuras que vão recordar com saudade. A partir dos 5 anos começam a preocupar-se com a pose e daí para a frente começam a perder aquela espontaneidade rebelde em frente às câmaras. É normal e saudável que assim seja. É sinal que estão a crescer e a tomar consciência de si mesmas e de tudo o que as rodeia. 

A bebé cá de casa também já deu lugar a uma menina que se preocupa com a pose, com o cabelo e com todas aquelas coisas de menina/mulher. Aliás, aos dois anos já andava de mala em punho a passear os seus bebés e a delirar com laços e batons. Os anos passam velozmente. Agora já não a consigo fotografar sem ela dar por isso. Nem sempre está com disposição e eu respeito e compreendo. É o espaço dela. É um ser humano não é uma boneca. Já sabe perfeitamente o que quer, o que gosta e o que odeia. Contudo, continua a ter uma adoração por fotografias e sabe que é através delas que vamos recordando o que vai ficando para trás. Passa horas de volta do nosso álbum do casamento ou a remexer na caixa das fotografias (uma caixa que é quase um baú!).

A bebé virou menina mas será sempre a minha musa inspiradora. É graças a ela que o blog e a Angel Luzinha Fotografia existem. É a luz que me aquece a alma, é a energia vital que me inspira sem limites. Por mais que tenha que fazer, ela está sempre no topo das minhas prioridades (sim, sou uma mãe babada, galinha e super protetora). Sou viciada em registar o seu crescimento. Adoro congelar cada segundo numa tentativa de a ter só para mim... antes de ganhar asas e voar porque é essa a lei natural da vida.

E foi isso que fiz no dia 29 depois de fotografar as famílias. Foquei-me só nela, agradeci-lhe a maravilhosa ajuda que me deu e sussurrei ao tempo para passar mais devagar.

My love, my light, my life 


O look total Zippy escolhido por ela (com exceção do laço do cabelo que é da Princesa do Laço). Continua cheia de princesices mas já não gosta de se ver cheia de folhos e rendas (só no Carnaval quando se veste de princesa ou Draculaura!). Agora prefere os looks de menina crescida ou de "senhora" como gosta de lhes chamar. Adora botas de cano alto, lenços, vestidos, saias e calções. Calças nem pensar (tem a quem sair!). 



Nota 20 para as botas e para os calções que têm um tecido giríssimo e um laço na parte frente que lhes dá aquele toque festivo. Ela adorou e eu também ;-)










Várias pessoas me perguntaram de onde é o cadeirão e as casinhas de luz. Já disse isto quinhentas vezes mas aqui vai! Todas as peças que estavam no cenário são da Cosy Décor & Design. Faz tudo parte da nova coleção que está disponível na loja de Miraflores. 

Entretanto, aproveito para vos dizer que a Zippy acaba de lançar oficialmente a sua loja online, uma plataforma inovadora que disponibiliza milhares de artigos de puericultura e roupa para recém-nascidos, bebés e crianças dos 0 aos 14 anos. Já podemos fazer as nossas compras no sossego do sofá sem perder tempo na loucura dos shoppings. Memmm, que maravilha! Tudo bonito e organizado como eu gosto! Espreitem aqui


AngelLuzinha

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Sugestão do dia #89

A mala à tiracolo em tecido de lã e os colares em tecido, metal e pedrinhas. 
Tudo da Lis que está de volta ao ativo após uma pausa para contemplar, sossegar e criar. 
Parabéns Mónica pelo regresso e pela simplicidade e bom gosto de sempre 



Mais sugestões para nós ou para as filhas mais velhas aqui no blog

AngelLuzinha

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Há coisas que me tiram do sério...

Sempre frequentei escolas publicas e orgulho-me de ter conseguido entrar para uma das melhores universidades públicas do país. Sempre fui (demasiado) exigente comigo mesma e sempre levei a vida de estudante muito a sério. Vivia tudo com uma responsabilidade imensa. Recordo-me perfeitamente da pilha de nervos que sentia na véspera e nos dias de testes/exames/frequências. Mas também me recordo do alívio que sentia quando os lia de uma ponta à outra e percebia que tinha tudo para correr bem. 

Ao longo da minha vida de estudante nunca tive que repetir um teste ou exame. Um pessoa estudava, fazia os testes e vinha para casa descansada. Mas os tempos mudaram e o ensino já não é o que era. É melhor, é pior? Não sei. Nem vou entrar por aí porque a conversa dava pano para mangas. No meu tempo tínhamos a mesma professora da 1ª à 4ª classe. Hoje são muitas as crianças que têm uma cara nova todos os anos. Os diretores dizem que não há problema porque vivemos na era da polivalência e flexibilidade e é bom começar a lidar desde cedo com a rotatividade e mudança. Será? Não sei... a única coisa que sei é que as crianças têm uma capacidade de adaptação muito superior à dos adultos (felizmente!). No meu tempo os professores eram estimados e respeitados pelos pais, pela comunidade e pelo Ministério da Educação. Hoje são uma espécie de tribo nómada que se desloca ao sabor das colocações. No meu tempo a falta de educação era punida de imediato. Hoje um professor vê-se grego para manter a ordem numa sala porque é tudo antipedagógico. Ouço histórias de bradar aos céus, tanto do ensino público como do privado.

Muita coisa mudou. Isto para dizer que ao longo da minha vida de estudante nunca tive que repetir um teste... mas o mesmo já não posso dizer da Rafaela! Entrou para a escola primária este ano e hoje foi repetir o teste de matemática porque verificaram que havia um erro de impressão no teste que fizeram na semana passada. Acham normal???????? A semana passada foi dura para pais e crianças. Estamos a falar de miúdos com 6 e 7 anos que começaram agora a lidar com a pressão inerente às avaliações. Passei horas com a Rafaela de volta dos livros e cadernos, ensinei-a a estudar, o teste correu-lhe bem e ontem fiquei a saber que hoje iriam repetir a prova porque a anterior foi anulada. Acham normal? Estamos a falar de todas as turmas do 1º ano, ou seja, largas dezenas de crianças. Tudo a repetir a dita prova. Só espero que os responsáveis pela elaboração das mesmas não voltem a dormir em serviço. Isto não se faz.


A corujinha amorosa da Boo&Me muita atenta às milhentas páginas de exercícios que a mamã passou à pequena cria. Sim, porque ser mãe também passa por voltar a estudar para acompanhar os novos métodos de ensino. No meu tempo não havia destas aranhas numéricas... só espero que a prova de hoje lhe corra tão bem como a anterior... mãe sofre... e isto é apenas o começo de uma longa jornada...

AngelLuzinha

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

A árvore, os sonhos e o melhor da vida

Desde setembro que anda a perguntar se ainda falta muito para o Natal e para o seu aniversário. Os meses passaram a voar e aqui estamos nós em contagem decrescente para estes dois momentos tão especiais. Está quase Rafaela, está quase! Em breve vais ouvir os guizos do trenó e completar 7 anos de existência!

Este fim de semana fizemos a árvore de Natal (com esta decoração giríssima em tons de dourado que comprámos o ano passado no Leroy Merlin) e começámos a pensar na carta para o Pai Natal. Nos anos anteriores a carta era quase um testamento mas este ano vai ser breve porque a criança cá de casa sente-se completa com a sua Amélie. Este ano quer apenas o diário da Violetta (mais um!) e uma bicicleta maior. Este ano já não quer cães nem gatos a pilhas (lembram-se? o ano passado oferecemos-lhe este para juntar aos que já tinha). Queria sempre mais um para preencher o desejo de ter um de verdade. E eu a adiar a decisão para quando me reformasse daqui a uns quinhentos anos... e ela a insistir porque os animais são a sua maior paixão. O desejo acabou por se realizar desta forma inesperada mas ainda lhe parece um sonho. Todos os dias olha para ela e exclama enquanto a esboracha com mimos "Ohhhh Amélie, nunca pensei ter um cadelinha tão querida! És a minha melhor amiga! Nunca pensei que a mamã e o papá aceitassem ficar contigo! Ainda me parece um sonho!".

Aceitámos e ainda bem que o fizemos. Já a elegemos como o melhor de 2014. A nossa casa já não seria a mesma sem a sua presença tão querida e felpuda 









Palavras para quê? O sorriso diz tudo! 
A caminho dos 7 anos já compreende que as melhores coisas da vida são os momentos que partilhamos com aqueles que amamos. Não há nada que supere a grandiosidade dos afetos.

AngelLuzinha

sábado, 6 de dezembro de 2014

Sweet saturday

Acordar devagar, preparar o pequeno almoço nas calmas, dar um jeito à casa (porque as lides domésticas nunca têm fim!), ajudar a pequena cria com os TPC para ficar livre durante o fim de semana, almoçar a horas tardias, vestir uma roupa descontraída, caminhar pelo paredão com os meus amores, respirar fundo e sentir a cabeça a reorganizar-se após o caos em que tenho estado mergulhada. Estava mesmo a precisar de um dia assim! Luminoso, tranquilo e sem percalços, 











Rafaela: Camisa Patinhos / Calças e casaco Zippy / Botas Scorpion Bay

AngelLuzinha

www.angel-luzinha.com

www.angel-luzinha.com